Tráfego mensal do ChatGPT cai pela primeira vez em junho

Números de acessos, visitantes únicos e tempo gasto na página tiveram queda de maio para junho; diminuição no uso pode ajudar OpenAI a economizar

Giovanni Santa Rosa
Por
ChatGPT
ChatGPT, da OpenAI (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Nos últimos meses, o ChatGPT é o assunto mais comentado na tecnologia. O interesse por ele, porém, pode ter chegado a um teto. Os dados mensais de tráfego apontam para uma queda de visualizações, visitantes únicos e tempo na página.

As informações são do Similarweb, serviço que monitora o tráfego na internet. Segundo a empresa, de maio para junho de 2023, o site do ChatGPT teve:

  • queda de 9,7% no tráfego mundial de desktops e smartphones;
  • queda de 10,3% no tráfego de desktops e computadores dos EUA;
  • queda de 5,7% no número de visitantes únicos;
  • queda de 8,5% no tempo gasto pelos visitantes.

Existem algumas explicações possíveis para esse número, além da perda de interesse. A OpenAI lançou um app do ChatGPT para iPhones e iPads, que não entra na contagem da Similarweb — uma parte do tráfego pode ter ido parar aí.

Além disso, junho é mês de férias escolares nos EUA, o que pode significar menos estudantes precisando de ajuda para lições e trabalhos.

Queda no uso pode ajudar OpenAI a economizar

Os números podem parecer negativos à primeira vista, mas podem ser uma boa notícia para a OpenAI.

Estima-se que a empresa gaste US$ 700 mil por dia (cerca de R$ 3,4 milhões, em conversão direta) para manter o robô de inteligência artificial funcionando. Esse tipo de tarefa demanda muito processamento computacional.

Por outro lado, são relativamente poucos usuários que pagam pela ferramenta. O plano Plus do ChatGPT, que traz prioridade de acesso e custa US$ 20 mensais, tem 1,5 milhão de assinantes. O robô tem 100 milhões de usuários ativos mensalmente.

Outra fonte de receita da OpenAI é o acesso à API do ChatGPT. Nesse ponto, as coisas parecem estar indo bem. O tráfego do site para desenvolvedores teve uma alta de 3,1% de maio para junho.

ChatGPT cresceu rápido e continua enorme

Mesmo com a queda, o uso do ChatGPT ainda é enorme. São 1,5 bilhões de visitas mensais, que o colocam na lista dos 20 sites mais acessados no mundo.

O número de visitas mensais, aliás, supera o do Bing, da Microsoft. A empresa é uma das principais investidoras da OpenAI e embarcou as tecnologias de inteligência artificial em seu buscador.

Além disso, o ChatGPT já possuía 100 milhões de usuários mensalmente ativos em janeiro de 2023, dois meses após o lançamento, número que o tornou o app com crescimento mais rápido na história.

Uma prova do impacto do programa também vem da Similarweb. Segundo a empresa, o Stack Overflow teve queda de 14% no tráfego mensal em março.

O Stack Overflow é bastante utilizado por desenvolvedores na hora de resolver dúvidas sobre códigos. O ChatGPT tem capacidade para solucionar questões desse tipo.

Com informações: Similarweb, Reuters

Relacionados