WhatsApp terá selo de verificado por R$ 55 mensais, revela Meta

Diretor conta ao Tecnoblog que valores dependem do nível das ferramentas contratadas.

Thássius Veloso
Por
• Atualizado há 1 semana
Logotipo do WhatsApp
WhatsApp anuncia novidades para empresas durante evento Conversations em São Paulo (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

(Direto de São Paulo) O WhatsApp liberou a função de perfil verificado para empresas a partir desta quinta-feira (dia 06/06). Os interessados poderão contratar este serviço pelo preço sugerido de R$ 55/mês na modalidade indicada para a maioria das empresas. O selo será azul, e não mais verde.

A Meta nos explicou que os valores aumentam de acordo com o plano e os recursos contratados. De acordo com o diretor de mercados estratégicos, Guilherme Horn, a estratégia repete outros serviços voltados a empresas, como hospedagens de sites ou ferramentas de cobranças.

A novidade chega de forma gradual a consumidores no Brasil, Colômbia, Índia e Indonésia. Eu perguntei a Horn como ficaria a situação de pequenas empresas, influenciadores e mesmo profissionais liberais que atuam por MEI. Ele explicou que qualquer organização com CNPJ poderá assinar o chamado Meta Verified. Além do WhatsApp, a empresa oferece a verificação paga no Instagram e no Facebook desde junho de 2023.

Mulher discursa no palco
Maren Lau é vice-presidente da Meta na América Latina (Foto: Thássius Veloso/Tecnoblog)

Segundo a empresa, o Meta Verified reduz os potenciais problemas defalsificação de identidade, uma vez que os consumidores terão certeza de que estão falando com a empresa que fornece determinado produto ou serviço.

O CEO Mark Zuckerberg declarou em nota distribuída à imprensa que “será mais fácil para pequenas empresas construir credibilidade com seus clientes e fortalecer suas marcas de forma que os clientes se sintam mais confiantes ao entrar em contato com o estabelecimento”.

Thássius Veloso viajou para São Paulo a convite da Meta

Relacionados