YouTube

YouTube é um serviço de compartilhamento de vídeos criado em fevereiro de 2005 por ex-funcionários do sistema de pagamentos PayPal. Foi fundado com um capital de US$ 11,5 milhões, inicialmente com sede no andar superior de um restaurante japonês. O primeiro vídeo foi enviado no dia 23 de abril de 2005 e o serviço foi lançado oficialmente em novembro do mesmo ano. Em novembro de 2006 passou a ser controlado pelo Google, numa negociação de US$ 1,65 bilhão. Em abril de 2012 era considerado o terceiro site mais visitado do mundo, de acordo com o Alexa.

youtube-unhappy-thumb

Em entrevista ao Financial Times, o chefe de conteúdo e operações do YouTube, Robert Kyncl, confirmou que o Google lançará em breve um serviço pago de streaming no YouTube. Até aí, nada chocante: rumores já apontavam isso há meses. A polêmica está na atitude no mínimo questionável da empresa: o YouTube pretende bloquear vídeos de artistas e gravadoras que se recusarem a assinar um novo acordo de licenciamento.

Leia mais

thumb_youtube-feliz

Juntando-se à temporada de compras bilionárias de serviços estabilizados no mercado, o Google estaria planejando a aquisição do Twitch por US$ 1 bilhão no último mês, de acordo com fontes da Variety. Apesar da recusa dos representantes do Google e do Twitch em comentar o assunto, a publicação sugere que a negociação seja concretizada e anunciada em breve.

Leia mais

thumb_youtube-feliz

Se você acessa o YouTube frequentemente, talvez tenha percebido algumas mudanças na interface nas últimas semanas. Um novo visual estava em fase de testes e havia sido liberado para um bom número de usuários recentemente. Agora, o YouTube anunciou que o novo layout está disponível para todo mundo: ele está centralizado e aproveita melhor o espaço em telas maiores.

Leia mais

google_search_video_music_thumb

Sem fazer alarde, o Google implementou uma forma de visualização em seu buscador que dá mais destaque aos vídeos musicais: eles agora aparecem na forma de cards no topo da página de resultados, muitas vezes com uma captura de imagem do clipe em tamanho grande seguida de uma breve descrição. Leia mais

youtube_views_thumb

Se no início os vídeos do YouTube eram quase que totalmente simples e amadores, hoje há uma infinidade de canais bem elaborados e que movimentam bastante dinheiro em publicidade. O problema é que, de olho nestas cifras, muita gente tem se utilizado de artifícios desleais para aumentar as estatísticas de visualização de seus vídeos. Mas o Google promete acabar com isso. Leia mais

video_quality_report_thumb

Mais dramático do que se deparar com o Fábio Porchat naquelas propagandas que precedem vídeos no YouTube é ter o seu streaming interrompido na parte mais interessante. Problemas nos servidores ou em sua conexão? Com uma ferramenta recém-lançada pelo Google, em breve ficará mais fácil descobrir. Leia mais

Nostalgia - Tudo bem2

Pelo menos por enquanto o Canal Nostalgia no YouTube está são e salvo. O criador da página, Felipe Castanhari, chegou a um acordo com a Warner para a retirada de um dos strikes que punham o canal em risco desde a semana passada, conforme relatamos nessa reportagem especial. Não, ainda não foi dessa vez que a Fox se pronunciou sobre o assunto. Leia mais

thumb_ Canal Nostalgia - CDZ

A Fox está em vias de tirar do ar um dos canais de maior sucesso do YouTube no Brasil. Na semana passada, o conglomerado de mídia reclamou com o Google por causa de um vídeo do Canal Nostalgia (certamente você já ouviu falar dele) sobre Os Simpsons, uma produção original da Fox. Como em todos casos de disputa de direitos autorais, o YouTube permitiu à Fox aplicar um strike contra o canal. Com este, são três no total. Na terça-feira, dia 21, pode ser que a página deixe de existir se a emissora não voltar atrás. Leia mais

thumb_ YouTube Dafra

A Justiça Federal deu prazo de 24 horas para o Google tirar do ar todos os vídeos publicados no YouTube que fazem paródia de uma campanha publicitária da fabricante de motos Dafra. Caso o buscador não cumpra a decisão imediatamente após receber o aviso, deverá pagar multa de R$ 500 por dia de infração. Leia mais

th_facebook-bia-mark

A Hitwise, divisão da Serasa Experian especializada em mensuração de dados na internet, divulgou nesta terça-feira mais um relatório sobre acessos a redes sociais no Brasil, desta vez referente ao mês de novembro. O levantamento confirma o que, de certa forma, todo mundo já sabe: Facebook e YouTube continuam sendo os serviços preferidos dos brasileiros. Leia mais