TikTok agora quer vídeos na horizontal (tipo YouTube)

Depois da TikTokização das redes sociais, plataforma chinesa dá um passo “atrás” para rivalizar com o YouTube em seu próprio formato

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 3 meses
TikTok
TikTok quer youtubezar uma parte dos vídeos na plataforma (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O TikTok está incentivando criadores de conteúdo a publicar vídeos longos na horizontal — sim, igual ao formato de vídeo mais popular no YouTube. A plataforma chinesa começou a enviar o comunicado aos tiktokers na última semana. Vídeos nesse formato podem receber um impulsionamento de divulgação por 72 horas.

Quando o TikTok começou a botar medo nas redes sociais do ocidente, começamos a ver a “tiktokização” nas plataformas. A Meta foi mais rápida que o Google e levou o Reels para o Instagram. Pouco tempo depois, o YouTube lançou o Shorts. Como o mundo não gira, capota, o TikTok começa a “youtubezar” o seu conteúdo.

TikTok quer vídeos longos e na horizontal

@candicedchap Replying to @Kaloneal #longervideo #horizontal #tiktoktips ♬ original sound – Just call me Sunshine 🌞

Como mostra o comunicado do TikTok, divulgado por alguns criadores de conteúdo na plataforma, usuários que publicarem vídeos com mais de um minuto e na orientação horizontal podem receber um impulsionamento de divulgação por até 72 horas. Resumindo: o TikTok vai dar mais alcance sem cobrar nada por isso.

Para poder receber esse bônus, além de cumprir as exigências do formato de vídeo, as contas precisam ter mais de três meses, o conteúdo precisa ser original, não ser publi e nem uma conta governamental, de político ou de partido. Vídeos de dublagem são desencorjados.

O uso da hashtag #longervideos é opcional, mas esse ponto da mensagem entrega algo bem importante: o TikTok quer facilitar a busca por esse formato na plataforma e a ajudar na divulgação. Afinal, não basta você entregar um conteúdo se o usuário terá dificuldade em buscá-lo. E muito menos jogar no ralo o esforço do criador que produziu o vídeo.

A adoção de vídeos longos na horizontal é, obviamente, um novo meio do TikTok ganhar mais dinheiro com anúncios. Esse formato é preferível pelos anunciantes e permite à plataforma vender mais espaços em um vídeo. Pegando o YouTube de exemplo, o Google pode colocar dois anúncios seguidos e, em alguns casos, propagandas de 15 segundos que não podem ser puladas.

Com informações: The Verge e Android Headlines

Receba mais sobre YouTube na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados