Viajar a até 800 km/h: HyperloopTT mostra design de cápsula para passageiros

HyperloopTT revela como seria o interior da cápsula do sistema de transporte ultrarrápido com capacidade para 30 passageiros

Bruno Gall De Blasi
Por

HyperloopTT apresentou o visual de suas cápsulas para viagens ultrarrápidas com passageiros. Criado em parceria com a Icona Design, o interior do meio de transporte que promete velocidades de até 800 km/h possui capacidade para 30 passageiros, além de uma área social para bate-papo. O projeto ainda conta com acomodações para viajantes assistidos e deixa de lado a divisão de classes dos aviões.

HyperloopTT mostra design de cápsula para passageiros (Imagem: Divulgação)
HyperloopTT mostra design de cápsula para passageiros (Imagem: Divulgação)

O projeto detalha como é a experiência de viajar a 800 km/h. Em uma das extremidades da capsula, o meio de transporte possui compartimentos para bagagens além de uma lanchonete e equipamentos para emergências médicas. Do outro lado, os passageiros contam com um espaço para cadeirantes, que fica bem próximo aos assentos para pessoas com dificuldades de locomoção, e o banheiro perto da saída de emergência.

As poltronas são separadas por um corredor extenso que liga as extremidades da capsula. De um lado, os usuários encontram assentos duplos. Do outro, há cadeiras únicas. Em comum, os dois tipos de poltronas têm encostos para os braços, além de uma mesa retrátil que vem com um carregador sem fio embutido para celulares.

Há mais recursos nos assentos. A companhia diz que os passageiros terão acesso a um “ambiente de som imersivo e personalizado através de alto-falantes de encosto de cabeça”. As poltronas ainda têm controles de micro-clima, uma câmera para reconhecimento facial, um tablet individual e a capacidade de espelhar dispositivos.

Interior da cápsula para passageiros da HyperloopTT (Imagem: Divulgação)
Interior da cápsula para passageiros da HyperloopTT (Imagem: Divulgação)

Interior da cápsula da HyperloopTT possui área social

A área social fica ao centro. O ambiente pode ser resumido por dois sofás, um de frente para o outro, onde os passageiros podem se reunir para conversar, por exemplo. Acima, encontra-se uma clarabóia artificial que apresenta os modos diurno e noturno, com o objetivo de criar um espaço aberto e acolhedor com iluminação natural.

A cápsula ainda possui um sistema de purificação de ar. O recurso é utilizado para promover um “ambiente livre de micróbios, vírus e bactérias prejudicais”, de acordo com a Hyperloop Transportation Technologies (HyperloopTT). O interior do meio de transporte ainda possui orientações digitais e biometria para credenciais e pagamento.

Mas esta não é a primeira empresa a mostrar como seria viajar no Hyperloop, tecnologia baseada em um conceito proposto por Elon Musk. Em janeiro, a Virgin Hyperloop revelou como seria a experiência de seu modal de transporte ultrarrápido por capsulas com a capacidade para até 28 passageiros. A demonstração aconteceu pouco após o primeiro teste bem-sucedido do sistema com humanos.

YouTube video