iPhone 15 deve vir com USB-C diferente entre os modelos padrão e Pro

Apple deve finalmente abandonar o Lightning, mas USB-C do iPhone 15 e iPhone 15 Plus deve manter as taxas de transferência anteriores

Paula Alves
Por

As suspeitas de que, em sua próxima geração, a Apple deve trocar a porta de entrada do iPhone parecem cada vez mais certeiras. Apesar disso, indícios apontam que as portas USB-C dos aparelhos não serão como o esperado, com apenas os modelos Pro ganhando um upgrade de velocidade e conseguindo transferir dados com mais rapidez.

Logotipo da Apple
Apple (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Desde maio, rumores vinham ganhando força de que a Apple poderia abandonar o Lightning, porta de entrada que a empresa adotou ainda em 2012 para seus celulares. Após os MacBooks e iPads da companhia mudarem para o conector USB-C, parecia ter chegado o momento dos iPhones fazerem o mesmo.

Na época, a novidade havia sido levantada pelo analista Ming-Chi Kuo, que compartilhou a descoberta em sua conta do Twitter. A mudança, recebida com comemoração por entusiastas, significava que a chegada do USB-C poderia “melhorar a velocidade de transferência e carregamento do iPhone”, como afirmou o próprio Kuo.

A celebração, no entanto, parece ter sido um pouco antecipada. Novos relatos do analista, publicados nesta quarta-feira (16), mostram que o iPhone deve mesmo ganhar portas de entrada USB-C, mas apenas os modelos Pro e Pro Max (possível iPhone 15 Ultra) devem melhorar sua velocidade.

Segundo Kuo, eles “suportarão pelo menos USB 3.2 ou Thunderbolt 3” (o que significaria uma taxa de transferência de até 40 Gb/s), enquanto os modelos padrão (iPhone 15 e iPhone 15 Plus) manterão sua velocidade de transferência igual a do Lightning.

A medida, apesar de inesperada, não seria uma novidade para a Apple, já que o mesmo aconteceu com o iPad (10ª geração). O aparelho, lançado em outubro, mesmo tendo ganhado a implementação do conector USB-C continuou a transferir dados a 480 Mb/s – a mesma velocidade do USB 2.0.

Na época, inclusive, a decisão chegou a levantar suspeitas de que o mesmo poderia acontecer com os celulares da empresa. Afinal, além do tamanho, os modelos Pro parecem ganhar cada vez mais atenção da Apple, contando com diferenciais em relação aos outros smartphones da companhia, como o Apple ProRes.

Apple vai cumprir lei da União Europeia

Apesar da decepção com a manutenção da velocidade de transferência, a chegada das portas USB-C no iPhone já é por si só algo que custamos a ver.

Desde 2015, o conector vem se tornando popular em diferentes tipos de dispositivos eletrônicos. Mesmo adotado como “padrão” em aparelhos mais modernos da indústria, ele vinha sendo sumariamente ignorado pela Apple em seus modelos de smartphones.

Apesar de se imaginar que em algum momento a empresa precisasse ceder ao mercado, a decisão da União Europeia de padronizar todos os eletrônicos do bloco para a porta USB-C parece ter acelerado a mudança.

Cabos Lightning (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)
Apple dá adeus aos cabos Lightning (Imagem: Solen Feyissa/Unsplash)

Ainda que a medida só passe a ser lei no outono de 2024 (último trimestre do ano), a gigante da maçã parece ter decidido fazer a troca do conector ainda em 2023 – embora, como visto, a alteração não venha com todos os benefícios imaginados.

Vale, no entanto, lembrar que a chegada da porta USB-C no iPhone significa principalmente a vantagem de usar muito menos cabos, permitindo o compartilhamento do acessório entre MacBooks, iPads e alguns PCs e celulares Android.

Com informações: The Verge e XDA Developers

Relacionados

Relacionados