Esse redator tem saudades de seu "Meu Primeiro Gradiente".

Depois de 3 anos de inatividade, a Gradiente planeja sua volta ao mercado no segundo trimestre de 2010. Após passar por dificuldades financeiras — que culminaram, em 2008, no anúncio de que seus produtos não mais teriam garantia de fábrica pois a empresa não conseguia comprar peças para alimentar sua rede de assistência técnica — a empresa retorna ao mercado no próximo ano, com suas dívidas renegociadas e sob novo nome: Companhia Brasileira de Tecnologia Digital.

A renegociação de sua dívida, que estava avaliada em R$ 380 milhões, foi aceita por 67% dos credores, e envolverá o pagamento sem descontos e com acréscimo de juros.

A empresa espera se aproveitar do crescimento do mercado brasileiro de eletrônicos e computadores que se prevê em 2010 para garantir seu retorno, e informou que “a nova estratégia de negócios prevê uma linha de produtos reduzida e focada em segmentos de elevado valor agregado e alto potencial de crescimento no mercado de eletrônica de consumo; utilização de canais alternativos de distribuição; despesas de natureza fixa reduzidas; sólida estrutura de capital e alta rentabilidade.” [ComputerWorld]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Micael
Essas eu não sei aonde foram parar. Uso o toca-discos ligado na mesa de som e no computador mesmo.
Thiago Mobilon
E as caixas de som gigantes de madeira? Tenho duas aqui em casa, ainda são meu "home theater". :D
Edw
Não deu suporte aos clientes quando ficou na pindaíba. Nunca vou comprar nada dela e por mim nem voltava. Abaixo a Gradiente.
Alexandre Fugita
Meu primeiro Gradiente foi um MSX Expert! :-) Ainda tenho guardado em algum lugar!
Micael
E a classe média dos anos 90 sente saudade da Gradiente... Era a marca "top" dentro daquele poder de compra. Quem não podia, ia de CCE mesmo. PS: Meu toca-discos da Gradiente ainda resiste :P