Notícias Aplicativos e Software

Windows 11 dá mais um passo rumo à lenta morte do Painel de Controle

App Configurações do Windows 11 agora pode desinstalar atualizações do sistema, opção que antes era restrita ao Painel de Controle

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Microsoft continua no processo de eliminar as partes legadas de versões passadas de seu sistema operacional. A mais nova build do Windows 11 passa recursos do antigo Painel de Controle para o aplicativo de Configurações.

Área de trabalho do Windows 11. (Imagem: Windows/Unsplash)
Área de trabalho do Windows 11. (Imagem: Windows/Unsplash)

A build 22523 foi distribuída no canal de desenvolvedores do programa Insiders. A versão não traz grandes mudanças, mas uma delas é sintomática.

Agora, é possível desinstalar atualizações usando o app Configurações. Antes, o recurso era restrito ao Painel de Controle. Por outro lado, o novo aplicativo agora conta com um link para a página de Programas e Recursos do bom e velho painel.

Não é a primeira vez que a Microsoft incrementa as Configurações, que existem desde o Windows 8, de 2012.

Os adaptadores de rede, o gerenciamento de disco e de unidades de armazenamento e as informações sobre a bateria já têm suas páginas no aplicativo. Esse processo vem desde o Windows 10: em 2020, a empresa migrou as informações do sistema para o novo app.

Legado ou unidade, o dilema do Windows 11

A decisão de remover alguns itens legados é polêmica.

Alguns usuários gostariam de ter um sistema mais coeso tanto em termos de recursos quanto em design. Outros, porém, dependem de recursos que estão presentes há bastante tempo.

É justamente o caso da barra de tarefas do Windows 11.

Windows 11 não terá "arrastar e soltar" para barra de tarefas (Imagem: Reprodução/Windows Latest)
Windows 11 não tem “arrastar e soltar” para barra de tarefas (Imagem: Reprodução/Windows Latest)

Ela tem um visual novo, centralizado, com botões de busca, áreas de trabalho e widgets. Porém, não é mais possível abrir arquivos arrastando um ícone para o atalho de um programa da barra. Isso era importante para o fluxo de trabalho de várias pessoas, que não gostaram nem um pouco da decisão.

Novidades no Alt+Tab e no Explorador de Arquivos

Deixando de lado a questão do Painel de Controle, a build 22523 tem poucas novidades, mas elas são bem interessantes.

É o caso dos Snap Groups ou Grupos de Ajuste. Esse é o nome dado a quando você coloca dois ou mais programas lado a lado, ocupando a tela toda. No Windows 11, eles formam um grupo.

Nova versão do Windows 11 Insider Preview tem grupos de apps no Alt+Tab
Nova versão do Windows 11 Insider Preview tem grupos de apps no Alt+Tab (Imagem: Reprodução/Windows Latest)

Ao colocar o cursor do mouse sobre um dos programas, você tem a opção de trazer todos eles para a tela de uma vez só. Assim, você pode retomar rapidamente suas tarefas que dependem de mais de uma janela.

A novidade da atualização é que esses grupos também vão passar a aparecer no Alt+Tab, dando mais uma alternativa para acessar as janelas. O recurso vinha sendo testado desde a build 22494.

A outra mudança é que, agora, é possível adicionar ou remover servidores de mídia na página Este Computador do Explorador de Arquivos.

Com informações: XDA-Developers

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque