Início » Negócios » Samsung vê lucro cair pela metade com vendas fracas de chips de memória e celulares

Samsung vê lucro cair pela metade com vendas fracas de chips de memória e celulares

O lucro da Samsung entre abril e junho foi 55,6% menor na comparação com o mesmo período de 2018

Victor Hugo Silva Por

A Samsung registrou nova queda de lucro no segundo trimestre. Em balanço divulgado nesta quarta-feira (31), a companhia informou que o lucro operacional entre abril e junho foi 55,6% menor em relação ao mesmo período de 2018, ficando em 6,6 trilhões de wons (cerca de R$ 21 milhões).

A receita consolidada neste intervalo caiu 4% e ficou em 56,1 trilhões de wons (R$ 178,8 bilhões). Este é o terceiro trimestre seguido em que a Samsung registra queda no lucro na comparação com o ano anterior.

Segundo a empresa, os resultados fracos ainda são causados pelo ritmo mais fraco e a queda de preços no mercado de chips. Além disso, houve redução nas vendas de celulares topo de linha, apesar de um crescimento de modelos mais baratos.

No segundo trimestre, a área de chips da Samsung teve receita de 16 trilhões de wons (R$ 50,9 bilhões), o que representa uma queda anual de 26%. O lucro caiu ainda mais, 71%, e ficou em 3,4 trilhões de wons (R$ 10,8 bilhões) ao final do intervalo.

A empresa espera registrar "incertezas persistentes" para a divisão nos próximos meses, embora "a demanda esteja crescendo ainda mais com forte sazonalidade e adoção de produtos de alta densidade"

Enquanto isso, a divisão mobile chegou a registrar um crescimento de 7% na receita, terminando o trimestre em 25,8 trilhões de wons (R$ 82,1 bilhões). Apesar disso, o lucro caiu 42% e fechou o intervalo em 1,5 trilhão de wons (R$ 4,7 bilhões).

A Samsung afirma que as vendas cresceram graças a celulares da linha Galaxy A, como A50 e A70. No entanto, os modelos mais caros registram quedas devido ao "fraco momento de vendas do Galaxy S10 e demanda estagnada por produtos premium".

Para a fabricante, o mercado de celulares será fraco no próximo trimestre. A empresa, porém, promete seguir apresentando novos modelos de diferentes preços no terceiro trimestre. Entre eles, estão o Galaxy Note 10, que deve ser lançado em agosto, e o Galaxy Fold, que deve finalmente começar a ser vendido em setembro.

Com informações: Samsung, TechCrunch.

Mais sobre: