Início » Negócios » Google diz que a palavra mais buscada no Bing é… Google

Google diz que a palavra mais buscada no Bing é… Google

Declaração foi dada por advogado do Google em processo para recorrer da multa de 4,3 bilhões de euros aplicada pela União Europeia em 2018

Bruno Gall De Blasi Por

O Google recebeu uma multa de 4,3 bilhões de euros por violar as regras europeias de concorrência em 2018. Depois, a companhia recorreu à corte da União Europeia para reverter a pena no caso antitruste envolvendo o Android. E para se defender da condenação e justificar a popularidade de seu buscador, a companhia argumentou que a palavra mais buscada do Bing é nada mais nada menos que… “Google”.

Termo "Google" é o mais buscado no Bing, afirma advogado (Imagem: Solen Feyissa/ Unsplash)
Termo “Google” é o mais buscado no Bing, afirma advogado (Imagem: Solen Feyissa/ Unsplash)

É o que conta a Bloomberg nesta terça-feira (28). A declaração foi feita pelo advogado da empresa, Alfonso Lamadrid, à corte para argumentar que as pessoas utilizam o buscador por escolha própria, e não porque são obrigadas. “Enviamos evidências que mostram que a consulta de pesquisa mais comum no Bing é de longe o Google”, disse.

Se o termo é o mais pesquisado do Bing ou não, o fato é que o Google possui uma popularidade notável: segundo o site de métricas Statcounter, o buscador alcançou a liderança do mercado global com 92% de participação em agosto de 2021. O Bing e o Yahoo vêm na segunda e terceira colocações, respectivamente, com 2,4% e 1,5%.

A situação é similar na Europa. A ferramenta de busca também é a mais popular do continente, com 93,2% de market share, e é acompanhada pelo Bing (2,9%) e Yandex (1,5%). No Brasil, o Google aparece na liderança com 96,8% de participação, enquanto o Bing (1,9%) permanece na segunda colocação. O Yahoo (1%) está em terceiro lugar.

Android foi alvo de caso antitruste na Europa em 2018 (Imagem: freestocks.org/Pexels)
Android foi alvo de caso antitruste na Europa em 2018 (Imagem: freestocks.org/Pexels)

União Europeia multou Google em caso antitruste

A fala é parte de um processo para contestar uma multa de 4,3 bilhões de euros aplicada à empresa há três anos. Em julho de 2018, a Comissão Europeia condenou o Google por violar leis antitruste. A decisão foi tomada a partir do entendimento de que a companhia se aproveitava da liderança do Android para forçar as fabricantes a incluírem a sua busca e o Chrome em troca de uma licença da Play Store.

“O Google usou o Android como veículo para consolidar o domínio de seu mecanismo de busca”, argumentou Margrethe Vestager, comissária europeia para concorrência, na época. “As práticas negaram aos rivais a chance de inovar e competir nos méritos. Elas negaram aos consumidores europeus os benefícios da concorrência efetiva na importante esfera de dispositivos móveis”.

O CEO do Google, Sundar Pichai, também reagiu à medida. “A decisão da Comissão sobre o Android ignora a nova gama de opções e evidências claras sobre como as pessoas usam seus telefones hoje”, disse. Ainda segundo o executivo, a decisão “rejeita o modelo de negócios do Android, que criou mais opções para todos, não menos”.

Com informações: BBC, Bloomberg e Statcounter

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
14 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@doorspaulo

Por mais que eu odeie usar o Google para pesquisar, ele é o que traz os melhores resultados.

Já tentei usar o Bing, que até funciona relativamente bem para buscas em inglês, mas é terrível para buscas em PT-BR.

Outro que sofre do mesmo mal é o DuckDuckGo.

Jardel (@Jardel)

Concordo que deveria ser mais fácil escolher qual buscador usar, por exemplo: Mostrar uma lista de buscadores disponíveis logo na primeira abertura do App ou primeiro uso do celular para o usuário escolher usar(Isso vale, pro Windows, macOS, iOS… Incluindo no que diz respeito a navegadores). Ficaria até mais bonito pro Google mostrar que o domínio deles é por escolha do usuário.
Já usei o Bing e DuckDuckGo por um tempo. Em ambos, tive a mesma sensação. Funciona muito bem no início, mas depois, simplesmente, fica muito ruim. Experiencia decrescente.

Gabriela Alves (@gabigol)

fonte: confia

Eu (@Keaton)

Ah… o Google já era a melhor engine de busca desde antes do iPhone…

A gente geralmente costuma procurar bobagem fácil de encontrar no começo… hahaha

Silvalino Teixeira (@DarKDirty)

Concordo, já tem uns 3 anos fico indo e voltando do DuckDuckGo para o Google. Quando coloco o Duck como principal, muitas vezes me vejo fazendo o trabalho extra de colocar o “!g” pois sei que o resultado que tô querendo não vai ser de acordo com o que espero.
Queria tirar o Google de vez dos meus usos, mas o buscador e o YouTube infelizmente não possuem concorrentes à altura.

André Leonardo Heidemann (@Andre_Leonardo_Heide)

Google é o melhor buscador. Ganham justamente por ser melhor. Simples assim

Daniel Plácido (@Daniel_Placido)

Já vi gente ir na barra do Chome e digitar Google pra depois no campo de buscas do site enfim digitar o termo almejado, como a Omnibox do navegador já faz a busca direto no site talvez seja por isso.

Gustavo Guerra (@GustavoGuerra)

Certamente a alta demanda por “google” no Bing deve ser o pessoal que comprou um PC com Windows, que vem com o Edge e Bing por padrão e digita o nome da gigante das buscas para baixar o navegador Chrome.

A verdade aqui é crua e simples, o Google é o melhor, não porque ele está presente em mais lugares e assim sendo mais acessível, mas sim pelos seus resultados. São anos de indexação de conteúdo e algoritmos que tornam o buscador bom.

Enquanto não houver alguém investindo num algoritmo superior e ter uma base tão gigantesca quanto ele, não adianta acusar a empresa de monopólio, pois de fato são os próprios usuários que concedem a liderança ao buscador.