Início » Ciência » Impressora 3D transforma coisas grandes em réplicas pequeninas

Impressora 3D transforma coisas grandes em réplicas pequeninas

Vídeo mostra impressora inventada por pesquisadores da Áustria em ação.

Avatar Por
8 anos atrás

A Universidade de Tecnologia de Viena, na Áustria, mostrou uma nova técnica de impressão 3D que permite a criação de objetos complexos tão pequenos quanto um grão de areia em poucos segundos. De acordo com seus criadores, a invenção vai permitir a que produção de implantes médicos feitos sob medida, entre outros equipamentos, seja "muito mais viável comercialmente".

Ponte de Londres: pequenina

A técnica usada foi um processo chamado litografia de dois fótons, que usa como matéria-prima um tipo especial de resina líquida que contém moléculas capazes de se converter em um polímero quando expostas a um raio laser de baixa intensidade.

Como o nível da impressão é molecular, a novidade permite a criação de objetos altamente complexos, como réplicas de carros de F1 ou da ponte de Londres com míseros 285 nanômetro (um nanômetro, ou nm, é a milionésima parte de um milímetro) de comprimento.

O equipamento desenvolvido pelos austríacos também se destaca pela velocidade. Ainda que a produção de objetos complexos possa demorar alguns minutos, o equipamento tem velocidade máxima de "cinco metros por segundo" em construções mais simples, de acordo com o professor Jürgen Stampfl.

A impressora 3D: grande

O próximo passos dos pesquisadores é criar uma bio-resina que seja compatível com aplicações médicas. Enquanto a invenção não chega ao mercado, confira ela em ação durante uma demonstração.


(Vídeo do YouTube)

Com informações: Gizmag, TUV