CEO da Xiaomi diz que celulares premium são essenciais para sobrevivência da empresa

Gigante chinesa anunciou recentemente o Mix Fold 3, smartphone dobrável com tecnologia fotográfica que rivaliza com o Galaxy Z Fold 5.

Thássius Veloso
Por
• Atualizado há 9 meses
Lei Jun segura Xiaomi Mi 10 Youth Edition
Lei Jun é cofundador e CEO da Xiaomi (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O fundador e CEO da Xiami, Lei Jun, reconheceu a importância dos celulares premium para a empresa. Eles são “essenciais” para a sobrevivência da gigante chinesa, conforme falou o executivo numa apresentação anual. As falas dele estão em linha com o que eu observo ao conversas com outras lideranças do mercado.

Segundo Lei Jun, os lançamentos de produtos como o Xiaomi 13 Ultra são a única forma com que a Xiaomi poderá concorrer com outras grandes fabricantes de smartphones. “Trata-se de uma situação de vida ou morte” para a companhia.

Dinheiro “de verdade”

O site especializado GizmoChina repercutiu a informação com o comentário de que “o dinheiro de verdade” está no segmento premium, aquele dos telefones mais caros. A página tem razão, e o mesmo se repete aqui no Brasil: as fabricantes disputam espaço e atenção do cliente que topa pagar mais para ter um Galaxy S23, um iPhone 14 ou um Motorola Edge 40, entre outras opções à venda no mercado.

Slide que destaca as lentes na traseira de celular
Mix Fold 3 tem sistema fotográfico desenvolvido em conjunto com a Leica (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Atualmente, existe ainda a disputa pelo segmento de telefones dobráveis. A própria Xiaomi anunciou o Mix Fold 3 com formato que lembra o recém-apresentado Galaxy Z Fold 5. Aliás, o conjunto de câmeras deixou os analistas estrangeiros mais animados do que no produto da Samsung.

Inovação no topo da pirâmide

Na apresentação, Lei Jun ressaltou que a inovação ocorre principalmente no segmento premium. Novas tecnologias e ferramentas custam caro para serem desenvolvidas. Ela chegam primeiro aos aparelhos mais caros e, aos poucos, são implementadas nas categorias intermediária e básica.

A Xiaomi se tornou conhecida por oferecer celulares baratos, com um interessante custo-benefício quando levamos em consideração as tecnologias presentes nos aparelhos. Ao que tudo indica, o principal nome da marca fez uma concessão, no sentido de que daqui para frente algumas dessas tecnologias permanecerão mais tempo nos smartphones de ponta.

Com informações do GizmoChina

Relacionados