Início » Celular » Xiaomi Mi 10T e 10T Pro com 5G são homologados pela Anatel

Xiaomi Mi 10T e 10T Pro com 5G são homologados pela Anatel

Xiaomi Mi 10T e Mi 10T Pro têm Snapdragon 865, tela de 144 Hz, câmera de até 108 megapixels e suporte a 5G no Brasil

Felipe Ventura Por

Recentemente, a DL Eletrônicos deu uma enxugada em seu portfólio de celulares no Brasil para dar espaço a novos lançamentos. Ela deve estrear em breve o Xiaomi Mi 10T e Mi 10T Pro, pois ambos foram homologados pela Anatel: os aparelhos trazem Snapdragon 865, tela de 144 Hz, câmera de até 108 megapixels e suporte a 5G.

Mi 10T (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Mi 10T (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A Anatel liberou nesta quinta-feira (29) os documentos de homologação para o Xiaomi Mi 10T (nome de modelo M2007J3SY) e Mi 10T Pro (M2007J3SG). A certificação foi feita a pedido da DL Comércio e Indústria de Produtos Eletrônicos, representante oficial da marca.

Os dois celulares são fabricados em Pequim; a DL mencionou a possibilidade de montagem no Brasil, mas isso ainda não acontece. Eles vêm com carregador rápido de 33 W na caixa e podem usar as redes 5G do país, que vêm sendo testadas por Claro, Vivo, TIM e Oi.

“Permite-se a habilitação das interfaces 5G do equipamento nas faixas de frequências já outorgadas às prestadoras até que sejam apresentados os ensaios complementares”, diz a Anatel.

Mi 10T Pro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Mi 10T Pro (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O Xiaomi Mi 10T e 10T Pro têm tela Full-HD+ de 6,67 polegadas com taxa de atualização de 144 Hz, processador Snapdragon 865 e bateria de 5.000 mAh. O Mi 10T possui câmera traseira tripla com sensor principal de 64 megapixels; enquanto o 10T Pro conta com sensor de 108 MP.

Eles foram lançados na Europa custando a partir de 499 euros (cerca de R$ 3.360). Ainda não sabemos qual será o preço no Brasil, nem sua data de chegada por aqui.

Xiaomi Mi 10T – ficha técnica

  • Tela: LCD de 6,67 polegadas, resolução de 2340 x 1080 pixels, proporção de 20:9 e taxa de atualização de 144 Hz
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 865
  • RAM: 6 GB e 8 GB
  • Armazenamento: 128 GB
  • Câmera traseira tripla:
    • principal: 64 megapixels, f/1.89
    • ultrawide: 13 megapixels, f/2.4
    • macro: 5 megapixels, f/2.4
  • Câmera frontal: 20 megapixels
  • Bateria: 5.000 mAh, carregamento rápido de 33 watts (na caixa)
  • Sistema operacional: Android 10 (MIUI 12)
  • Conectividade: USB-C, 4G, 5G, Wi-Fi, BluetoothGPSNFC e emissor infravermelho
  • Mais: leitor de impressões digitais, Dual SIM e Gorilla Glass 5
  • Dimensões: 165,1 x 76,4 x 9,33 mm
  • Peso: 216 gramas
  • Cores: cinza e preto

Xiaomi Mi 10T Pro – ficha técnica

  • Tela: LCD de 6,67 polegadas, resolução de 2340 x 1080 pixels, proporção de 20:9, e taxa de atualização de 144 Hz
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 865
  • RAM: 8 GB
  • Armazenamento: 128 GB e 256 GB
  • Câmera traseira tripla:
    • principal: 108 megapixels, f/1.69, OIS
    • ultrawide: 13 megapixels, f/2.4
    • macro: 5 megapixels, f/2.4
  • Câmera frontal: 20 megapixels
  • Bateria: 5.000 mAh, carregamento rápido de 33 watts (na caixa)
  • Sistema operacional: Android 10 (MIUI 12)
  • Conectividade: USB-C, 4G, 5G, Wi-Fi, Bluetooth, GPS, NFC e emissor infravermelho
  • Mais: leitor de impressões digitais, Dual SIM e Gorilla Glass 5
  • Dimensões: 165,1 x 76,4 x 9,33 mm
  • Peso: 218 gramas
  • Cores: azul, cinza e preto

Colaborou: Everton Favretto

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Borges (@Loumier)

Só faltou a tela ser Amoled. Por isso vou preferir um OnePlus

Tori Niwikari (@Tori)

Amo AMOLED, mas burn in me quebra demais.
Ainda mais se você quiser revender o telefone depois.

Léx Ferracioli (@Lex_Ferracioli)

Esses “top de linha” sem entrada pra fone, quebra as pernas