Início » Telecomunicações » Claro, TIM e Vivo não poderão comprar faixa de 700 MHz no leilão de 5G

Claro, TIM e Vivo não poderão comprar faixa de 700 MHz no leilão de 5G

Oi é a única das grandes operadoras que poderá adquirir faixa de 700 MHz, atualmente utilizada para o 4G

Lucas Braga Por

O leilão de 5G acontecerá em março de 2020, e a Anatel irá oferecer as frequências de 2,3 GHz, 3,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz. Além disso, a agência vai leiloar as sobras da faixa de 700 MHz; o problema é que Claro, TIM e Vivo não poderão arrematar o espectro de 10 MHz + 10 MHz dessa faixa — isso poderá ser feito apenas pela Oi ou por outra operadora.

Como aponta o TeleSíntese, o motivo para a restrição é que Claro, TIM e Vivo já atingiram o máximo de espectro que podem ter abaixo de 1.000 MHz. A resolução n° 703 da Anatel impede que uma operadora possua mais de 35% de todo o espectro das subfaixas abaixo de 1 GHz, com a possibilidade de estender o limite para 40% mediante autorização da agência.

Sendo assim, nenhuma empresa pode ter mais de 71,4 MHz de espectro em frequências abaixo de 1 GHz. De acordo com o Teleco, a Vivo é impedida por já ter mais de 51,4 MHz no interior de São Paulo, Minas Gerais e Nordeste; a Claro fica impedida por conta das suas licenças na capital paulista e na região Norte; e a TIM, por já ter 64 MHz de banda em frequências abaixo de 1 GHz no Paraná e Santa Catarina.

Ou seja, se alguma dessas operadoras comprar o lote de 20 MHz (10 + 10 MHz) na faixa de 700 MHz, vai estourar o limite estabelecido pela Anatel. Vale lembrar que o lote a ser leiloado é nacional, de forma que as empresas são impedidas de adquirir a licença apenas nos estados de seu interesse.

Enquanto isso, a Oi tem apenas 5 MHz de capacidade em frequências abaixo de 1 GHz, exceto no Rio Grande do Sul, na região Centro-Oeste e parte da região Norte, onde possui 19 MHz. A Nextel é outra operadora que também poderia arrematar a frequência por ter 15 MHz em nível nacional, mas a empresa teve sua compra anunciada pela Claro.

Nas demais frequências de 5G, a situação já é mais confortável: nas faixas entre 1 GHz e 3 GHz, cada operadora pode ter até 172,5 MHz de espectro, podendo se estender em mais 5% mediante autorização da Anatel. A empresa que mais se aproxima do teto máximo é a Vivo, que possui 120 MHz de capacidade na região Nordeste, seguida da Claro, com 110 MHz de capacidade em Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Essas são as capacidades que serão leiladas:

  • 700 MHz: 20 MHz (10 MHz + 10 MHz)
  • 2,3 GHz: 100 MHz (50 MHz + 50 MHz)
  • 3,3 GHz: 100 MHz (50 MHz + 50 MHz)
  • 3,5 GHz: 200 MHz (100 MHz + 100 MHz)
  • 26 GHz (ondas milimétricas): 3.250 MHz (1.625 MHz + 1.625 MHz).

Operadoras terão meta de cobertura

O presidente da Anatel, Leonardo Morais, defendeu que a agência deverá estabelecer metas de cobertura e de infraestrutura de fibra óptica nos próximos leilões, inclusive o de 5G. A ideia é atender áreas do país sem redes adequadas de acesso e transporte, como áreas da região Norte, Nordeste e Centro-Oeste, segundo o TeleSíntese.

O edital do leilão já está sob análise da Procuradoria Federal, órgão ligado à Advocacia Geral da União, e o modelo a ser seguido é o mesmo de 2007, no leilão de frequências para 3G, onde o direito de uso para áreas com maior atratividade econômica foi condicionado a investimentos em municípios desassistidos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Soares Santos

obrigado pelo esclarecimento

Duzera74

kkkkkkkk
mais um falando o que não sabe, em vez das pessoas aproveitarem a internet para se instruir não, preferem falar besteira.
Sou cliente Tim e em TODOS os estados em que já viajei onde a operadora oferece tal serviço ele funcionou.

Felipe Silva

Legal esse teu Nubia M2 que não funciona no b28 700MHz do brasil, justamente a melhor frequência do 4g brasileiro. A maioria dos celulares chineses que eu tenho visto não funcionam em b28.

Lairton Gomes

no fim, vai ter que cabear de todo jeito

Lairton Gomes

ou não

Porto Velho

Celulares não funcionam em toda essa faixa.

Porto Velho

Aqui também existe isso. E lá também é regulado.. qual a próxima?

Caleb Enyawbruce

Caraca!!! Imagine!! Mds...

Diego

A Banda 30 é 2305 – 2315 uplink 2350 – 2360 downlink. Não devendo ser a que vai ser utilizada aqui.

LekyChan

pesquisei aqui e realmente a 3GPP tinha definido do 2300 como TDD para uso com o 4G em LTE, e chamado de Banda 40, mas tbm tem a banda 30 que tbm usa o 2300Mhz só que em FDD, que provavelmente deve ser o modo que vai ser usado aqui no brasil.

Diego

As faixas de 2,3 e 3,3 não são TDD( envio e recebimento na mesma faixa)?

Jarbas Coqueiro

Porque são 1.000 MHz, e não 100

2300 até 3300 MHz

LekyChan

ata entendi, esse 50+50 é que 50Mhz é usado para o envio e os outros 50Mhz para o recebimento. ou seja quem arramatar a frequencia de 2300Mhz, vai poder usar do 2300mhz até o 2349Mhz para envio e do 2350Mhz até o 2399Mhz para recebimento.

Diego

100mhz contínuos 2,3-,2,4 3,3-3,4

LekyChan

o 5G não é pensado para substituir o 4G, ele foi idealizado para a internet das coisas, onde haverão muitos aparelhos conectados, ou seja, vai acaber sendo que nem Hot spot de wifi, será coisa que vc vai achar em café, restaurantes, shoppings, não ao ar livre.

Exibir mais comentários