O que é tela Super AMOLED e quais as vantagens dessa tecnologia?

Super AMOLED é uma tecnologia de tela para celulares que usa LEDs orgânicos e traz sensor de toque integrado; saiba mais sobre o display criado pela Samsung

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 1 ano e 1 mês
Samsung Galaxy S9, celular com tela Super AMOLED (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)
Samsung Galaxy S9, celular com tela Super AMOLED (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Super AMOLED é uma tecnologia usada em telas de celulares, principalmente em modelos da linha Samsung Galaxy. Sua aplicação gera telas com alto brilho, preto profundo e espessura fina, graças ao sensor de toque integrado ao painel.

Histórico e aplicações

O Super AMOLED foi lançado pela Samsung em 2010, quando estreou no primeiro Galaxy S. A tecnologia se destacava pelas cores mais vibrantes e menor reflexividade em relação ao AMOLED convencional, que precisava de uma camada touchscreen adicional para funcionar em smartphones.

A marca Super AMOLED é registrada pela Samsung, mas o processo de fabricação que uniu o painel e o sensor de toque foi adotado em telas OLED de outras empresas de celulares, ainda que com nomes diferentes. Em 2019, uma evolução chamada AMOLED Dinâmico estreou no Galaxy S10, levando o HDR10+ aos celulares da Samsung.

Como funcionam as telas Super AMOLED

O funcionamento do Super AMOLED segue o princípio básico das telas OLED com matriz ativa (AMOLED). De maneira simplificada, a formação de imagem começa no transístor de película fina (TFT), que controla precisamente a corrente enviada para a camada emissora de luz, composta de materiais orgânicos.

Estrutura de uma tela AMOLED vs Super AMOLED (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Estrutura de uma tela AMOLED vs Super AMOLED (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Como os diodos orgânicos do OLED emitem luz própria, a imagem é formada sem necessidade de backlight, o que reduz ainda mais a espessura em relação ao LCD. A camada orgânica é normalmente organizada em uma matriz PenTile (RGBG), com dois subpixels verdes, um vermelho e um azul. O Super AMOLED Plus, lançado no Galaxy S II, adota o padrão RGB.

A diferença entre AMOLED e Super AMOLED está logo abaixo do vidro que reveste o painel. Enquanto o AMOLED precisa de um sensor instalado à parte para reconhecer toques de dedo, o Super AMOLED adicionou esse componente ao processo de fabricação do painel. Isso aproximou fisicamente todas as partes da tela, o que trouxe vantagens como maior ângulo de visão e menor nível de reflexo.

Vantagens e desvantagens

Nosso comparativo mostra, em detalhes, as diferenças entre Super AMOLED e tecnologias como IPS LCD e Retina Display, que costumam ser usadas em dispositivos móveis.

De forma resumida, as vantagens e desvantagens do Super AMOLED são:

  • Maior ângulo de visão: a formação da imagem ocorre a uma distância mais próxima da superfície do vidro da tela, o que melhora a visualização sob ângulos variados;
  • Menor espessura: as telas Super AMOLED são mais finas do que o AMOLED com sensor de toque separado, o que permite que os dispositivos sejam mais compactos;
  • Maior contraste: os pixels do Super AMOLED produzem pretos mais profundos que concorrentes como o IPS LCD, o que aumenta o contraste;
  • Cores mais vivas: as telas Super AMOLED são conhecidas por sua capacidade de reproduzir cores vibrantes e saturadas;
  • Maior eficiência energética: a integração do sensor de toque ao painel torna o consumo de energia mais eficiente, o que reduz o consumo de bateria nos celulares;
  • Melhor visualização ao ar livre: por ter brilho mais elevado e menor nível de reflexo, telas Super AMOLED oferecem melhor visualização ao ar livre em condições de luz solar intensa;
  • Maior custo de reparo: é mais caro substituir uma tela Super AMOLED devido ao painel de toque integrado, que aumenta o preço do componente;
  • Taxa de atualização fixa: o Super AMOLED não consegue variar dinamicamente a taxa de atualização como as telas OLED baseadas em LTPO, incluindo AMOLED Dinâmico 2X e Super Retina XDR.

Perguntas frequentes

Tela Super AMOLED é boa para os olhos?

O Super AMOLED tende a causar menor fadiga ocular porque emite menos luz azul nos comprimentos de onda de 415 a 455 nanômetros, segundo a Samsung Display. A exposição à luz azul é indesejável porque afeta a produção de melatonina e causa alterações no ritmo circadiano, prejudicando o sono, de acordo com um artigo publicado na Nature.

Tela Super AMOLED é resistente?

Fabricantes de celulares costumam unir o Super AMOLED a tecnologias como o Gorilla Glass, um vidro mais resistente a quedas e arranhões. No entanto, esse vidro tem proteção limitada e pode quebrar em batidas, o que também danifica o sensor de toque integrado da tela.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Relacionados