O que é DisplayPort? Entenda como funciona a conexão de sinal de vídeo

Saiba como funciona o DisplayPort, conexão de vídeo presente em monitores profissionais; padrão é aberto e suporta resoluções superiores a 8K

Paulo Higa
Por

DisplayPort é uma interface de transmissão de vídeo que conecta computadores a dispositivos de exibição de imagem. É um padrão aberto criado em 2006 pela VESA que equipa principalmente monitores profissionais e placas de vídeo de alto desempenho.

Livre de royalties, o DisplayPort é um tipo de conexão com fio que transmite sinais digitais e tem funcionamento similar ao HDMI. Também pode ser encontrado em cabos com conectores USB-C e operar por meio da interface Thunderbolt. Entenda, a seguir, o funcionamento do DisplayPort.

Como funciona a conexão DisplayPort?

O DisplayPort funciona transmitindo, por meio de um único cabo, sinais digitais que podem conter vídeo, áudio e outros metadados. O sinal DisplayPort é enviado em pacotes de dados com velocidades que ultrapassam os 100 Gb/s, dependendo da versão da interface.

A fonte do sinal DisplayPort geralmente é um desktop ou notebook, enquanto o dispositivo de exibição pode ser um monitor de vídeo. Em geral, o DisplayPort é encontrado em equipamentos mais caros voltados para públicos específicos, como profissionais de imagem.

Um cabo DisplayPort transporta sinais em 1, 2 ou 4 faixas, que suportam uma quantidade máxima de largura de banda. Esses cabos podem trazer o conector padrão de 20 pinos do DisplayPort, uma versão compacta denominada Mini DisplayPort, ou mesmo o USB-C.

MacBook Pro M1 Max (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Portas Thunderbolt transmitem sinal de vídeo usando DisplayPort (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A qualidade de imagem do DisplayPort depende do modo de transmissão. O DisplayPort 1.3, por exemplo, foi a primeira versão a suportar o modo HBR3, que possui largura de banda de até 32,4 Gb/s, o suficiente para exibir vídeos em 4K a 120 Hz sem compressão.

O que são RBR, HBR e UHBR no cabo DisplayPort?

RBR (Reduced Bit Rate), HBR (High Bit Rate) e UHBR (Ultra High Bit Rate) são siglas que representam os modos de transmissão de dados do DisplayPort. Eles determinam a velocidade máxima suportada pelo cabo e, consequentemente, a qualidade de imagem.

A maioria das conexões DisplayPort é feita em 4 faixas. Ou seja, no modo UHBR 20, que suporta 20 Gb/s por faixa, a largura de banda é de até 80 Gb/s. No entanto, como nem todos os bits e bytes transferidos pela tecnologia representam um sinal de vídeo, a velocidade máxima efetiva tende a ser ligeiramente menor que a teórica.

A tabela abaixo mostra, para cada modo de transmissão, a velocidade máxima teórica, a velocidade máxima efetiva em uma conexão de 4 faixas e exemplos de resoluções suportadas (sem compressão, com profundidade de cores de 10 bits):

Modo de transmissãoVelocidade teórica por faixaVelocidade efetiva em 4 faixasResolução possível
RBR1,62 Gb/s5,184 Gb/sFull HD (60 Hz)
HBR2,7 Gb/s8,64 Gb/sFull HD (120 Hz)
HBR25,4 Gb/s17,28 Gb/s1440p (120 Hz) e 4K (60 Hz)
HBR38,1 Gb/s25,92 Gb/s4K (120 Hz)
UHBR 1010 Gb/s38,69 Gb/s4K (120 Hz) e 5K (60 Hz)
UHBR 13.513,5 Gb/s52,22 Gb/s4K (144 Hz) e 8K (30 Hz)
UHBR 2020 Gb/s77,37 Gb/s4K (240 Hz) e 8K (60 Hz)

Quais são as versões da tecnologia DisplayPort?

O DisplayPort tem versões de 1.0 a 2.1, que se diferenciam pela largura de banda máxima suportada e, consequentemente, as possibilidades de resolução de imagem. Confira, abaixo, as mudanças em cada versão do DisplayPort.

DisplayPort 1.0

O DisplayPort 1.0 foi lançado em maio de 2006 com velocidade máxima de 10,8 Gb/s e capacidade para lidar com resoluções Full HD e 1440p. Ele também podia transmitir imagens em 4K Ultra HD, embora esse formato ainda não tivesse sido padronizado na época.

A intenção do DisplayPort era substituir os antigos padrões VGA e DVI usados em monitores e projetores de vídeo até então, segundo a VESA.

DisplayPort 1.1 e 1.1a

DisplayPort 1.1 e 1.1a, lançados em abril de 2007 e janeiro de 2008, respectivamente, tinham como principal novidade o suporte ao High-bandwidth Digital Content Protection (HDCP), uma tecnologia de DRM criada pela Intel que evita cópias não autorizadas de conteúdos transmitidos pelo DisplayPort.

DisplayPort 1.2 e 1.2a

O DisplayPort 1.2 foi lançado em janeiro de 2010 com um novo modo de transmissão de dados, o HBR2, que dobrava a largura de banda efetiva do padrão para até 17,28 Gb/s, permitindo a exibição de imagens em 4K a 60 Hz.

A versão 1.2 foi a primeira a suportar o conector Mini DisplayPort e a tecnologia Multi-Stream Transport (MST), que permite a conexão de vários monitores em série. Já a revisão 1.2a, lançada em janeiro de 2013, trouxe compatibilidade nativa com o AMD FreeSync, para evitar quebra de quadros em jogos.

DisplayPort 1.3

O DisplayPort 1.3 foi anunciado em setembro de 2014 com o modo de transmissão HBR3, que dobrava a largura de banda em relação à versão anterior para até 32,4 Gb/s. Pela primeira vez, era possível conectar um monitor 4K a 120 Hz, ou duas telas 4K de 60 Hz em série.

DisplayPort 1.4 e 1.4a

DisplayPort 1.4 e 1.4a foram publicados em março de 2016 e abril de 2018, respectivamente. A principal novidade era o suporte aos metadados de HDR, o que melhorou o alcance dinâmico das imagens em telas que suportavam essa tecnologia.

DisplayPort 2.0

O DisplayPort 2.0 foi anunciado em junho de 2019 e triplicou a largura de banda efetiva do padrão para 77,37 Gb/s com os modos “ultra” (UHBR 10, UHBR 13.5 e UHBR 20). É possível transmitir imagens em 8K a 60 Hz com HDR, ou até atingir resoluções de vídeo mais altas no futuro, como 10K e 16K.

Os primeiros dispositivos com suporte ao DisplayPort 2.0 só foram certificados três anos depois, em maio de 2022, com o dobro de largura de banda do concorrente HDMI 2.1. Ele também ganhou compatibilidade com o USB4.

DisplayPort 2.1

O DisplayPort 2.1 foi lançado em outubro de 2022 com a intenção de melhorar a integração com os conectores USB-C, tornando a transmissão de dados mais eficiente por meio do padrão USB4. A VESA também passou a certificar cabos DP40 (40 Gb/s) e DP80 (80 Gb/s) para garantir a compatibilidade com resoluções mais altas.

Quais são os conectores de cabos DisplayPort?

Os três tipos de conectores DisplayPort são: DisplayPort, Mini DisplayPort e USB-C. Atualmente, o conector mais comum é o USB-C.

Todos os conectores suportam todos os recursos do DisplayPort, ou seja, as limitações de resolução, taxa de atualização e largura de banda dependem exclusivamente da versão da interface suportada pelo dispositivo.

Os três tipos de conectores do DisplayPort (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Os três tipos de conectores do DisplayPort (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
  • Conector DisplayPort: também conhecido como DisplayPort “padrão”, tem um formato que lembra o HDMI tipo A, mas possui um recorte característico em apenas um dos cantos. É um conector de 20 pinos era o único suportado pela primeira versão do DisplayPort;
  • Conector Mini DisplayPort: foi criado pela Apple para ser usado em dispositivos mais compactos, como os MacBooks. Tornou-se um padrão licenciado abertamente a partir do DisplayPort 1.2 e chegou a ser usado nas primeiras versões da interface Thunderbolt;
  • Conector USB-C: é o conector reversível que equipa cabos USB e Thunderbolt mais recentes. Tem compatibilidade ampla e está presente em uma série de dispositivos, como notebooks, monitores e celulares.

Qual é a diferença entre DisplayPort e HDMI?

DisplayPort e HDMI são duas tecnologias de transmissão de vídeo que se diferenciam pelo licenciamento e largura de banda. O DisplayPort é um padrão aberto usado historicamente em equipamentos profissionais, enquanto o HDMI é uma tecnologia proprietária comum em TVs e monitores para o público em geral.

Qual é a diferença entre DisplayPort e USB-C?

DisplayPort é uma interface focada em transmissão de vídeo, enquanto o conector USB-C é um padrão de conexão de uso geral, inclusive pelo próprio DisplayPort.

O que é o DisplayPort Alternate Mode do USB-C?

DisplayPort Alternate Mode é uma especificação do USB que permite transmitir sinais de DisplayPort por meio de um mesmo cabo USB-C.

Com o Alternate Mode, um cabo USB-C serve ainda para conectar dispositivos com HDMI, Thunderbolt e MHL, além do próprio USB.

Qual é a diferença entre DisplayPort e Thunderbolt?

DisplayPort e Thunderbolt são duas interfaces de transmissão de dados que se complementam. O DisplayPort é um padrão aberto criado para reproduzir imagens em monitores. Já o Thunderbolt é uma tecnologia proprietária que incorpora o DisplayPort e o PCI Express, juntando os dois sinais em um único cabo.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Relacionados