Android 14: o que esperar da próxima versão do sistema operacional para celulares

Previsto para chegar em agosto, sistema operacional para mobile do Google já está rodando seus testes; confira o que já foi descoberto sobre o Android 14

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 11 meses
Android 14 (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Android 14 (imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Android 14, sistema operacional para smartphones, será lançado depois de agosto, conforme mostrou o Google em seu cronograma. Contudo, graças ao início dos testes beta, é possível adiantar o que veremos na sua versão oficial. Segundo as primeiras informações, o Android 14 terá muitas melhorias de usabilidade para os smartphones — sem esquecer os dobráveis e tablets.

Android 14 e suas novidades para usabilidade

Na primeira fase de testes do Android 14, chamada de Developers Preview 1 (DP1), o Google liberou uma ferramenta para melhorar o uso de celulares com dois SIM cards — ou com eSIM e uma entrada para o chip físico. Essa funcionalidade permite automatizar a escolha do SIM principal, avaliando qual possui a melhor conectividade no momento.

Sabe aqueles aplicativos pré-instalados que só ocupam espaço? O Android 14 deve facilitar a remoção desses apps, chamados de bloatware. Na Configuração do novo SO está o recurso de listar esses apps que ficam em segundo plano sem muita utilidade. Contudo, a ferramenta está oculta no DP1, indicando que o Google ainda está desenvolvendo o recurso.

Para pessoas com deficiência visual, o Android 14 conta com uma opção de aumentar a fonte para até 200% do tamanho original.

Nos tablets e smartphones dobráveis, o Android 14 mostrará os nomes dos aplicativos da barra de tarefas. Atualmente, a barra só exibe os ícones dos apps — o que pode confundir quem não tem muita experiência com eles. O novo SO também tem como proposta manter uma experiência integrada entre os diferentes formatos. Assim, o usuário não precisará se adaptar a um app de smartphone e outro para tablet ou dobrável.

Barra de tarefas no Android 14 para tablets (imagem: 9to5Google)
Barra de tarefas no Android 14 para tablets (Imagem: Reprodução/9to5Google)

O Health Connect, hub de aplicativos de saúde, será instalado por padrão em dispositivos com Android 14.

O menu de compartilhamento ficará mais uniforme no Android 14. Atualmente, cada aplicativo define a ordem e posição dos atalhos. Por exemplo, o Instagram possui atalhos para conversas no WhatsApp quando você seleciona a opção de compartilhar a publicação. No Reddit, você vê uma lista de apps. O Google está resolvendo essa bagunça.

Na nova versão do Android, as opções de copiar ou compartilhar o link estão no topo, enquanto o compartilhamento via app está logo embaixo.

Um novo recurso apresentado no primeiro beta do Android 14 é remover notificação de tela cheia. Alguns apps, como o Alarme e Chamada, ocupam toda a tela chamar a atenção do usuário. No beta liberado para Pixel, é possível alterar esse tipo de notificação — mesmo com a tela bloqueada. Veja a seguir como funciona a novidade.

Para desencargo de consciência, vamos falar de um recurso que pode chegar só no Pixel —e já existe nos Galaxys. O Google liberou a ferramenta “Apps Clonados”. Com ele, você pode ter dois WhatsApps em um mesmo celular. Aqui não difere muito do que o One UI já tem. A diferença é que agora ele parece estar disponível no Pixel, que não é vendido no Brasil (uma pena).

A mais recente versão Beta do Android 14 traz um recurso que “incomodará” quem instala apps por sideloading. Como reportado pelo Android Police, o próximo sistema operacional mobile do Google terá a opção de “passar a propriedade” de um aplicativo baixado externamente para uma loja de apps. Isso será chatinho para quem faz muito essa prática.

Ao fazer o sideloading, o SO perguntará se você quer autorizar uma loja a ficar responsável pelas atualizações do programa. Você poderá aceitar ou não a sugestão. O pop-up terá ainda uma mensagem informando que ao escolher uma loja diferente da App Store. O aplicativo poderá receber atualizações de diferentes fontes.

Se você não é muito fã de escrever, a IA generativa para SMS é um recurso bem-vindo. O Google mostrou no I/O 2023 que lançará uma IA capaz de sugerir respostas em troca de mensagens.

Mishaal Rahman (quase sempre ele) uma lista com 34 atalhos de teclados externos do Android 14. O número representa um acréscimo de 21 atalhos para a próxima geração do sistema operacional. As novas funcionalidades estão disponíveis na segunda versão beta do Android 14. Para acessar a lista, o usuário deve abrir as configurações, clicar na opção “Sistema”, buscar por “Teclado” e escolher “Teclado Físico”.

Entre os novos atalhos estão a função de retornar para a tela inicial e abrir o buscador padrão. Mas para alguns desses botões funcionarem, é necessário que os desenvolvedores criem apps compatíveis com os atalhos. O que pode não acontecer com os principais aplicativos.

Personalização no Android 14

“Escondido” no primeiro teste para desenvolvedores está o menu de teclado. Este recurso permitirá que os usuários personalizem botões de teclado externo e touchpads. A ideia deste menu é facilitar o uso desses dispositivos em smartphones com tela grande e tablets. No caso dos touchpads, será possível até configurar gestos no acessório.

Android 14 menu para teclado (Imagem: Reprodução/XDA-Developers)
Android 14 menu para teclado (Imagem: Reprodução/XDA-Developers)

Na Developers Preview 2 (DP2), o Android 14 conta com o recurso de “Preferências Regionais” (tradução direta). Nesta seção, o usuário poderá escolher as unidades de medidas, primeiro dia da semana e até o calendário que os apps mostrarão.

Por exemplo, você poderá selecionar o calendário hebraico e sistema métrico como padrão. E também escolher o domingo ou segunda como primeiro dia da semana em apps.

O Android 14 DP2 permite que papel de paredes animados diferentes sejam aplicados para a tela inicial e de bloqueio. Atualmente, essas animações, batizadas de Live Wallpapers em inglês, só podem ser usada para as duas telas ao mesmo tempo ou somente na inicial — deixando que uma imagem estática fosse usado no bloqueio. O feature foi descoberto pelo XDA-Developers.

No Google I/O 2023, a empresa revelou que o Android terá uma IA generativa para criar wallpapers. O usuário dará um prompt e a IA criará uma imagem para o plano de fundo ou tela de bloqueio do smartphone. A paleta de cores da imagem gerada poderá ser aplicada na personalização da interface.

O 9to5Google encontrou no código do Android 14 o suporte para a última versão do Material You, kit de design do Google para seus serviços. Nesta nova versão para o sistema operacional, há mais opções de cores para personalizar o tema do smartphone. No momento, ele não está liberado no beta. Todavia, o fato de estar presente no Android 14 sugere que o Google pode abrir o Material You para testes.

Novos recursos de segurança no Android 14

No Android 14, a proteção de memória RAM será ativada por padrão em processadores baseados na arquitetura Arm v8.5 ou superior — desde que os chips suportem essa tecnologia. O recurso utiliza a tecnologia Memory Tagging Extesion, obrigatório em chips Arm v9.

O Google também desenvolveu um bloqueador de apps para o Android 14. O alvo dessa ferramenta são aplicativos que visam versões antigas do sistema operacional. Com isso, usuários que tentarem instalar um app desenvolvido para outra versão não terão sucesso.

Parecido com que acontece no iOS, o Android 14 perguntará ao usuário quais mídias um aplicativo pode acessar. Ele dará as opções de “Todas as fotos”, “Selecionar fotos” e “Não permitir”.

Android 14 pede autorização para aplicativos acessarem as suas mídias (Imagem: Reprodução/XDA-Developers)
Android 14 pede autorização para aplicativos acessarem as suas mídias (Imagem: Reprodução/XDA-Developers)

O Android 14 trará uma ferramenta para que empresas desativem remotamente a antena 2G dos seus aparelhos. Esse tipo de conexão não costuma ser criptografada, o que pode trazer riscos para os usuários — e negócios. Desde o Android 12 é possível desativar o modem 2G. Essa desativação evita que comunicações sejam interceptadas.

A nova versão do sistema operacional também permitirá a desativação de conexões celulares a nível do modem, dando ao usuário mais segurança ao usar serviços mais vulneráveis e com criptografias mais fáceis de serem quebradas.

Android 14 com suporte para ligação via satélite

O Android 14 terá suporte para realizar ligações e enviar SMS com conexão por satélite. Esse recurso foi um dos primeiros revelados pelo Google, lá em 1º de setembro de 2022. A confirmação veio de um tweet de Hiroshi Lockheimer, vice-presidente sênior de plataforma na empresa.

Mas preste atenção: para realizar ligações e enviar SMS por satélites, os smartphones terão que contar com hardware com suporte para conexão via satélite.

Android 14 aumentará a vida útil de celulares antigos

De acordo com o XDA-Developers, o Android 14 terá uma ferramenta para atualizar a autoridade de certificação (CA, em inglês) de smartphones. Esse recurso aumentará a vida útil de Androids mais antigos, pois manterá o CA atualizado mesmo sem atualização do sistema operacional.

Sem um CA atualizado, um smartphone não pode acessar a internet. O recurso, ainda não comentado nos testes, usará o Google Play Services para atualizar o certificado no dispositivo.

Melhoria no uso por gestos no Android 14

Android 14 terá melhorias no uso por gestos (Imagem: Reprodução)
Android 14 terá melhorias no uso por gestos (Imagem: Reprodução)

Se você usa um smartphone Android por gestos (funcionalidade que esconde os botões), deve ter passado pela situação de querer voltar uma página e acabar retornando para a tela inicial do celular. Isso será resolvido no Android 14. O Google revelou que, por padrão, todos os aplicativos do Android 14 mostrarão uma prévia da página anterior ao realizar o gesto de retornar.

A equipe do Android batizou o ato de fechar um app sem querer, ao usar o gesto de retornar, de “falsing”, algo como “falseando”, em tradução direta. O problema já era relatado nos testes do Android 13.

E quando chega o Android 14?

Cronograma de desenvolvimento do Android 14 (Imagem: Divulgação/Google)
Cronograma de desenvolvimento do Android 14 (Imagem: Divulgação/Google)

O Google anunciou que o Android 14 será lançado “depois de agosto”. A data é “incerta” porque o cronograma de testes pode sofrer alterações. Logo, a sua estreia em agosto depende de que tudo saia como planejado — difícil, mas não impossível.

No ano passado, o Android 13 foi lançado no dia 15 de agosto. O Google conseguiu seguir seu cronograma porque não houve problemas críticos que causassem um atraso. Algumas empresas, como foi o caso da Xiaomi, já liberaram o beta do Android 14 para os seus aparelhos compatíveis.

Se a empresa seguir o desempenho do ano anterior, mantendo as datas originais do betas públicos, veremos novamente o Android lançado em agosto. Todavia, os sistemas operacionais baseados no Android 14 são lançados de acordo com as fabricantes de smartphones.

Relacionados