Início » Celular » Comparativo: iPhone SE (2020) vs iPhone 11

Comparativo: iPhone SE (2020) vs iPhone 11

iPhone SE (2020) e o iPhone 11 possuem alguns recursos dos modelos mais caros da Apple, mas qual é o melhor? Veja comparativo

Darlan Helder Por

iPhone SE (2020) ou iPhone 11: qual comprar? Antes de responder essa pergunta, é importante conhecer e analisar as configurações de cada um deles. Os dois smartphones têm especificações interessantes, que se aproximam dos modelos mais caros da Apple: iPhone 11 Pro e 11 Pro Max. Ainda assim, o SE (2020) e o iPhone 11 são bem diferentes, principalmente no visual.

iPhone SE (2020) ou iPhone 11

Ano de lançamento*

  • O iPhone SE (2020) foi lançado em abril de 2020;
  • O iPhone 11 foi lançado em outubro de 2019.

*Consideramos o mês/ano de lançamento no Brasil.

Design e Cores

Design é um grande diferencial aqui. O iPhone SE (2020) mantém o visual do iPhone 8, que também remete ao iPhone 6. Já o iPhone 11 acompanha os modelos mais robustos da marca (11 Pro e Pro Max), trazendo tela grande, menos bordas e duas câmeras.

iPhone 11

Com relação à construção, ambos têm estrutura em vidro e alumínio. O iPhone 11 não tem botão Home (físico, na parte frontal), ou seja, não é possível desbloqueá-lo com a sua digital; apenas com o Face ID (ou por senha). Na parte traseira, o aparelho traz duas câmeras de 12 megapixels e um flash de LED.

Já o iPhone SE (2020) conta com o tradicional botão Home que também é leitor de impressões digitais (Touch ID). Ele possui bordas mais ressaltadas: queixo e testa, limitando um pouco a imersão. O aparelho tem apenas uma câmera traseira de 12 megapixels.

iPhone SE (2020) / Apple / Reprodução

Para quem curte smartphone colorido, o iPhone 11 oferece seis cores, enquanto o iPhone SE (2020) está disponível em apenas três:

  • Cores iPhone SE (2020): preto, branco e vermelho (PRODUCT)RED;
  • Cores iPhone 11: roxo, amarelo, verde, preto, branco e vermelho (PRODUCT)RED.

Como podemos ver abaixo, o iPhone SE (2020) é consideravelmente mais leve do que o iPhone 11:

iPhone SE (2020) iPhone 11
Altura 138,4 mm 150,9 mm
Espessura 7,3 mm 8,3 mm
Largura 67,3 mm 75,7 mm
Peso 148 gramas 194 gramas

O iPhone 11 ganha aqui por trazer um design que acompanha as versões mais caras, além de tela grande e mais opções de cores.

Vencedor: iPhone 11

Tela

iPhone SE vs iPhone 11 (mesmo tamanho de tela do iPhone XR)

Infelizmente, nenhum dos dois tem painel OLED. No entanto, o iPhone 11 se sobressai com uma tela grande de 6,1 polegadas (Liquid Retina HD, LCD sem bordas, multi-touch, com tecnologia IPS). Ela só é interrompida por um notch, que abriga a câmera de selfie, o alto-falante e os sensores.

O iPhone SE tem a mesma tela do iPhone 8: são 4,7 polegadas (LCD widescreen com bordas, multi-touch, com tecnologia IPS). Na parte superior está o alto-falante junto da câmera de selfie, enquanto na parte inferior está o botão Home.

iPhone SE (2020) iPhone 11
Tamanho 4,7 polegadas 6,1 polegadas
Tipo de tela IPS LCD IPS LCD
Resolução 1334 x 750 pixels a 326 ppp (pixels por polegada) 1792 x 828 pixels a 326 ppp (pixels por polegada)
Brilho 625 nits (máx) 625 nits (máx)
True Tone Sim Sim
Controle tátil Haptic Touch Haptic Touch

Vencedor: iPhone 11

Câmera

Por aqui, temos outra mudança significativa. O iPhone SE (2020) tem uma câmera frontal de 7 megapixels e abertura de f/2,2. Ela também possui o modo retrato, podendo focar na pessoa em primeiro plano e desfocar o fundo. Atrás, há uma câmera de 12 megapixels com abertura de f/2,2. Ele filma em 4K a até 60 fps.

A câmera frontal do iPhone 11 tem 12 megapixels e abertura de f/2,2. Ela também serve para o Face ID (TrueDepth), para desbloquear o aparelho via reconhecimento facial. Na parte traseira, o iPhone 11 abriga duas câmeras: uma principal de 12 megapixels (f/1,8) e uma ultrawide também de 12 MP (f/2,4).

Apple iPhone 11 - Review

Um ponto positivo aqui é que as duas câmeras do iPhone 11 trabalham em parceria: podendo ajudar na recuperação de detalhes da foto. Ele também grava em 4K a até 60 fps.

Ambos têm estabilização óptica de imagem, zoom digital de até 5x e HDR inteligente para fotos.

Fotos com o iPhone SE (imagens: Apple):

Fotos com o iPhone 11:

Vencedor: iPhone 11

Processador, memória RAM, bateria e armazenamento

Processador

Internamente, o iPhone SE (2020) e o iPhone 11 utilizam o processador A13 Bionic com Neural Engine. Trata-se do mesmo chip presente em aparelhos mais poderosos da Apple: iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max. Portanto, os “baratinhos” ganham pontos positivos no quesito processador.

O A13 Bionic tem como destaque a eficiência energética e garante ótimo desempenho em jogos. Além disso, segundo a empresa, a CPU e a GPU registram desempenho 20% maior em relação ao A12 Bionic, que equipa o iPhone XR, XS e XS Max.

Os smartphones rodam iOS 13 e vão receber o iOS 14, também.

Memória RAM

Como de costume, a Apple não revela a memória RAM. Mas os números são estes: 3 GB para o iPhone SE (2020) e 4 GB para o iPhone 11.

iPhone SE Preto

Bateria

Como de costume (parte 2), a Apple não divulga a capacidade de suas baterias. Mas já conhecemos os números e a diferença aqui é considerável: o iPhone SE (2020) tem 1.821 mAh, assim como o iPhone 8. Enquanto o iPhone 11 tem excelente capacidade: 3.110 mAh — deixando o SE para trás no quesito bateria.

Alguns números:

Atividade iPhone SE (2020) iPhone 11
Reprodução de vídeo Até 13 horas Até 17 horas
Reprodução de vídeo (streaming) Até 8 horas Até 10 horas
Reprodução de áudio Até 40 horas Até 65 horas

De acordo com a Apple, a bateria de ambos pode chegar em 50% em 30 minutos utilizando um carregador de 18 watts.

Armazenamento interno

Quando se trata de memória interna, os dois aparelhos estão disponíveis em: 64 GB, 128 GB e 256 GB. Não é possível adicionar cartão de memória.

Vencedor processador: indiferente
Vencedor de memória RAM e bateria: iPhone 11
Vencedor de armazenamento interno: indiferente

Preço e outros detalhes

Em conectividade, os dois agradam: iPhone SE (2020) e iPhone 11 têm Wi-Fi 6 (com suporte a MIMO), Bluetooth 5.0, NFC (Near Field Communication), Siri, Apple Pay, além de recarga sem fio e Dual SIM (eSIM e nano SIM). O conector é o Lightning — usado para carregar o aparelho e para o fone de ouvido (triste rs).

iPhone 11

Para os distraídos de plantão, o iPhone SE (2020) e o iPhone 11 contam com certificação IP67 e IP68, respectivamente. Eles são resistentes à água, respingos e poeira, mas o iPhone 11 ganha aqui por ter resistência à água a uma profundidade de até 2 metros, contra 1 metro do SE:

iPhone SE (IP67) iPhone 11 (IP68)
À prova de poeira À prova de poeira
À prova de respingos À prova de respingos
Resistência à água (profundidade de até 1 metro por 30 minutos) Resistência à água (profundidade de até 2 metros por 30 minutos)

Vamos aos preços?

Modelo Preço em julho de 2020*
iPhone SE (64 GB) R$ 3.699
iPhone SE (128 GB) R$ 3.999
iPhone SE (256 GB) R$ 4.499
iPhone 11 (64 GB) R$ 4.999
iPhone 11 (128 GB) R$ 5.299
iPhone 11 (256 GB) R$ 5.799

*Não houve alteração de preço desde o lançamento (valor averiguado no site da Apple).

iPhone SE (2020) ou iPhone 11: qual comprar?

Os dois aparelhos são bem interessantes, mas posso te dar um conselho? Eu compraria o iPhone 11 e, claro, ele sai como vencedor neste comparativo. Tudo bem que o preço não é nada amigável, mas há de se considerar que o iPhone 11 está mais próximo dos aparelhos mais potentes da Apple, entregando tela grande, duas câmeras, bateria potente e mais opções de cores.

Em um período onde os consumidores buscam por mais tela, mais câmera e mais bateria, será que faz sentido migrar para o iPhone SE (2020)?

É claro que isso não significa que ele seja ruim, pelo contrário. Eu vejo o Special Edition como um iPhone 8 que recebeu upgrades para não ficar tão ultrapassado. A Apple fez bem em colocar o A13 Bionic nesse aparelho “mais popular”. Trazer alguns recursos da família 11 para o iPhone SE (2020) é muito positivo.

Ainda assim, a escolha é sua! 🙂

Com informações: Apple.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação