Uber quer ser o app para contratar todo tipo de serviço

Em testes, Uber Tasks promete ser uma nova plataforma de anúncios para trabalhadores autônomos que realizam tarefas domésticas

Lupa Charleaux
Por
Logotipo da Uber
Empresa tenta expandir as opções de serviço além de viagens e entregas (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A Uber estuda adicionar mais uma opção de serviço ao popular app de viagens e entregas. O programa batizado de Uber Tasks – Uber Tarefas, em tradução livre – permitirá contratar pessoas para realizar determinados serviços domésticos.

Conforme as informações, o novo recurso será uma plataforma de anúncios para trabalhadores autônomos. Os usuários anunciam as tarefas específicas no app e, do outro lado, motoristas, entregadores e outros parceiros podem aceitar o trabalho.

Uber
Motoristas e outros parceiros poderão aceitar trabalhos do Uber Tasks (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

De acordo com a Uber, o Uber Tasks permite contratar pessoas para realizar diferentes tarefas domésticas. Por exemplo, montagem de móveis, limpeza de quintal, manutenção de jardim, empacotamento e desempacotamento de mudanças.

Enquanto isso, entregadores e motoristas do aplicativo poderão escolher quais serviços podem realizar conforme as habilidades pessoais. Eles também poderão ver os ganhos estimados antes de aceitar o serviço.

“Estamos sempre pensando em como oferecer mais maneiras para as pessoas ganharem dinheiro com o nosso aplicativo”, disse Conor Ferguson, porta-voz da Uber, ao The Verge.

O Uber Tasks será testado nas próximas semanas nas cidades de Fort Myers, na Flórida (Estados Unidos) e de Edmonton, em Alberta (Canadá). Conforme o porta-voz, o piloto será uma maneira dos motoristas e dos entregadores colocarem as habilidades em prática e criarem uma própria rotina de trabalho.

Uber
Popular app aposta em novas modalidades de serviço para obter receitas adicionais (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O lento crescimento da Uber

A estreia do Uber Tasks é mais uma tentativa da Uber expandir os negócios atuais além das corridas e entregas. Na semana passada, a empresa estadunidense anunciou que obteve lucros pelo segundo trimestre consecutivo em 2023.

No entanto, analistas apontam que a empresa ainda passa por um período de lento crescimento. Isso explica as diferentes formas de gerar receitas adicionais ao lançar novos serviços e realizar outras mudanças no popular aplicativo.

Nos últimos meses, a companhia anunciou que o app exibirá vídeos de propagandas de até 90 segundos. Bem como, a plataforma tentou emplacar um serviço de reserva de voos no Reino Unido.

Com informações: The Verge

Relacionados