Início » Celular » iPhone 13 deve usar telas OLED de 120 Hz da Samsung

iPhone 13 deve usar telas OLED de 120 Hz da Samsung

iPhone 13 tende a trazer tela OLED com tecnologia LTPO produzida pela Samsung com suporte à taxa de atualização de 120 Hz

Bruno Gall De Blasi Por

Ainda falta para o lançamento do iPhone 13, mas algumas apostas já giram em torno do celular. De acordo com o The Elec nesta segunda-feira (22), os sucessores do iPhone 12 podem contar com telas OLED com tecnologia LTPO produzidas pela Samsung. A expectativa é de que, com os componentes da marca sul-coreana, os próximos smartphones da Apple tenham suporte à taxa de atualização de 120 Hz.

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Os detalhes revelados nesta segunda-feira (22) partem da empresa de pesquisa de mercado UBI Research. Na publicação, o site especializado informa que a Samsung converterá sua linha de produção de tela OLED dedicada à Apple para fabricar painéis LTPO. As mudanças estão previstas para ocorrer ainda neste semestre.

A alteração ocorre em meio a rumores sobre a adoção da tecnologia LTPO, conhecida pelo baixo consumo de energia, nos modelos mais avançados da próxima geração dos celulares da Apple. Além disso, caso as apostas se concretizem, espera-se que os sucessores do iPhone 12 tenham suporte à taxa de atualização de 120 Hz.

Esta não é a primeira vez que o assunto vem à tona. Segundo informações de bastidores reveladas no fim de dezembro, a Apple deve lançar o iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max com tela de 120 Hz. O recurso também apareceu entre as listas de possíveis novidades do iPhone 12 Pro Max, mas foi adiada para 2021.

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

iPhone 12 Pro Max (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

iPhone 13: o que esperar?

O iPhone 13 pode ser a próxima geração da linha de celulares da Apple. Até o momento, especula-se que quatro smartphones serão apresentados com o mesmo visual do iPhone 12, mas com notch menor. O iPhone 13 Pro também deve trazer estabilização óptica por deslocamento de sensor na câmera principal.

Outra aposta fica pela presença do leitor de impressões digitais sob a tela. A solução, no entanto, seria diferente daquela que é encontrada no Galaxy S21, pois a Apple utilizaria o sensor óptico em vez do sensor ultrassônico.

Ainda sobre telas, a próxima geração pode trazer a tecnologia Always-On Display. Encontrado em diversos celulares Android, o recurso permite que o visor permaneça ligado para exibir a hora e notificações sem gastar muita bateria.

O lançamento dos novos celulares deve ocorrer no segundo semestre de 2021.

Com informações: 9to5Mac e The Elec

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando