Há alguns dias tivemos um grande impacto com as mudanças de pacotes de internet pré-paga da Vivo: a partir de novembro, os clientes que ultrapassarem a franquia contratada terão sua conexão cortada em vez de reduzida. Uma notícia um tanto quanto desagradável, mas que poderá ser adotada em breve por outras operadoras. A era do ilimitado deve acabar na internet móvel brasileira.

De acordo com o jornal O Globo, o atual modelo de internet móvel ilimitada está chegando ao fim. A mudança começa pela operadora Vivo, que além de cortar as conexões dos pacotes pré-pagos a partir do mês que vem, pretende futuramente usar o mesmo modelo para os clientes pós-pagos. Sem alarde, a Vivo modificou os regulamentos dos seus planos mais novos há um certo tempo, dando margem para a operadora efetuar as mudanças sem transtornos:

regulamento-plano-4g-reducao-velocidade

Por enquanto, nenhuma das operadoras anunciou oficialmente as medidas. Mas, de acordo com fontes do jornal, Claro, TIM e Oi também pretendem fazer mudanças no tarifário de internet móvel. A reportagem aponta uma entrevista com o diretor de produtos da Oi, Roberto Guenzburger, que afirma que “com a velocidade menor, o cliente não consegue navegar da forma que gosta, assistindo a vídeos”. Isso é bem verdade, mas a velocidade reduzida ainda permite utilizar serviços de mensagens como WhatsApp e Telegram, que é o que muitas pessoas procuram com a internet móvel.

As operadoras e seus clientes possuem certa dificuldade na hora da contratação e oferta de seus planos de dados. Roger Solé, diretor de marketing da TIM, afirma que “o consumo de dados antigamente era significativamente menor do que hoje”, portanto, fazia sentido oferecer a velocidade reduzida após o término do pacote de dados.

É realmente sofrível navegar em velocidade reduzida, mas as operadoras também não ajudam: planos de dados grandes são escassos nos portfólios das operadoras. Não existe no mercado brasileiro nenhum pacote pré-pago com 1 GB ou mais, por exemplo. Tenho certeza de que muitos dos leitores esgotam suas franquias de um mês de seus pacotes pré-pagos em menos de uma semana.

Foto: Lucas Braga

No exterior é bem comum que os planos de dados não sejam ilimitados, mas as operadoras ao menos oferecem opções melhores que as daqui. Eu uso uma média de 4 GB de dados por mês, algo impossível de ser encontrado em planos pré-pagos no Brasil.

É certo que as novas medidas trarão imenso descontentamento por parte dos usuários. Esse tipo de solução que será adotada inviabiliza a internet móvel para o consumidor final. Se as operadoras não modificarem os planos para incluir uma franquia de dados maior pelo mesmo preço atualmente cobrado pelos planos ilimitados, muitas pessoas deixarão de usar internet móvel e ficarão brigando por senhas de redes Wi-Fi. Afinal de contas, não faz o menor sentido pagar por um pacote que vai parar de funcionar muito antes do que você espera.

Atualização no dia 21 de outubro às 18h30:

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) enviou uma nota a respeito das reportagens divulgadas acerca dos novos modelos de cobrança:

A Superintendência de Relações com Consumidores (SRC) pedirá esclarecimentos às prestadoras de telefonia celular (Serviço Móvel Pessoal – SMP) sobre informações veiculadas na imprensa quanto a possíveis alterações na forma de cobrança da internet móvel. O objetivo da Anatel é garantir que os consumidores tenham seus direitos assegurados e sejam informados, de modo antecipado, amplo e transparente, sobre mudanças.   

As regras do setor permitem às empresas adotar várias modalidades de franquias e de cobranças. No entanto, segundo o Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações (RGC), qualquer alteração em planos de serviços e ofertas deve ser comunicada ao usuário, pela prestadora, com antecedência mínima de 30 dias.

Até o momento, a única operadora que já anunciou mudanças nos planos de dados é a Vivo. No entanto, conforme noticiamos anteriormente, os clientes estão sendo avisados por SMS com a antecedência exigida pela Anatel. Resta aguardar se o formato de comunicação é considerado suficiente para que a operadora efetue as mudanças no prazo estipulado.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Antonio Caser
4G com pacote de 10mb diários a preços astronômicos... kkkkk... só aqui no Brasil mesmo. Brincadeira! Quanto maior a velocidade, mais rápido acaba seus créditos, é a maneira que as "devoradoras" (operadoras) encontraram de ter lucro mais rápido. O que as "devoradoras" de telefonia no Brasil chamam de tarifa eu chamo de extorsão.
Antonio Caser
4G no Brasil é um 3G disfarçado com maior velocidade e preços abusivos, como sempre.
suelen
eu achei um absurdo ter q ficar pagando pacote d internet a todo momento sem contar q a internet fica uma bosta super lenta ,super horrivel ate q fim a compra d pacotes acabara
Lucas Hajje
essa anatel é uma filh.. da pta, eles oferecem o servico porco enquanto tem gente burra que paga esses planos de 10mb essa é a ideologia deles, eles nao tem interesse em mudar esse ciclo e forcar as operadoras a mudarem isso.
Fabio
Acabei de receber o SMS da claro dizendo sobre esta nova forma de limitar a conexão sabe que fiz? Cancelei meu plano controle de 31,00+11,00 da internet e voltei pro pré pago. Eu não vou contratar pacote adicional algum vou é me acostumar de como a vida era antes. Eles que perderam meus 40,00 por mês.
Tailane Brito
Sou cliente da TIM e uso o plano TIM BETA, nunca tive problema algum com a internet móvel até hoje quando recebi um SMS dizendo que eu usei todo o limite máximo oferecido... Antes era Ilimitado; Nem sequer avisaram sobre a mudança! Descontentamento total.
JC OLIVEIRA
Não foi forçado... Não adianta ter 4G ou até 100G se a operadora te limita a navegação que 2g pode garantir... É como ter um super motor e não poder passar da primeira marcha... Meu celular é 4g e o Chip 4g... grande M se só posso navegar a 1Mb/s
David Bernardes
bom num pacote de 400 MB só da para dois dias pra mim! sendo que esse pacote é equivalente a 20 reais para mim uma rede wifi vai sair mais em conta, vou testa esse mês essa bela novidade que de boa não tem nada! e com certeza vou migra e passar a ser usuário de uma rede wifi porque essas redes 3G não vão prestar assim, isso serve para acumular dinheiro no bolso de empresários.
Albanir Filho
O meu Tim beta que sempre supriu minhas necessidades e nunca tinha reduzido, agora está com redução após 10 mb. De 1,8 Mbps, essa miséria reduz para 56 Kbps. Isso é velocidade de Internet discada no Internet Explorer, totalmente impraticável meu amigo. Anatel, ajuda entidade inútil, queremos mais qualidade. O valor que pagamos, além de ser pago antecipadamente, já é absurdo e você ainda faz vistas grossas. Você não está vendo que isto é um assalto a mãos desarmadas? Eu hoje duvido da lisura da Anatel, acho que ela é condescendente com essas coisas, essas misérias que fazem com nos trabalhadores, estudantes e outros afins que se sentem prejudicados com tais atitudes dessas operadoras arbitrárias. Espero que alguém, como você Anatel que tem o poder nas mãos, faça alguma coisa.
Charlie Ferreira
Filhao. To a procura de um beta. Tem convites ou quer vender um chip?
Maandy
parece que já ta valendo, meu chip é da claro e nem tava sabendo disso e hoje depois de 6 dias que contratei o pacote mensal recebi a msg de que fui cobrada 0,60 pra continuar usando a internet. é um absurdo
Ewerton Silva
Também sou usuário do TIM Beta e comigo nunca houve reduções.
Cristopher
aqui na Australia . 2$ por dia , 500 mega de internet 4g + sms ilimitado + ligações ou 4$ por 1gb POR DIA
Mickael Fernandes
Mas esse "ilimitado" é com a velocidade de 1mb ou com a redução para x kbps? Porque, para mim, passou os 10mb a velocidade cai para 50kpbs, ficando inavegável - pelo menos aqui, nem aplicativos de mensagens de texto funcionam.
Lídison Santos
Não se está colocando culpa em privatização e muito menos culpando uma pela outra. Ficou muito claro no que foi abordado o caso específico que acontece no Brasil.
Exibir mais comentários