Você poderá cantarolar uma música para achá-la no YouTube

Quer descobrir o nome de uma música, mas não sabe a letra? Não tem problema: recurso experimental do YouTube promete identificar canção apenas pela melodia

Giovanni Santa Rosa
Por
YouTube
YouTube (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Todo mundo já passou por isso: uma música fica grudada na sua cabeça e não vai embora, mas você não se lembra do nome ou da letra. O YouTube vai facilitar o processo: a plataforma de vídeos do Google está testando um recurso para encontrar a faixa desejada com base no que o usuário cantarola.

A novidade foi divulgada na página de experimentos e testes do YouTube. Segundo as informações compartilhadas, quem estiver participando do teste poderá usar a busca de voz do app do YouTube para Android para identificar uma música.

Serve tanto colocar o microfone para captar o está tocando, quanto cantarolar um pedacinho da melodia.

Pode ser sem a letra mesmo: mande seu melhor “pá-pá-pá”, “lá-lá-lá”, “hm-hm-hmm”, ou como você preferir.

A plataforma de vídeos diz que são necessários apenas três segundos para identificar a canção. Se tudo der certo, a busca mostra vídeos oficiais, criados por usuários e Shorts que usaram a faixa.

O teste vai envolver uma pequena porcentagem de usuários por todo o mundo. Por enquanto, ele está limitado ao app do YouTube para Android.

Google e concorrentes também identificam melodias

Se você não estiver participando do teste, há algumas alternativas.

O próprio Google já oferece recurso semelhante: o aplicativo, o widget de busca e o Google Assistente prometem descobrir qual é a música que o usuário está cantarolando ou assobiando.

Testei aqui e ele reconheceu “We Will Rock You”, do Queen, por exemplo. Ok, eu reconheço, não escolhi uma música muito difícil.

No entanto, esta ferramenta precisa de algo entre 10 e 15 segundos de áudio para identificar a canção. O novo recurso do YouTube promete fazer o mesmo com apenas três segundos.

Além do Google e do YouTube, alguns apps já têm essa habilidade há anos, como o SoundHound e o Musixmatch. Já o Shazam e a Siri, ambos da Apple, não têm esse talento — a música de verdade precisa estar tocando para ser identificada.

Com informações: TechCrunch, Google

Receba mais sobre YouTube na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados