Vem aí o Apple Ring? Apple registra nova patente de anel inteligente

Empresa da maçã estaria desenvolvendo um “smart ring”; conceito também é explorado pela Samsung e é cotado como próximo sucesso no segmento de vestíveis

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 9 meses
Apple Ring (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Apple registra nova patente para o seu smart ring (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A Apple registrou novas patentes para o suposto anel inteligente dela, uma espécie de aparelho vestível que está sendo avaliado pela empresa desde a década passada. Os novos documentos do smart ring mostram um produto que herdaria diversas funções do Apple Watch, com notificações e respostas rápidas pelo próprio aparelho. A imagem do protótipo mostra até uma “joia digital”.

Anéis inteligentes são cotados como um tipo de aparelho vestível que pode se popularizar nos próximos anos. Eles substituiriam as smartbands e smartwatches como monitor de saúde — ou virariam um auxiliar desses wearables para entregar dados mais precisos. Outra função seria permitir ao usuário controlar e visualizar informações sobre o seu smartphone mesmo distante do aparelho.

O conceito já é explorado pela Oura e seu Oura Ring. A Samsung, principal rival da Apple nos smartphones e wearables, também está desenvolvendo um anel inteligente. O Galaxy Ring, de acordo com o jornal sul-coreano The Elec, entrou na fase de testes com seus primeiros protótipos.

Apple registra patente do seu anel inteligente

Imagem do "Apple Ring" em documento de patente (Imagem: Reprodução/Apple Insider)
Imagem do “Apple Ring” em documento de patente (Imagem: Reprodução/Apple Insider)

Nas imagens e texto publicados no documento há informações sobre possíveis funcionalidades do Apple Ring (por enquanto o apelidamos assim). A primeira que citaremos é a função de “controlar outros dispositivos” por meio do smart ring (seria “um Anel para a todos governar”?).

A própria Apple dá alguns exemplo, como controlar um smartwatch, aparelhos de monitoramento de saúde, smartphones, tablets, laptops, fones e até “luvas para ambientes gerados por computador” — este daqui tem cheiro e gosto de recurso para o Vision Pro.

O primeiro exemplo soa estranho: se eu estou com um smart ring no dedo e um relógio inteligente no pulso, por que eu precisaria de um anel para controlar o smartwatch? Bem, talvez seja uma função para pais usarem nos smartwatches dos seus filhos.

Os métodos para que o Apple Ring controle outros dispositivos também estão na patente. As imagens mostram que o anel inteligente pode contar com uma faixa touchscreen móvel ao seu redor e uma “joia digital” — esta seria a saída da Apple para esconder o processador do anel.

A faixa touchscreen do Apple Ring correrá sobre a banda do anel, estando presa pelo “guard-rail” (nome que a Apple usa no documento) nas bordas. Na parte inferior estará o sensor responsável pelo monitoramento de dados de saúde. O vestível também teria feedback háptico, que permite vibrar ao receber notificação ou ativar um recurso.

Samsung também trabalha em um “Galaxy Ring”

Samsung Galaxy Ring (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Protótipos do Galaxy Ring estão em teste (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A Samsung está desenvolvendo o seu anel inteligente. O produto estaria na fase de protótipos, onde a empresa avaliará o desempenho do produto. Desses testes sairá a decisão de seguir o cronograma, voltar para a estaca zero ou cancelar de vez o projeto — esta última uma escolha pouco provável.

Apesar do Oura Ring ser praticamente um anel inteligente para monitorar o sono, o conceito de smart ring não é levado como uma “aventura” pelas empresas e especialistas. O dispositivo é mais eficiente para monitoramento de parâmetros de saúde e promete mais praticidade no uso de tecnologias. Esse é um dos motivos que levam a crer que ele será o futuro dos vestíveis.

É possível que a Apple e a Samsung mostrem seus anéis inteligentes em 2024.

Com informações: AppleInsider e TechRadar

Receba mais sobre Apple na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Relacionados