Início » Aplicativos e Software » Netflix finalmente deixa você ajustar a qualidade do streaming no celular

Netflix finalmente deixa você ajustar a qualidade do streaming no celular

Agora você pode até pensar em assistir a uma série enquanto estiver no 4G

Por
3 anos atrás

iphone_5_netflix_hero

A Netflix anunciou nesta quinta-feira (5) uma atualização para os aplicativos de Android e iOS que permite ao usuário ajustar a qualidade do streaming. A função já estava disponível na web há muito tempo e somente agora chegou aos dispositivos móveis. Ela serve para controlar o uso de dados do aplicativo, uma vez que o streaming de vídeo é um dos principais vilões para a sua franquia de internet.

São cinco opções: ilimitado (gasta 3 GB por hora), alta (gasta 1 GB por hora), média (gasta 500 MB por hora), baixa (gasta 250 MB por hora) e desligado, que restringe a reprodução ao Wi-Fi. Também é possível ativar a opção automática, em que o aplicativo otimiza o streaming para não gastar muitos dados e ainda assim mostrar um vídeo com boa qualidade.

netflix-qualidade-app

“A configuração padrão permite ao usuário fazer streaming de 3 horas de séries e filmes por GB de dados. Em bitrates, isso pode ser convertido para 300 kb/s. Nossos testes mostraram que, nas redes móveis, essa configuração balanceia uma boa qualidade de vídeo com pouco uso de dados, para evitar que o usuário alcance sua franquia ou pague por um maior uso de dados”, disse o post no blog que anuncia a atualização.

Parece uma otimização interessante, mas, se você realmente precisa economizar, a melhor opção é sempre deixar na qualidade mais baixa. Segundo o The Verge, o recurso estava sendo desenvolvido há meses e não necessariamente tem a ver com reclamações de usuários. Nos Estados Unidos, uma vantagem é que os clientes de planos ilimitados poderão ativar a máxima qualidade, uma opção indisponível até então.

Finalmente poderemos pensar em abrir a Netflix na rua — agora só falta um modo offline. O ajuste de qualidade já está disponível nos apps para Android e iOS.

Mais sobre: