Início » Computador » Samsung pode lançar PC com processador Exynos e chip gráfico da AMD

Samsung pode lançar PC com processador Exynos e chip gráfico da AMD

Computador da Samsung com processador Exynos e Windows 10 deve ser anunciado no segundo semestre de 2021

Bruno Gall De Blasi Por

A Samsung pode estar trabalhando em um computador com processador Exynos e gráficos da AMD. A marca sul-coreana deve lançar um PC com a linha de processadores para celulares Samsung Galaxy com a arquitetura ARM. O dispositivo com Windows 10 tende a trazer um possível sucessor do Exynos 2100, presente na linha Galaxy S21.

Samsung Exynos 2100 (Imagem: Reprodução/Samsung)

Samsung Exynos 2100 (Imagem: Reprodução/Samsung)

As informações foram reveladas pelo ZDNet da Coreia do Sul nesta quarta-feira (24) e se esbarram com outro rumor de 2020. Segundo o site, o computador deve chegar no segundo semestre de 2021, após o lançamento da nova geração do Galaxy Note. Ainda assim, não há detalhes sobre as especificações do chip da companhia.

Caso o PC seja de fato lançado, a Samsung estaria entrando em um território atualmente marcado pela Qualcomm, que colabora com a Microsoft desde 2018. Em meados do ano passado, a fabricante de chips marcou a estreia da segunda geração do Snapdragon 8cx para notebooks com Windows e com suporte ao 5G.

A Samsung também dividiria os holofotes com a Apple, que começou a substituir os processadores da Intel pela arquitetura ARM em seus computadores no ano passado. Dessa forma, em novembro, a fabricante do iPhone apresentou o Apple M1, que já se encontra dentro das novas gerações do Mac Mini, MacBook Air e MacBook Pro.

Galaxy Book S com processador Snapdragon 8cx (Imagem: Divulgação)

Galaxy Book S com processador Snapdragon 8cx (Imagem: Divulgação)

Samsung fechou parceria com AMD em 2019

Os rumores chegam após o anúncio de parceria entre a Samsung e a AMD. Em 2019, as duas empresas fecharam um acordo para levar a GPU Radeon aos smartphones da marca sul-coreana. Em troca dos gráficos, a fabricante de processadores Ryzen receberia pagamentos através de taxas de licenciamento e royalties.

Além disso, este não seria o primeiro computador da Samsung com a arquitetura ARM. No mesmo ano, por exemplo, a empresa anunciou o Galaxy Book S com o processador Qualcomm Snapdragon 8cx. Entre os seus destaques, estavam o design e a bateria com a promessa de durar até 23 horas longe das tomadas.

Em 2020, a Samsung até chegou a lançar um novo Galaxy Book S. Mas o notebook trouxe o processador Intel Core i5-L16G7 (Lakefield) em vez do chip da Qualcomm.

Com informações: ZDNet e XDA-Developers

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leandro (@lth_leandro)

Me parece que finalmente estamos presenciando uma mudança real no mercado de computadores.
E não parece que a Intel consiga virar o jogo no curto prazo.