OpenAI muda voz do ChatGPT após comparações com Scarlett Johansson

Empresa suspendeu uma das opções de vozes do app ChatGPT para smartphones. Voz Sky foi comparada a Scarlett Johansson e sua personagem no filme Her

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 3 semanas
ChatGPT
ChatGPT mobile possui cinco opções de vozes, mas a voz Sky foi suspensa após comparações com Scarlett Joahnsson (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

A OpenAI suspendeu o uso da voz Sky no ChatGPT após os usuários compararem com a voz de Scarlett Johansson. A “dublagem” da IA chamou a atenção na última segunda-feira (13) durante o evento no qual a empresa anunciou novos recursos para o ChatGPT. Com essa suspensão, o app do ChatGPT para celulares seguirá com quatro vozes.

Em um comunicado no seu site, a OpenAI explicou o processo de produção das vozes para o ChatGPT. A empresa afirmou que em nenhum momento decidiu que a dublagem se parecesse com o tom de voz de Scarlett Johansson. A companhia disse que a atriz atuou com a sua voz natural.

Para proteger a identidade de todos os atores, a OpenAI não revelou os nomes dos envolvidos na dublagem. A empresa explicou que acredita que as IAs não devem deliberadamente imitar as vozes de celebridades.

Voz relembrou filme estrelado por Scarlett Johansson

Cena de Her (Imagem: Divulgação/Warner Bros)
Em Her, de 2013, Joaquin Phoenix se apaixona por IA com voz de Scarlett Johansson (Imagem: Divulgação/Warner Bros)

A semelhança entre as vozes do ChatGPT e da Scarlett Johansson fez com que o público relembrasse o filme Ela (Her, 2013). Na película, o protagonista interpretado por Joaquin Phoenix se apaixona e vive um romance com uma assistente virtual, dublada por Johansson na versão original.

Pouco depois do evento de lançamento dos novos recursos da OpenAI, Sam Altman, CEO da empresa, publicou no X/Twitter “her”. Apesar de soar como uma piada por parte de Altman, a assistente virtual do filme traz semelhanças com a proposta da OpenAI para a sua ferramenta.

Como visto no evento do dia 13 e no Google I/O 2024, as empresas buscam levar os modelos de linguagem grande para as assistentes virtuais. Isso aprimora as funcionalidades da assistentes e entrega novos recursos. Tanto a OpenAI e o Google estão investindo na tecnologia multimodal, que fará com que além de ouvir e falar, fará com que as assistentes virtuais de IA sejam capaz de ver e interpretar imagens mostradas pelas câmeras

Com informações: OpenAI e The Decoder

Receba mais sobre OpenAI na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados