Anúncios

Artigos de Anúncios

Google vai ser mais transparente com anúncios online

às 17h43 por

A publicidade online é a principal fonte de receita do Google, mas, ao mesmo tempo, pode trazer complicações para a companhia no que diz respeito à privacidade dos usuários. É por isso que, nesta sexta-feira (31), a empresa anunciou algumas medidas para trazer mais transparência a essa relação. Como evitar compartilhar seus dados pessoa

O que é AdBlock?

às 12h09 por

Na internet, a publicidade está por todos os lados. Banners, de todos os tipos e tamanhos são distribuídos por redes como Google Ads e Facebook Ads — esteja você no computador ou no celular. Pipocam, também, aos montes, os famosos Ad Blockers. Tanto páginas de notícias e blogs, como o Tecnoblog, e plataformas gratuitas como as redes sociais (Twitter, Facebook, Instagram e outros) dependem dos valores gerados por essa publicidade digital para financiar sua permanência na internet e equipes. Como desativar

O que é pop-up?

às 12h36 por

Pop-up é um termo que causa repulsa em muita gente até hoje, devido ao abuso de sites com as janelas que abriam sozinhas e podiam até infectar computadores. Hoje, anúncios do tipo quase sumiram da rede, mas janelas que "saltam" na tela podem ser usadas de mais de uma forma. Anúncios maliciosos estão em toda a internet

Apple propõe sistema de anúncios online que coíbe rastreamento

às 17h31 por

A Apple vem defendendo há tempos o discurso da privacidade e, como que para mostrar que leva o assunto bastante a sério, anunciou um mecanismo que visa coibir o rastreamento de anúncios e, ao mesmo tempo, manter a publicidade online viável: o Privacy Preserving Ad Click Attribution. Apple lança MacBook Pro com chip octa-co

Google e Mastercard teriam acordo secreto para rastrear compras

às 13h36 por

Um dos desafios da publicidade online é mensurar o impacto de campanhas nas vendas de lojas físicas. No ano passado, o Google conseguiu transmitir esse tipo de informação a alguns anunciantes. O problema é o método usado para isso: a companhia teria repassado milhões de dólares à Mastercard para ter acesso a dados de transações, tudo isso sem que os usuários soubessem que estavam sendo rastreados. Google coleta 900 dados por dia no Android mesmo se usuário não fizer nada

Google agora permite silenciar anúncios que te “perseguem”

às 11h31 por

Você olha um produto em uma loja online, coloca — ou não — o item no carrinho, mas decide não comprar, talvez por ter achado preço melhor em outro lugar ou simplesmente por ter desistido da ideia. Eis então que anúncios te lembrando daquele produto passam a te "perseguir" por dias, talvez semanas. Felizmente, agora o Google permite que você silencie esse tipo de anúncio. Não é algo que vai resolver o problema de vez. É possível que você continue encontrando os anúncios

Google vai monitorar compras em lojas físicas para mostrar que anúncios online funcionam

às 13h01 por

Apesar de ter grande diversidade de serviços, a principal fonte de receita do Google continua sendo a publicidade digital. Determinada a explorar ainda mais essa mina de ouro, a empresa começou a monitorar as compras de usuários em lojas físicas para mostrar que os anúncios online também têm efeito no "mundo real". É claro que a decisão deve fazer o Google enfrentar, mais uma vez, questionamentos sobre privacidade. Esse não é exatamente um território inexplorado. Há tempos que o Google consegue mostrar, por exemplo, que determinada quantidade de usuários visualizou certos anú

Uso de bloqueadores de anúncios aumentou 30% em 2016

às 18h05 por

Para sites e empresas de publicidade que dependem de anúncios online, 2016 foi um ano bem tenso. Um levantamento divulgado pela PageFair (PDF) mostra que o uso de ad blockers no mundo todo aumentou 30% no período. O Brasil contribuiu para as estatísticas, mas de maneira tímida: por aqui, bloqueadores de anúncios ativados foram identificado

1,7 bilhão de anúncios foram barrados pelo Google em 2016

às 19h11 por

Anúncios publicitários continuam sendo a principal fonte de receita do Google. E será assim por muito tempo. É por isso que a companhia não mede esforços para preservar esse sistema. Só em 2016, 1,7 bilhão de anúncios perigosos foram bloqueados em serviços como AdWords e DoubleClick. Esse número é mais do que o dobro do total de anúncios bloqueados em 2015 (780 milhões). Esse grande aumento se deve,

O Google bloqueou 780 milhões de anúncios perigosos em 2015

às 18h57 por

Você já os viu por aí: são anúncios que oferecem remédios mágicos para emagrecimento ou prêmios imperdíveis, por exemplo. Mas, na realidade, esse tipo de publicidade pode fazer você cair em um golpe ou contaminar seu computador com um malware. Poderia ser pior: o Google afirma ter bloqueado, só em 2015, mais de 780 milhões de anúncios malic

Carregar mais posts