Início » Telecom » Planos e preços do 4G no Brasil

Planos e preços do 4G no Brasil

Saiba mais sobre como a nova tecnologia está mudando a telefonia móvel

Por
5 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

4g-infografico-rev2

Finalmente o 4G chegou ao Brasil. Maio foi o mês em que as operadoras lançaram oficialmente suas respectivas redes de quarta geração nas seis cidades-sede da Copa das Confederações – até porque a Anatel e a Fifa decidiram dessa forma. Algumas operadoras aproveitaram a ocasião para anunciar coberturas, ainda que parciais, também em outras cidades, como São Paulo, Recife e Porto Alegre.

Saiba neste artigo mais sobre como a nova tecnologia está mudando a telefonia móvel brasileira.

Qual é a velocidade do 4G?

Você pode perceber que nenhuma operadora destaca em site oficial qual é a velocidade da conexão. O máximo que você irá encontrar é uma afirmação de que a conexão é “até dez vezes mais rápida” do que o atual 3G que está aí, no seu celular. Entretanto, os contratos de todas as quatro operadoras destacam que a velocidade máxima nominal é de 5 Mbps – valor bem abaixo do que é perfeitamente possível conseguir nas atuais redes HSPA+ instaladas no país.

Todas as operadoras responderam ao Tecnoblog que a velocidade nominal (a do contrato) não representa necessariamente a velocidade que o cliente vai atingir ao usar o celular ou o modem. É perfeitamente possível que a conexão seja mais veloz do que o especificado.

O que motivou as operadoras a estabelecer tal velocidade mínima é a pressão que a Agência Nacional de Telecomunicações está fazendo para que as operadoras cumpram a velocidade contratada: atualmente, por determinação da agência, a operadora deve garantir pelo menos 20% da banda contratada. Essa porcentagem irá aumentar ao longo dos próximos anos – será de 80% em dezembro de 2014. E essa é uma prática que iremos encontrar não apenas na internet móvel. Dentro de algum tempo, também estará presente nos serviços de banda larga fixa.

Enquanto esse futuro não chega, confira os planos de cada operadora para o 4G LTE, tendo como base os dados dispostos nos respectivos sites em maio de 2013, considerando-se a cidade do Rio de Janeiro.

Claro

Até poucos dias atrás, os planos 4G da Claro eram pouco maleáveis: continham pacotes de dados de 5 GB, SMS e DDD ilimitados. A tecnologia mal foi lançada, mas a operadora já adequou os planos Sob Medida, onde o cliente escolhe quais serviços quer utilizar. Veja algumas sugestões de planos:

  • Ilimitado Local com 70 minutos e 2 GB de dados: R$ 138,00.
  • Ilimitado Local + DDD com 70 minutos, 2 GB de dados e SMS ilimitado: R$ 150,81.
  • Ilimitado Local + DDD com 200 minutos, 5 GB de dados e SMS ilimitado: R$ 243,70.

Portanto, se você não utiliza SMS – em tempos de WhatsApp, iMessage e Viber, as mensagens de texto convencionais estão cada vez menos comuns – ou não precisa de DDD, pode deixar o plano mais barato e do seu jeito. O problema é que esse barato às vezes sai caro, uma vez que um plano com a mesma quantidade de minutos pode ser mais vantajoso em outro. Vale a pena consultar o que as outras operadoras tem a oferecer.

Uma das grandes vantagens em relação aos concorrentes é a cobertura: a operadora está em uma fase de implementação de sua rede LTE mais avançada do que as outras operadoras, e já lançou seus serviços em Curitiba, Porto Alegre, Recife e São Paulo, que não são as cidades obrigatórias no cronograma da Anatel. O triste é que apenas os pacotes de 2 GB e 5 GB são compatíveis com 4G: são franquias bem pequenas quando consideramos a alta velocidade da tecnologia.

Consulte a cobertura no site da Claro.

Oi

Os planos da Oi são classificados por módulos: você contrata o pacote de minutos desejado, que já inclui ligações ilimitadas para celulares e fixos da Oi, combinadas com uma pequena quantidade de SMS. Se você quiser SMS ilimitado poderá contratar o serviço por R$ 12,00, bem como roaming e DDD ilimitado para Oi/Oi Fixo, ao custo mensal de R$ 15,00. O pacote de dados compatível com a rede LTE da operadora tem 5 GB de franquia e custa R$ 100,00 por mês.

Veja algumas sugestões de planos:

  • Oi 60 Ilimitado com 30 SMS + pacote de dados de 5 GB: R$ 139,00
  • Oi 110 Ilimitado com SMS ilimitado + pacote de dados de 5 GB: R$ 167,00
  • Oi 220 Ilimitado com SMS ilimitado + pacote de dados de 5 GB: R$ 201

Os planos da Oi são extremamente competitivos. O pacote de voz é bem mais barato do que a concorrência: enquanto na Claro o pacote de voz ilimitado com 70 minutos para outras operadoras custa R$ 59,01, a Oi tem plano similar com 60 minutos por R$ 39,00, ainda com a vantagem de ligações ilimitadas para Oi Fixo, que é a principal operadora de telefonia fixa.

Entretanto, os serviços da operadora podem deixar a desejar. A Oi não possui rede HSPA+ e, como a cobertura 4G ainda é bem limitada, a velocidade de acesso em redes 3G será bem inferior ao encontrado na Claro e Vivo.

Veja no site da Oi a cobertura completa.

TIM

A TIM tem os valores mais baratos para quem quer acessar o 4G, mas tem os piores planos. A maior franquia que a operadora disponibiliza é de somente 600 MB.

planos-4g-tim

Sim, existem dois pacotes de 300 MB: um é o Liberty Web Smart, que custa R$ 29,90 no mês em que for usado. O outro é o Liberty Web Smart, que cobra todo mês e custa R$ 21,90. Se internet é algo essencial, não vale a pena utilizar o Liberty Web Smart.

Os planos de voz são bem similares aos da Oi e funcionam com pacotes: para SMS ilimitado existe o Liberty Torpedo, que custa R$ 9,90 e também é cobrado apenas no mês que usar. O mesmo para o Liberty Viagem, pacote de roaming que custa R$ 9,90 – esse sim faz mais sentido em ter a cobrança apenas no mês que usar, uma vez que a maioria das pessoas viaja esporadicamente.

Veja algumas sugestões de planos:

  • Liberty 50 + pacote de dados de 300 MB: R$ R$ 70,00.
  • Liberty 100 + SMS ilimitado + pacote de dados de 600 MB: R$ 109,80.
  • Liberty 200 + SMS ilimitado + pacote de dados de 600 MB: R$ 153,80.

O mesmo recado que dei para a Oi também serve para a TIM: a operadora não oferece rede HSPA+. Como a cobertura 4G ainda é bem limitada, haverá uma grande frustração ao acessar o 3G com velocidade baixa. Aliás, a frustração virá ao estourar a pequena franquia de dados da operadora, quando a velocidade será reduzida para míseros 50 Kbps.

Consulte a cobertura 4G da TIM.

Vivo

Os planos da Vivo são todos montados e não personalizáveis, mas na prática não tem muita diferença em relação aos planos cheios da Claro. Mas a principal vantagem é que as franquias de dados são as maiores do que o encontrado na concorrência. Veja:

vivo-4g-planos

Um dos grandes diferenciais dos planos da Vivo é a possibilidade de dividir o pacote de dados com outro dispositivo, seja um tablet, um modem ou até mesmo outro smartphone. Nesse caso, o cliente paga um valor a mais por aparelho – veja como funciona o MultiVivo.

Confira a cobertura 4G da Vivo.

4G para tablet ou modem

Se você pretende utilizar os serviços de quarta geração no seu tablet ou modem, preste bastante atenção nos planos: a variação de preços entre diferentes operadoras pode ser bem alta.

Claro

  • 5 GB: R$ 119,90.
  • 10 GB: R$ 199,90.

Oi

  • 10 GB: R$ 188,90.

TIM

  • 3 GB: R$ 61,00.
  • 10 GB: R$ 101,90.

Vivo

  • 5 GB: 99,90.
  • 10 GB: 129,90.
  • 20 GB: R$ 159,90.

Conexão para usar em casa

Se você pretende utilizar o 4G como conexão principal de casa, a Vivo é a operadora que tem a solução mais interessante. O serviço Vivo Internet Casa foi projetado específicamente para residências com um modem fixo: basta ligar na tomada e a conexão é compartilhada por Wi-Fi com até 4 dispositivos. Eis o Vivo Box.

vivo-internet-box

Os planos são atraentes e bem mais baratos que os pacotes para modems e tablets:

  • 10 GB: R$ 99,90.
  • 20 GB: 129,90.
  • 40 GB: R$ 159,90.

Vale a pena assinar o 4G?

Essa é uma resposta que depende muito do uso de cada um. A maior diferença do 3G para o 4G, além da velocidade, são os planos de dados maiores, algo que não deve fazer muita diferença para os usuários básicos de smartphone. Talvez valha a pena para quem depende muito do telefone para trabalhar ou precisa de uma conexão móvel rápida.

Velocidade por velocidade não representa muita coisa. Eu utilizo um 3G convencional com velocidade de 1 Mbps (minha operadora não possui rede HSPA+) e, ainda assim, consigo navegar em tranquilamente redes sociais, ouvir música no Spotify e assistir vídeos online por streaming (assisti a keynote do Google I/O direto do meu celular), mas claro que deixo algumas tarefas para fazer quando estou em redes Wi-Fi, como atualização de aplicativos.

No final das contas, o 4G seria benéfico pra mim basicamente para compartilhar a conexão com meu computador, uma vez que não preciso de velocidades maiores que 1 Mbps para usar no celular.

Na ponta do lápis, o 4G não está tão mais caro que o 3G. O que deixa os planos mais caros é a franquia de dados maior, algo que já existia nos antigos.

Dados retirados nos sites das operadoras, com preços referentes ao Rio de Janeiro/RJ. Os valores foram coletados em 14/05/2013 e podem oscilar de estado para estado.

Mais sobre: , , , , , , ,
  • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

    Trololol. As franquias oferecidas no Brasil (tanto para internet fixa quanto móvel) são deprimentes.
    Queria saber se as agências reguladoras seriam tão coniventes caso o mesmo se aplicasse a outros produtos.

    “Olha só, você pode assistir a 50 programas de televisão e gravá-los ao mesmo tempo!
    *(Franquia limitada a 100 programas por mês)”

    “Incrível, um carro que faz 20km/L de combustível!
    *(Limitados a 200km ao mês)”

    E por aí vai…
    Não é possível que ninguém vê (digo as agências reguladoras, procon, justiça em geral) a hipocrisia em vender planos de internet com “incríveis 10mbps” que acabam depois de 3 dias de uso.

  • Uma vergonha lá nos estados unidos o 4G deles chegam a 9 10mb/s e o LTE chega aos 15mb/s só no Brasil mesmo que é tudo baixo.. kkkkkk

    • Tenho um amigo em Portugal que possui um 3G de 20mb…

      • Vitor

        De franquia? Que triste.

        • De velocidade. Franquia eu não me lembro, mas era mais de 10GB.

    • portela.thiago

      4g = LTE

      mas eu entendi o q vc quis dizer.

    • Yago G. Oliveira

      Meu amigo, você com certeza não viu os prints do 4G daqui, todos acima de 15mbps.
      E não quero que as operadoras se comparem com as do USA, 4G lá não presta, quero que elas se comparem ao Japão.

  • fmadeiraalberto

    A grande vantagem que me fez assinar um plano 4g (o 60 minutos da vivo) é que além do preço ser parecido o desconto em aparelhos 4g é bem maior que o dos planos 3g plus, como eu queria um smartphone novo valeu bastante a pena.
    Mas em 10 dias eu ainda não vi nenhuma vez o símbolo do LTE no meu celular.

    • portela.thiago

      “…smartphone novo valeu bastante a pena.
      Mas em 10 dias eu ainda não vi nenhuma vez o símbolo do LTE no meu celular.”

      Como pagar por um serviço pelo qual vc não está usufruindo pode valer a pena???

      • A franquia de dados é maior nos planos 4G, então ele não está apenas pagando pra não usufruir.

      • fmadeiraalberto

        Além da franquia maior + outros serviços deixarem o valor praticamente igual o desconto que eu ganhei no smartphone que eu comprei (700 reais de desconto) deixou o plano mais barato no final.

    • TaylerPadilha

      Típico brasileiro que se contenta com qualquer porcaria…

      • Vitor

        Radical heim fera. Valeu pela sua opinião aí.

    • Marcel Mira

      Também queria um celular novo e optei por pegar o Galaxy S4 com 4G na vivo. Foi interessante pra mim por causa do desconto no aparelho (paguei 1840,00 no plano mais barato 4g plus). Eu trabalho no centro do Rio (onde tem cobertura 4g), mas moro em Sao Goncalo (que só deve receber cobertura ano que vem) e no primeiro dia não funcionou o 4g. Liguei lá e tinha um problema no cadastro. Após isso, em todos os lugares que andei aqui pelo centro, eu estava com o sinal 4g no celular. A velocidade de navegação é bem superior ao 3g, mas isso se deve mais a saturação da rede 3g. Fiz varios testes de velocidade e no inicio do teste passava dos 20Mbps e depois fixava em 10Mbps. Claramente a vivo ta capando a velocidade em 10Mbps. Não é o ideal, mas pelo menos por enquanto, tá bem rapido. Parece que estou conectado numa rede Wifi.

  • 4G com 5mb/s? Só pode ser piada! Nos EUA, a velocidade fica entre 30 e 40mb/s!

    Vejam: http://www.youtube.com/watch?v=YIbyul0xtAU

    Outra coisa, tenho o plano 3G Plus da Vivo ha +/- 2 mês e já consegui obter 5mb/s no testes com o SpeedTest.

    • Vitor

      Isso é o mínimo que eles fixam no contrato. O 4G deve passar dos 20mbps.

    • Vitor

      E outra coisa: Na Oi não reduzem a velocidade, não sei em outras operadoras, mas acho que não devem reduzir também. Mesmo no 3G saturado, e meu plano de 500MB por mês (Eu passava de 1GB num dia ‘-‘) a velocidade nunca chegou a reduzir. Eles colocam isso no contrato para que UM DIA, QUANDO A REDE ESTIVER LOTADA, TALVEZ ISSO SEJA NECESSÁRIO.

      Essa mania de reclamar sem saber é o acaba com o Brasil.

      • Fala defensor dos frascos de comprimidos.

  • carlos sidnei

    Putz, Brasileiro é muito comédia mesmo, ai em cima tem um user afirmando que vale a pena mesmo sem ao menos ter usado o serviço…

    O povo deveria boicotar esse tipo de produto, com isso certamente haveria melhorias.

    Por Deus, só de ver o texto já da p/ perceber que as operadoras continuam com a mesma conversa fiada…

  • Já que todo mundo está falando mal do 4G, deixa eu dar meus dois centavos de contribuição para a discussão.

    Pelo menos na minha operadora, a Claro, eu recomendo a migração para um plano 4G porque o preço é exatamente o mesmo dos pacotes 3G, ao menos em São Paulo. Além disso, com o plano Sob Medida, dá para escolher exatamente o que você quer, uma vantagem em relação às outras operadoras, que vendem pacotes fechados (eu não falo 100 minutos num ano inteiro, quanto mais num mês só).

    Meu plano antigo: 30 minutos fixo + móvel para qualquer operadora, SMS ilimitado e 2 GB de conexão 3G. Pagava R$ 119,20 por mês.

    Meu plano novo: 10 minutos fixo + móvel para qualquer operadora (isso ainda é muito para mim, mas não dá para zerar, só se fosse plano de modem), SMS ilimitado e 5 GB de conexão 4G. Preço? R$ 122,00 por mês. +R$ 2,80 por mês para mais do que dobrar a franquia (diminuindo os minutos, claro), me parece bem vantajoso.

    Como o preço é o mesmo, se você já é assinante pós-pago e tem um smartphone com 4G, não vejo nenhum sentido em não fazer a migração.

    Não, você não vai ter cobertura 4G em todos os locais. Não, 5 GB de franquia não é suficiente para baixar coisas pesadas (e conexão móvel não foi feita pra isso). Não, você não vai atingir 100 Mb/s – nos testes que fiz, consigo entre 10 e 30 Mb/s de download e 5 e 30 Mb/s de upload. Mas o 4G estará lá quando você estiver numa área de cobertura. E velocidade adicional sempre é bom.

    Estranhamente, a cobertura na cidade de São Paulo (que não é uma cidade-sede da Copa das Confederações) se mostrou muito superior a do Rio de Janeiro (que é uma cidade-sede).

    • 2 centavos? Poxa, e a inflação? 😛

      Pois é, o que dá pra notar é que os preços não mudaram pelas mesmas franquias de dados. Se paga mais por 4G mas só por que as franquias são mais altas. 4G com 300MB acabaria rapidinho

    • Renan Favero

      Acho que a reclamação do pessoal é o fato de ser caro, franqueado e que 5 mb nominal é ridículo, principalmente pelo fato da tecnologia 3G atingir esta velocidade. Pegar um serviço melhor pelo mesmo preço obviamente é vantagem, mas levando em conta todos os contras é caro. Alem disso, esse papo de que internet móvel não foi feita pra baixar coisas pesadas é coisa do passado. O 4G na minha opinião tem total condições de oferecer suportes pra downloads pesados, na verdade até o 3G tem.

      • Concordo que o 4G é caríssimo para os padrões brasileiros, mas o que vejo em todas as matérias sobre 4G é que o pessoal age com muita emoção e pouca razão, só pelo fato de estarmos no Brasil (afinal, é o Brasil, nada pode funcionar).

        Pior: se você elogiar o serviço de alguma empresa, então ou é funcionário, ou está ganhando dinheiro por isso.

        Além disso, nos EUA, não vejo tanta diferença quanto alguns apontam nos comentários. Lá, a cobertura 4G também não é como a do 3G, apesar de estar melhor que a do Brasil (o que é compreensível, porque eles começaram a vender 4G bem antes da gente). É só pesquisar um pouco.

        Convertendo para reais:

        4G da T-Mobile (http://www.t-mobile.com/shop/plans/mobile-broadband-plans.aspx)
        4 GB por R$ 81,08/mês e 6 GB por R$ 101,35/mês

        4G da Verizon (http://www.verizonwireless.com/wcms/consumer/shop/share-everything.html)
        4 GB por 60,87/mês e 6 GB por R$ 81,08/mês

        4G da AT&T (http://www.att.com/shop/wireless/data-plans.html#fbid=r8mU7OrzQ7d)
        3 GB por R$ 60,87/mês e 5 GB por R$ 101,35/mês

        4G da Claro (http://www.claro.com.br/celular/planos-pos/regiao/ddd11/SP-11/tv-1/)
        2 GB por R$ 79,90/mês e 5 GB por R$ 99,90/mês

        E não conheço nenhuma operadora grande no mundo que ainda venda 3G ou 4G ilimitado. Quem tem é porque assinou no comecinho, quando ninguém adotava franquia, e não mudou o contrato.

        Mas vou parar por aqui porque é capaz de as operadoras aumentarem os preços. 😛

        • erika.sawa1

          Paulo,

          concordo contigo que fazendo a conversão direta dos valores em dólares para real, realmente os preços se equivalem ao do Brasil. Mas temos que levar em consideração que o nosso salário mínimo nem chega próximo a R$700,00 enquanto o do americano é em torno de U$1.400,00 ou R$2.800,00.

        • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

          Pelo menos no caso da T-Mobile, você entrou no menu errado… O link fornecido (e do qual você pegou o preço) é dos planos para internet rápida apenas.
          Os de telefonia estão à esquerda de onde você foi.
          E sim, o plano de telefonia da T-Mobile 4G é ilimitado, os 500mb são apenas para tethering. Mas custa US$ 70,00 para 1 aparelho (quanto mais aparelhos, mais barato fica).

    • Lucas Berquó

      Concordo plenamente. Fiz o mesmo na Claro. Reduzi meus minutos e aumentei o meu pacote de dados pro de 5GB com 4G. Pra mim compensou muito e ainda saiu R$ 10 mais barato.

      O 4G da Claro aqui em Belo Horizonte é que tá ruim. Talvez pela cidade ser muito montanhosa, associado à freqüência alta da 4ª geração, o sinal oscila entre 2 e 3 barrinhas (máximo de 4). Mas ainda assim, ping baixíssimo e velocidade a partir de 5Mbps… normalmente média de 8Mbps. Parece realmente que você está numa wi-fi.

  • EFG

    4G mundial: até 100Mbps
    4G brasileiro: nem 2mbps

    4G CHEGOU!! WOOHOOO!!!!!!!!!!

    • EFG

      ops, substitua “2mbps” por “5MBps”. =x

      É alguma diferença, mas ainda sim tá bem longe do ideal…

      • Blek Zarioky

        5 MB/s não seria nada mal, já que isso equivale a 40 Mbps. Infelizmente são só 5 Mbps mesmo.

        Pode parecer que tô enchendo o saco por causa de uma bobagem, mas já vi tanta gente achando que uma conexão de 10 Mbps baixa 10 megabytes por segundo que dá vontade de chorar. Pior ainda quando essas mesmas pessoas reclamam, dizendo que pagaram por dez mas a conexão baixa a um.

    • Yago G. Oliveira

      Reclama, reclama, reclama…sabe nem se a velocidade é 5mb mesmo.
      Já ví testes e passa se 5mb e muito!
      E a média dos USA é 5mbps; só no Japão que fica em 40mbps.

  • Suas contas ilustrando a duração da franquia estão erradas por um fator de 8.

    A velocidade ofertada é medida em (mega)BITS por segundo, a franquia, em (giga)BYTES. Colocando tudo nas mesmas unidades:

    Franquia f = 5 GB * 8 bits/byte = 5 * 1073741824 * 8 bits = 42949672960 bits
    Taxa t = 5Mb/s = 5 * 1000000 bits/s = 5000000 bits/s

    f / t = 8589,934592 s = 2h23m10s

  • Renan Favero

    a situação do Brasil com estas empresas de telefonia/internet móvel é catastrófica, estamos sendo explorados pelos estrangeiros por todos os lados. O governo faz de tudo pra abonar o investimento feito pelas grandes operadoras e no fim das contas o povo é obrigado a pagar uma das maiores tarifas do mundo por um serviço prestado muito abaixo da média. Ou seja, eles vem aqui e montam a estrutura com dinheiro dos nossos impostos e ainda nos fazem pagar caro por algo estruturado com nosso dinheiro. Nem se dão ao trabalho de nos oferecer um serviço de qualidade ou garantirem uma velocidade decente. vergonhoso.

    • Alexandre Abreu

      Renan, o governo federal NÃO faz de tudo pra abonar o investimento feito pelas grandes operadoras, meu caro! O que ocorre é que temos “agências reguladoras” INDEPENDENTES, que praticamente fazem o que querem e que geralmente tendem a beneficiar as operadoras bilionárias, em detrimento de nós consumidores. Tem uma tal de LGT (lei geral das comunicações) que é uma maravilha para as operadoras, e foi criada no governo de quem? De quem? Agradeçamos por tudo isso ao “jênio” do Fernando Henrique e “equipe”…

      • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

        Agência reguladora só regula o bolso dos dirigentes. E viva o Brasil.

  • Vivo Sempre Internet… 300 MB por 9,90/mês. Só não contam que mesmo quase não utilizando os 300 MB vão em 6 dias.

    A Anatel deveria intervir e proibir planos por franquia. Afinal, o usuário não tem como argumentar em contrário o uso dela. E não sei vocês, mas eu não confio nem um pouco na veracidade das informações prestadas pelas operadoras no extrato de uso. Planos deveriam ser apenas por velocidade, assim como na banda larga fixa* (operadoras ruins como Oi e Net possuem franquia, não sei a Telefônica…).

    • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

      Uma colega pegou para testar o da Vivo, estava no segundo dia (dos 10 de degustação) e a franquia de dados já era passado.
      Recebeu uma mensagem informando “seus 10 dias de teste acabaram, blah blah”, e ela só usa fb haha, não faz upload de fotos, não navega em sites pesados nem nada.
      Só no fb.
      1 dia.
      e.
      meio.

  • Ledark

    Nada me tira da cabeça que mesmo que uma operadora quisesse revolucionar e oferecer planos “decentes”, ela seria barrada de alguma forma. Eu sei que é só mais uma teoria da conspiração sem fundamento algum, mas é que realmente não consigo compreender um motivo que seja para tal descaso com a telefonia e internet móvel no Brasil.

    • Alexandre Abreu

      Cartel? Será? Huuuum…

    • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

      Mas o seu raciocínio é verdade.
      No Brasil não existe concorrência em absolutamente nada, por isso as empresas deitam e rolam por aqui.
      As que fecharam as portas foi porque deixaram de pagar pedágio ou porque os dirigentes desviaram dinheiro.

  • Paulo Zanatta

    Me pergunto até quando 3G, 4G, 5G, nG, vai ser a internet dos downloads pequenos. Essas franquias são ridículas.

  • Que vergonha essas Franquias, assim não adianta falarmos em tecnologia G, se na verdade temos não usamos nem metade do real valor dessa tecnologia.

  • Raphael Rios Chaia

    Dois pontos:

    1. Chega a ser piada essa velocidade de 5mbps. Eu já pego isso HOJE com meu 3G+ da Vivo. Eu juro que esperava no mínimo uns 20mbps…

    2. Alguém pode argumentar “ah, mas isso é o mínimo, tem gente pegando 15mbps”. Tudo bem, mas consideremos os seguintes pontos: a) as redes 4G não estão operando com capacidade total ainda, estão bem restritas a alguns pontos apenas, e b) como vão ficar os contratos após a aprovação do Marco Civil da Internet?

    Não sei se alguém já teve a curiosidade de ler o texto final aprovado do Marco Civil que está indo para votação, mas nele, basicamente, os provedores ficarão OBRIGADOS a garantir a velocidade CONTRATADA para os usuários (vide art. 7º, III, c/c art. 9º do MC). É exatamente por isso que penso que estão fixando as velocidades tão abaixo do que está sendo registrado: é a famosa “margem de segurança”, melhor entregar a mais que a menos.

  • Daltro Campanher de Souza

    Pra mim, a cobertura 3G já está completa no Brasil, já consegui 3G até em áreas rurais afastadas da cidade. Só migrarei para o 4G quando a cobertura ficar igual à como está o 3G atualmente. Além do mais, estou até que satisfeito com o 3G, mas claro que ficaria mais ainda com o 4G, mas para isso, é preciso um smartphone com suporte. E, no momento, você só acha aparelhos 4G que sejam top-de-linha…

    • Walter Hugo Nishida Xavier da Silva

      Razr HD e Lumia 820 são mid-end.

  • Netto Farah

    Muito triste ler essa matéria.

    Eu pago $39.00 por mês no meu 4G pré pago da t-mobile.
    Internet ilimitada, ligações ilimitadas (não existe DDD), SMS ilimitado e ligações pra telefones fixos no brasil ilimitadas.

    A t-mobile não tem a internet mais rápida, mas normalmente consigo 20mb na maior parte do tempo. Alguns dos meus amigos tem AT&T e Verizon e conseguem algo por volta de 40mb na maior parte do tempo.

    É impressionante ver como estamos atrasados em questões de telecomunicações 🙁

  • paulotaviodiniz

    No Canadá, eu pegava 4,5 mega no 3G sempre, já até peguei 6 mega uma vez (numa operadora barata), mas enquanto isso no Brasil, 4G é 5 mega…

  • Gente, ainda está em fase e implementação ainda, começo de tudo, vai daqui uns 3 anos quem sabe, fique bom.

  • Heltoni

    Chego a pegar 7mbps com o 3G+ da vivo, com picos de 10mbps em downloads pelo torrent.

  • Lindberg de Santana

    Eu nao consigo entender o por que as bandas largas não serem mais cabeadas em lugares metropolitanos,muitos dizem é por roubo os gatos tudo bem que seja!mais lugares como na regiao que eu moro tem favelas que tem a internet cabeda eu moro na rua a baixo,foi me tirado o direito de ter uma internet digna eu pago100,00 reasi em um plano que só consigo usar por cinco dias depois só com muita paciencia as operadoras pouco se importa em aumentar a qualidade do serviço parece que nao existem um orgao decente pra fazermos nossas reclamaçoes,eu nao esquento com o valor que pago mais nao poderia ser reduzida a velocidade ja que em quase todos os trabalhos de escola e devido o acesso on line a banda larga se tornou meio de trabalho de muitos,que nossas autoridades venha nos ajudar,que a internet nao venha ser reduzida fixa um valor mensal e deixem de nos roubar!

  • Vinicius guedes frança

    De que adianta alta velocidade se tem franquia? Quanto mais rápido mais rápido você fica sem internet, Com 4G em 3 Horas de filme em HD seu consumo de internet é de (1,5-2,5)GB um plano de 2GB sai a R$60, ou seja, você paga R$60 para assistir um ou dois filmes em HD! e, e se sobrar 500MB para redes sociais. Lamentável estas franquias, sou a favor de pagar por velocidade não por quantidade.

  • Walber Assis

    engraçado meu plano 4G so pega 1MB e nao passa disso e tudo enganação esse tal 4g do brasil