Início » Brasil » Vivo expande rede de 1.800 MHz e comemora Vivo Direto

Vivo expande rede de 1.800 MHz e comemora Vivo Direto

Lucas Braga Por

Quem lembra do início da operação em GSM da Vivo? Uma das principais reclamações era a adoção do padrão americano, com frequência de 850 MHz. Isso impedia o funcionamento da Vivo nos celulares celulares dual ou triband europeus, que eram os mais comuns no mercado. A operadora só está conseguindo corrigir seus defeitos agora.

Sede da Vivo em SP

Essa correção é relativamente tardia, já que a maioria dos aparelhos comercializados hoje em dia são quadriband. Só que está realmente em jogo com a nova rede é a ampliação do espectro de operação: a ativação da nova rede trouxe um aumento de 50% da capacidade da atual rede 2G de São Paulo. Isso significa que, com essa nova rede, quedas de ligações deverão reduzir substancialmente.

Essa expansão da rede não está restrita apenas ao estado de São Paulo: a operadora também lançou sua rede no padrão europeu no Paraná e Santa Catarina, além de Minas Gerais e Nordeste, que já possuem rede em 1.800 MHz. Essa operação só foi possível graças às licenças adquiridas em um leilão de sobras, realizado pela Anatel. A operadora planeja expandir a nova rede para todo o território nacional até o fim do ano.

Vivo Direto

Conforme informado pelo Convergência Digital, a Vivo comemora os resultados do Vivo Direto, serviço de rádio lançado nesse ano. A Vivo afirma ter conquistado 50% do mercado brasileiro de PTT, o que significa, em adesões, dividir o mercado de rádios com a Nextel, principal concorrente no segmento. O diretor-geral da Vivo, Paulo César Teixeira, afirma que um dos principais fatores para esse crescimento é a cobertura nacional, permitindo a operadora conquistar o mercado de todo o Brasil enquanto a Nextel atinge apenas alguns estados.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edimar
Em Mato Grosso a Vivo ja opera nessa frequência de 1800Mhz?
Edmilton Santos Santos
quando que a Vivo TV vai chegar em BH
Ivan Costa
I ai galera , preciso comprar um repetidor de sinal 3G pra usar em Pirapora do Bom Jesus SP, so que ate agora nao consigui saber ao certo em que frequencia a vivo opera na regiao de Pirapora, se alguem poder me ajudar eu agradeco .
Klaus Netto
A qualidade de voz/dados do sistema CDMA é muito superior ao pobre GSM. Europa lembra o que? Carros pequenos, menos potentes, mais economicos e mais baratos. EUA lembra o que? Carros grandes, potentes, beberrões e mais caros. Europa adotou o sistema GSM e EUA o sistema CDMA. Nem tudo que é mais barato é melhor e nem tudo que é mais caro é pior. Tudo tem seus prós e contras. Eu gostava mais do CDMA por causa da qualidade de som das chamadas e por causa da internet. O 3G da Vivo nada mais é que uma evolução do CDMA, o WCDMA.
GustavoUNQ
Caramba enfim uma notícia boa nesse meio...
Fer
AAALLELUIA, AAAALLEELUIAA... Mas agora não importa mais, não vou usar Vivo mesmo! XP
@jaisoncarvalho
Exato mister Enseada, digo Laguna :)
Nota mental: Nunca mais corrigir unidades de medida utilizando o Iphone e com nível etílico elevado :)
@EudesRJ
Acho meio difícil a vivo desligar a rede GSM 850Mhz pois já venderam muito aparelho que só funciona nessa freqüência, assim como ainda não acabaram com a rede CDMA.

é bem provável que no máximo deixem de ampliar essa rede em favor da 1800MHz e/ou 3G (2100MHz) a mantendo como backup para não depender de uma única rede, assim se uma estiver congestionada a outra rede mantém os clientes (com aparelhos quad-band) funcionando.
Tiago Coimbra de Araújo
Na minha opinião a Vivo é disparada a melhor no Brasil.
David
@adlervft

A TIM está com 3G 2100mhz aonde ela possui 850mhz para 3G. Inclusive ai em Minas tem várias cidades que tem apenas 3G em 2100mhz.
@adlervft
A TIM também opera 3G em 850Mhz em Minas Gerais. Muitos clientes de outros estados acabam ficando só com EDGE em MG.
Marcelo
antes tarde do que nunca!
Ramon Melo
A Vivo tem franquia de até 10GB, é só pagar por ela.
C. Emanuel Laguna Jr
Um vírgula oito gigahertz (ou seja, 1.800 MHz) é escrito assim: 1,8 GHz ;-)
Silas Piacenti
celulares celulares dual ou celulares celulares celulares triband. :P
Ramon Melo
A Vivo não conseguiu comprar nenhuma frequência GSM, por isso teve que se virar com o CDMA mesmo.

É claro que os gestores iriam defender o CDMA, você queria que eles admitissem que tinham uma tecnologia defasada?
Rodrigo Fante
Tudo que quero Vivo são franquias de dado maiores, qualquer coisa inferior a 1GB não deveria ser chamado de franquia de dados.
David Diniz
Segundo uma fonte confiável a intenção da VIVO é padronizar o GSM em 900/1800 e o 3G 850/2100mhz alinhando assim as outras operadoras.

Isso o que a VIVO está fazendo é "Overlay" e a desculpa é para "aumentar" a capacidade da rede GSM, mas eu não duvido dela desligar a rede 850/1900 silenciosamente logo logo.
Thiago Sousa
Então porque diabos a Vivo insistiu no CDMA quando todas migraram para o GSM. Lembro de uma palestra que assisti em que assisti em que os gestores acreditavam com todas as forças que o CDMA era o futuro e que as outras iam se arrepender de ter entrado no GSM, quando a tecnologia de 3G (essa palestra faz muito tempo) fosse adotada, pois sua rede EVDO já estava pronta... Hoje tá essa confusão a rede da Vivo.
Jaisoncarvalho
Po pessoal, 1.8GHZ...
@yagogabriell
a vivo sempre teve uma qualidade nas ligações. Não sei como era esse padrão no começo, até pq a vivo nem tinha chegado ainda aqui. Ela chegou no final do ano passado. A questão é que aqui ninguém pensa em qualidade e sim no preço, creio que no Brasil inteiro pensam na maioria das vezes assim.
Que bom que a vivo não tentou ser uma operadora fechada, como a nextel.
Se o rádio fosse um pouco mais barato e tivesse um celular "popular" com essa interação, acho que seria uma um pulo bem grande pra isso.
@EudesRJ
Simples CDMA é uma tecnologia da qualcomm e tem que pagar royalties o que torna o custo de aparelhos e ERBs mais caros, além da menor variedades de aparelhos, e quando o 4G-LTE estourar é mais fácil migrar do GSM/3G do que do CDMA já que teria que trocar toda a rede, enquanto numa rede GSM/3G boa parte dela é aproveitada.

e como teremos copa, se acha o custos de ligações caros, nem queira saber como é em roaming internacional, e GSM por ser o padrão mundial, vai dar uma boa receita pras operadoras nessa epoca.
Gabriel
Até hoje acho que tinha sido um tiro no pé quando a Vivo entrou no GSM com padrão de 850 MHz... Ela queria pegar parte do mercado que, naquele momento, já queria saber dos celulares com chip... Aí entra com um padrão que ninguém utilizava na época e ninguém dava bola para a frequência do aparelho, pois sabia que colocando um chip de qualquer operadora funcionaria... Funcionaria até aparecer a Vivo e a sua frequência diferente.
Aí a Vivo começou vendendo alguns aparelhos iguais aos das outras operadoras, mas que só aceitavam a faixa de frequência da Vivo, ou seja, que na prática davam no mesmo que ter um celular CDMA. Depois os quadriband se popularizaram, mas aí já é outra história...

Então não entendi qual era a vantagem de investir no GSM, mesmo.
@EudesRJ
Imagino a complexibilidade da rede da vivo agora, lidando com CDMA (ainda ativa), GSM 850MHz, GSM 1800 MHz e o 3G 2100MHz
Thiago Sabaia
Por isso que quando eu coloquei meu chip da Vivo semana passada no meu Sony W205 ele funcionou.
Ramon Melo
Não faz a menor diferença para mim. Não compro celular que não seja quadriband porque acho uma falta de respeito com o consumidor brasileiro. Empresa que quer lançar celular dualband tem que ir para os EUA, o único lugar do mundo onde compram esse lixo.
@Brunoo_ns
Antes tarde do que nunca!
Yangm
Como a minha vovó diz: "Já estava na hora de correr atrás do prejuízo".
Quanto ao rádio, não tenho mais nada a dizer sobre essa aberração idosa. (já falei muito sobre ele em outro post).