Tecnoblog
Início » Aplicativos e Software » Microsoft estuda comprar operação do TikTok em todo o mundo

Microsoft estuda comprar operação do TikTok em todo o mundo

Fontes ouvidas por jornal dizem que a Microsoft pretende assumir o controle global do TikTok; empresa não quis comentar

A Microsoft pode ir além nas negociações com o TikTok e assumir todo o controle da rede social chinesa. Essa informação vem do Financial Times, revelada nesta quinta-feira (6). Fontes ouvidas pelo jornal disseram que a Microsoft estuda comprar a operação do TikTok em todo o mundo e deixar a versão chinesa (Douyin) nas mãos da ByteDance, atual proprietária da rede social.

No fim de semana, a Microsoft soltou um comunicado no qual informa que pretende assumir o controle do TikTok nos Estados Unidos. Com mais de 800 milhões de usuários, a plataforma é um sucesso entre os jovens, mas toda essa ascensão está sendo observada pelo governo americano.

Donald Trump afirma que o app coloca em risco a segurança dos Estados Unidos. Segundo ele, o governo chinês usa o TikTok para espionagem. A ByteDance nega.

Trump já declarou que vai banir o TikTok em seu país. Mas oferece uma solução para evitar o bloqueio: ele pode deixar a plataforma no ar caso alguma empresa americana assuma o controle do app na região. As negociações devem acontecer até o dia 15 de setembro, prazo estabelecido por Donald Trump.

Microsoft vai comprar o TikTok em todo o mundo?

Não é possível saber. Ainda que o Financial Times tenha revelado a possível compra global pela Microsoft, outra fonte ouvida pelo Business Insider negou a informação. Ademais, Microsoft e ByteDance não quiseram comentar.

Inicialmente, a Microsoft havia informado que negocia assumir o TikTok em quatro países: Estados Unidos, Canadá, Austrália e na Nova Zelândia. “Essas discussões são preliminares e não há garantia de que uma transação que envolva a Microsoft prossiga”, ressalta a empresa que ainda declarou que passaria todos os dados dos usuários americanos do TikTok para os Estados Unidos, caso a compra seja concluída.

Por enquanto, as negociações estão em estágio preliminar, por isso não é possível saber o que de fato pode acontecer. Ambas as companhias têm até o dia 15 de setembro para chegar a um acordo.

Com informações: The Verge e Engadget.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação