Início » Negócios » Xiaomi supera Apple e vira segunda maior fabricante de celulares no mundo

Xiaomi supera Apple e vira segunda maior fabricante de celulares no mundo

Atrás apenas da Samsung, Xiaomi registrou crescimento anual de 83% no período, vendas na América Latina cresceram 300%

Ana Marques Por

Fãs da Xiaomi podem comemorar: a empresa chinesa superou pela primeira vez a Apple em participação de mercado global, e acaba de se tornar a segunda maior fabricante de celulares do mundo, atrás apenas da Samsung. Os dados são de um levantamento realizado pela consultoria Canalys, e revelam que a Xiaomi tem um market share de 17% no segundo trimestre de 2021, contra 14% da dona do iPhone.

Loja da Xiaomi (Raysonho / Wikimedia Commons)

Loja da Xiaomi (Raysonho / Wikimedia Commons)

A Xiaomi obteve um crescimento anual de 83%, enquanto a Apple cresceu apenas 1%. A Samsung conseguiu se manter na liderança com uma fatia de mercado de 19% e crescimento de 15% ano contra ano.

Vendas na América Latina cresceram 300%, diz especialista

De acordo com Ben Stanton, gerente de pesquisa da Canalys, “a Xiaomi está expandindo seus negócios no exterior rapidamente”. Stanton afirmou que os envios para a América Latina cresceram mais de 300%, enquanto outras regiões, como África e Europa Ocidental, também registraram um aumento de demanda expressivo (150% e 50%, respectivamente).

“[a empresa] ainda está bastante voltada para o mercado de massa, no entanto, e em comparação com a Samsung e a Apple, seu preço médio de venda é cerca de 40% e 75% mais barato, respectivamente. Portanto, uma das principais prioridades da Xiaomi neste ano é aumentar as vendas de seus dispositivos de última geração, como o Mi 11 Ultra”.

Outras duas chinesas, Oppo e Vivo, estão ativas no páreo para conquistar mais consumidores, e registraram o segundo e terceiro maior crescimento anual: 28% e 27%, respectivamente. Cada uma delas foi responsável por 10% de participação de mercado, ficando logo atrás da Apple.

Empresa Participação de mercado (2º tri 2021) Crescimento anual
Samsung 19% +15%
Xiaomi 17% +83%
Apple 14% +1%
Oppo 10% +28%
Vivo 10% +27%

Com informações: Canalys.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
12 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Breno (@bbcbreno)

Será q o próprio governo dos USA tem parte dessa culpa?

Digo… Trump praticamente matou a Huawei e ninguém quer comprar mais Huawei pq n tem nada USA oficial lá. Aí restou pra este povo buscar outras marcas, Vivo, Oppo e Xiaomi. E creio que dificilmente um usuário Huawei escolheria um iOS como substituto.

PS.: n tô tirando os créditos da Xiaomi. Afinal, conseguir quase 20% do extremamente saturado mercado de smartphones n é uma tarefa simples. Só tô citando um ponto que pode ter contribuído para isto.

O mercado da Huawei despencou de 14% pra 8% em 2020 (praticamente a metade). Em 2021 deve tá ainda pior.

Lucas Pinheiro (@LucasMiller)

Daqui a pouco a Xiaomi toma uma sansão do governo dos EUA, com a justificativa de espionagem kkkkkkk afinal, está ameaçando interesses financeiros dos norte-americanos kkkkkk
Precedente pra isso já fizeram a uns meses atrás, quando colocaram “sob vigilância” a integridade da Xiaomi!