O que é Wi-Fi Direct? Entenda o funcionamento e como usar a tecnologia

Saiba como funciona o Wi-Fi Direct, padrão de conexão sem fio que dispensa o uso de internet, e entenda as aplicações dessa tecnologia

Lucas Braga Ana Marques
Por e
• Atualizado há 9 meses
Wi-Fi Direct permite conexão ponto a ponto entre dispositivos (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

Wi-Fi Direct é uma tecnologia de rede sem fio ponto a ponto que serve para transmissão de arquivos e espelhamento de vídeo em dispositivos como smartphone, tablet, computador, smart TVs e impressoras.

A principal vantagem do Wi-Fi Direct é não precisar de um ponto de acesso (AP) ou de internet para estabelecer uma conexão. Em contraponto, há desvantagens relacionadas à velocidade de transferência de dados e à segurança, entre outros fatores que explicaremos neste artigo.

Confira, abaixo, como funciona a tecnologia Wi-Fi Direct e descubra suas principais características, incluindo a taxa de transferência, alcance, suporte a multi-dispositivos e frequência utilizada.

Saiba também todas as vantagens, desvantagens e diferenças do Wi-Fi Direct para outros padrões de rede sem fio.

Como funciona o Wi-Fi Direct?

O Wi-Fi Direct é um padrão de rede sem fio da Wi-Fi Alliance que funciona por meio de uma conexão P2P (peer-to-peer). Ou seja, os dispositivos envolvidos comunicam entre si usando ondas de rádio, sem a necessidade de uma infraestrutura intermediária, como um ponto de acesso ou roteador Wi-Fi.

Não é necessário ter uma conexão com a internet para utilizar o Wi-Fi Direct. A tecnologia é comumente encontrada em smartphones, tablets, computadores, câmeras digitais, smart TVs e impressoras.

Qual é a velocidade máxima do Wi-Fi Direct?

O Wi-Fi Direct tem velocidade máxima de até 250 Mb/s. No entanto, a taxa de transferência pode variar devido a interferências no campo eletromagnético, distância entre os aparelhos e até mesmo a capacidade de processamento do dispositivo.

Qual é o alcance do Wi-Fi Direct?

De acordo com a Wi-Fi Alliance, o alcance do Wi-Fi Direct é de até 200 metros. Vale lembrar que, assim como qualquer conexão sem fio, a intensidade de sinal pode ser afetada por objetos sólidos como paredes, espelhos e água, bem como interferências na frequência de operação.

Quantos dispositivos posso conectar com Wi-Fi Direct?

A especificação da Wi-Fi Alliance estabelece que dispositivos com Wi-Fi Direct possam fazer pelo menos uma conexão P2P. O limite de dispositivos conectados varia de acordo com o aparelho utilizado.

Qual é a frequência utilizada pelo Wi-Fi Direct?

A tecnologia Wi-Fi Direct utiliza as frequências de 2,4 GHz e 5 GHz por meio do protocolo 802.11a/g/n. A frequência de 6 GHz não foi adotada pela Wi-Fi Alliance para a tecnologia Wi-Fi Direct.

Qual é o protocolo de segurança do Wi-Fi Direct?

O Wi-Fi Direct utiliza criptografia WPA2, o mesmo que está presente nos protocolos de segurança do Wi-Fi. A tecnologia de conexão P2P é baseada no padrão de rede sem fio 802.11 a/g/n, e por isso não é compatível com padrões mais recentes, como WPA3.

Quais são as aplicações do Wi-Fi Direct?

  • Espelhamento de tela: a tecnologia Wi-Fi Direct é utilizada pelo protocolo Miracast para transmissão de vídeo sem fio entre dois dispositivos, como smartphone enviando imagens para uma smart TV;
  • Impressão sem fios: o Wi-Fi Direct presente em diversas impressoras Wi-Fi permite o envio de documentos para impressão diretamente do celular ou notebook sem depender de conexão a um roteador;
  • Transmissão de fotos e vídeos: o Wi-Fi Direct possibilita o compartilhamento de fotos, vídeos, músicas e outros tipos de arquivo entre diferentes dispositivos, sem depender de uma conexão à internet;
  • Jogos multiplayer: o Wi-Fi Direct pode ser utilizada por jogos de smartphone com mais de um jogador, e os dispositivos conectam entre si utilizando a tecnologia de comunicação P2P.

Quais são as vantagens do Wi-Fi Direct?

  • Praticidade: o Wi-Fi Direct permite o pareamento entre dispositivos de forma ágil e fácil, sem a necessidade de configurar um ponto de acesso sem fio ou utilizar uma infraestrutura existente de conexão sem fio;
  • Velocidade: o Wi-Fi Direct é até quatro vezes mais rápido que o Bluetooth e suporta taxas de transferência de até 250 Mb/s;
  • Alcance de sinal: o Wi-Fi Direct funciona a até 200 metros de distância, permitindo conexão sem fio com maior área de cobertura em comparação com o Bluetooth.

Quais são as limitações do Wi-Fi Direct?

  • Vulnerabilidades de segurança: o Wi-Fi Direct está sujeito a ataques de força bruta, que podem comprometer a segurança do seu dispositivo;
  • Compatibilidade: o Wi-Fi Direct pode ser utilizado por diversos dispositivos graças à padronização da Wi-Fi Alliance, mas nem todo equipamento com Wi-Fi é compatível com Wi-Fi Direct;
  • Consumo de energia: ainda que tenha recursos para economia de energia, o Wi-Fi Direct gasta mais energia em comparação ao Bluetooth LE;
  • Velocidade: o Wi-Fi Direct é mais rápido que Bluetooth, mas a tecnologia é significativamente mais lenta que o Wi-Fi convencional e conexões via cabo;

Como usar o Wi-Fi Direct?

O funcionamento do Wi-Fi Direct varia conforme a plataforma utilizada. Veja a seguir como usar a tecnologia no celular e no PC:

Como usar o Wi-Fi Direct no smartphone

Se você utiliza um dispositivo Android, é possível utilizar o Wi-Fi Direct selecionando a opção Compartilhar por proximidade (Nearby Share) no menu de compartilhamento.

Também é possível utilizar o Wi-Fi Direct para espelhamento da tela — em smartphones da Samsung, a função é chamada de Smart View.

Como usar o Wi-Fi Direct no smartphone com Android

Como usar Wi-Fi Direct no PC

Você pode usar o Wi-Fi Direct para transmitir vídeo ou espelhar a tela em um PC com Windows. Para isso, siga os passos abaixo:

  1. Vá ao menu de Configurações;
  2. Entre na opção Bluetooth & outros dispositivos;
  3. Vá até a seção Adicionar um dispositivo;
  4. Selecione a opção Encaixe ou vídeo sem fio.
Como usar o Wi-Fi Direct no Windows

Como usar o Wi-Fi Direct na TV

O Wi-Fi Direct é utilizado em smart TVs para espelhamento de tela. Busque por opções como Espelhamento de tela ou Screen Mirroring, que geralmente podem ser localizados no menu de configuração ou na seleção de entradas (input). O funcionamento do recurso varia conforme a fabricante e o modelo da TV.

Espelhamento de tela em smart TV
Espelhamento de tela em smart TV (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

Posso usar o Wi-Fi Direct no iPhone ou Mac?

Dispositivos da Apple como iPhone, iPad e Mac não oferecem suporte ao padrão Wi-Fi Direct. No entanto, a Apple possui o AirDrop, que utiliza uma tecnologia similar ao Wi-Fi Direct para compartilhamento de arquivos sem necessidade de uma rede Wi-Fi ou conexão à internet.

Qual é a diferença entre Wi-Fi Direct e Wi-Fi?

O Wi-Fi Direct é uma tecnologia de conexão ponto a ponto, criada entre dispositivos como computadores, notebooks, tablets, celulares, smart TVs e câmeras. Já Wi-Fi é uma tecnologia de rede sem fio, que exige uma infraestrutura como ponto de acesso ou roteador.

O Wi-Fi também serve para fornecer acesso à internet para os dispositivos conectados, enquanto o Wi-Fi Direct é usado principalmente para compartilhamento de arquivos e transmissão de vídeos, sem a necessidade de internet.

Qual é a diferença entre Wi-Fi Direct e Bluetooth?

O Wi-Fi Direct e o Bluetooth são tecnologias de conexão ponto a ponto que permite transferir arquivos sem fios, mas o Wi-Fi tem maior alcance, chegando a 200 metros, enquanto o Bluetooth tem alcance máximo de 100 metros.

Além disso, o Bluetooth entrega menor velocidade de transmissão do que o Wi-Fi Direct, mas tem a vantagem de consumir menos energia.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre Wi-Fi Direct na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Lucas Braga

Lucas Braga

Repórter especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Relacionados