Início » Celular » Chip da Qualcomm funciona com todas as frequências do 4G

Chip da Qualcomm funciona com todas as frequências do 4G

RF360 promete ser solução para fragmentação de bandas de redes de celulares

Paulo Higa Por

“O que adianta ter 4G para os turistas na Copa do Mundo se eles não possuem smartphones compatíveis com a nossa rede?” Isso pode até ser verdade atualmente, mas a história vai mudar: a Qualcomm anunciou nesta semana o RF360, um novo chip de rádio que suporta todas as 40 bandas diferentes usadas nas redes móveis 2G, 3G e 4G de todo o mundo.

No anúncio, a Qualcomm diz que a fragmentação de bandas é hoje o maior obstáculo no desenvolvimento de dispositivos compatíveis com 4G. Isso atrapalha os fabricantes e também os consumidores, que acabam não sabendo se seus smartphones LTE comprados em um país funcionarão normalmente no outro. Com o RF360, as empresas não vão mais precisar fabricar modelos de smartphone diferentes para cada país.

qualcomm-rf360

Segundo a Qualcomm, a antena do RF360 suporta redes com frequências de 700 a 2.700 MHz. Com a ajuda de outros componentes integrados, incluindo um amplificador de sinal e um gerenciador de energia, a empresa promete que ele vai esquentar menos e consumir até 30% menos bateria que os chips da concorrência.

O RF360 suporta sete tecnologias diferentes, incluindo LTE-FDD (usado por Claro, Oi, TIM e Vivo para fornecer 4G móvel), LTE-TDD (usado por Sky e Sunrise em banda larga fixa), WCDMA, EV-DO, CDMA 1x, TD-SCDMA e GSM/EDGE. Ele deve aparecer nos smartphones, tablets e modems no segundo semestre do ano.

Atualizado às 18h02.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

viniciusghietti
Parece que isso vai ajudar muitas pessoas que viajam muito :)
Danilo Jorge
A Apple produz 3 modelos de iPhone 5, o A1428(GSM) para as frequências LTE 4 (AWS) e 17 (700b MHz) o modelo A1429(GSM) para as frequências LTE 1 (2100 MHz), 3 (1800 MHz) e 5 (850 MHz), e o modelo A1429(CDMA) para as frequências LTE 1 (2100 MHz), 3 (1800 MHz), 5 (850 MHz), 13 (700c MHz) e 25 (1900 MHz). Essas informações foram todas retiradas do site da Apple.
Paulo Higa
O exemplo do iPhone não fazia sentido mesmo. O post foi atualizado, obrigado pelo toque.
Danilo Jorge
Esse chip já vem com a anterna e amplificador funcionando entre 700-2700Mhz. Só dar uma olhada no site da Qualcomm que vai encontrar esses detalhes.
andregabeh87
Desde quando a apple fabrica mais que uma versão dos aparelhos dela, fora o iPhone 4 da Verizon (CDMA)? Tanto que as frequências do 4G do iPhone 5 e dos novos iPads operam em poucos países além dos E.U.A. não funcionam em outros vários, no caso Brasil, parte da Europa e Oceania, só para citar
Everton Favretto
"as empresas não vão mais precisar fabricar modelos de smartphone diferentes para cada país"- não necessariamente. O baseband é só parte da história. As antenas e amplificadores também precisam ser compatíveis com as frequências que vão ser usadas. Ainda assim, é uma evolução importante.
RamonGonz
enfim uma boa melhoria no sistema se radio-frequência dos smartphones!! era algo meio deixado de lado...