Notícias Carro

Xiaomi pode fabricar carros em parceria com a Great Wall Motors

Xiaomi pretende usar estrutura de montadora chinesa para acelerar produção do seu veículo elétrico

Victor Hugo Silva
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Os rumores sobre o carro elétrico produzido pela Xiaomi voltaram a circular. A companhia estaria negociando para utilizar uma fábrica da montadora chinesa Great Wall Motors. A parceria poderá ser oficializada pelas empresas já na próxima semana, com previsão de lançamento do veículo em 2023.

Conceito de carro elétrico da Xiaomi

Conceito de carro elétrico da Xiaomi (Imagem: Reprodução/Gizmochina)

A informação foi divulgada pela Reuters, que ouviu três fontes próximas às negociações. Os relatos apontam que a Xiaomi deseja transformar carros elétricos em produtos populares. A empresa pretende agilizar a produção e, por isso, quer usar a fábrica da Great Wall Motors, que também deverá oferecer consultoria durante o desenvolvimento do veículo.

Por enquanto, nenhuma das empresas confirma a parceria. No entanto, uma das fontes da Reuters indica que o CEO e fundador da Xiaomi, Lei Jun, está otimista. O executivo, que estaria à frente do projeto, acredita que a experiência de sua empresa na produção de hardware vai acelerar a produção de carros elétricos.

A Great Wall Motors é a maior fabricante chinesa de pickups e terminou 2020 com 1,1 milhão de carros vendidos. A companhia tem sua própria marca de carros elétricos e está construindo com a BMW uma fábrica de veículos elétricos na China.

Xiaomi quer novas fontes de receita

As informações sobre o carro elétrico da Xiaomi circulam desde fevereiro, mas a empresa negou as especulações. Os rumores indicam que a empresa pretende criar novas fontes de receita, visto que a divisão de celulares tem o maior faturamento, mas margens de lucro consideradas pequenas. Ainda de acordo com os relatos, o veículo seria capaz de se conectar com dispositivos da companhia, como os smartphones.

Caso confirme o plano de produzir carros, a fabricante deverá concorrer com empresas de tecnologia que também planejam entrar no setor. Entre elas, está a Apple, que estaria discutindo o projeto com montadoras para criar um veículo autônomo sem volante e sem pedais. A empresa americana, no entanto, não confirma a informação.

Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi redator, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.