Início » Aplicativos e Software » Uber Eats fará entregas para farmácias, pet shops e conveniências

Uber Eats fará entregas para farmácias, pet shops e conveniências

Novas opções de entrega da Uber Eats começam por São Paulo

Emerson Alecrim Por

Como o próprio nome deixa claro, o Uber Eats é focado na entrega de refeições. Mas isso vai mudar: a partir desta quarta-feira (1), entregadores filiados à plataforma na cidade de São Paulo poderão transportar pedidos feitos nas farmácias da rede Pague Menos e nas lojas do pet shop Cobasi.

Pedidos realizados em restaurantes continuarão sendo entregues, é claro, mas esse segmento deixará de ser exclusividade para permitir que o Uber Eats expanda seu leque de serviços. Essa movimentação está começando por três países: Brasil, Espanha e França.

Além das redes Pague Menos e Cobasi, as entregas do Uber Eats incluirão 30 lojas de conveniência Shell Select a partir de segunda-feira (6). Por enquanto, apenas a cidade de São Paulo será atendida pelas novas opções de entregas, mas o Uber Eats planeja levar essas operações para outras localidades no decorrer dos próximos dias.

robert-anasch-uber-eats-unsplash

O momento é propício para essa expansão. Em tempos de isolamento social e quarentena, o uso de serviços de entrega tem aumentado não só para restaurantes, como também para farmácias, supermercados, pet shops e lojas de conveniência.

Se o volume de entregas aumentar consideravelmente em função dos novos serviços, o Uber Eats poderá inclusive amenizar os efeitos da queda no número de viagens que a Uber tem experimentado por causa do coronavírus (Covid-19). Não por acaso, a companhia vem incentivando os motoristas da plataforma a se cadastrarem no Uber Eats.

Falando em coronavírus, a Uber oficializou, nesta semana, o compromisso de realizar 10 milhões de viagens e entregas gratuitas de refeições para profissionais de saúde, idosos e pessoas necessitadas em várias partes do mundo.

No Brasil, os esforços para mitigação das consequências da pandemia incluem ainda suspensão da cobrança de taxas de entrega para incentivar compras em restaurantes independentes, liberação de pagamentos diários a esses estabelecimentos e delivery sem contato.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caleb Enyawbruce

boa!! espero que expanda logo para outras cidades e outras empresas

Gabriel Sardinha

Odeio o Uber Eats. Usei uma vez, e até hoje recebo spam (SMS e e-mail).
Não posso marcar como spam os e-mail, porque preciso receber as notas fiscais eletrônicas das corridas da Uber… eles usam o mesmo endereço.