Medo do Threads? Twitter remove exigência de login para ver tweets

Na surdina, Twitter liberou a visualização de tweets sem fazer login ou ter conta na rede social; alteração durou alguns dias e é encerrada antes da estreia do Threads

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 11 meses
Twitter
Twitter criou obrigatoriedade de login na última sexta-feira (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Twitter não está mais exigindo que os usuários façam login na rede social para visualizar as publicações. Agora, até mesmo prévias de tweets estão aparecendo quando você envia o link para alguma plataforma (como WhatsApp ou Slack). A mudança acontece antes do lançamento do Threads, o “Twitter” da Meta.

Na sexta-feira passada, 30 de junho, o Twitter alterou o funcionamento para que somente pessoas logadas visualizassem as publicações na rede social. Porém, mais do que exigir o login, a mudança obriga que somente quem tem conta na plataforma veja o conteúdo. E, obviamente, tenta forçar as pessoas a criarem contas.

Exigência de login durou menos de cinco dias

Como citado no parágrafo anterior, a mudança aconteceu na última sexta-feira — o que dá uma duração de pouco menos de cinco dias para a limitação. A mudança só não gerou muita reclamação porque Elon Musk também criou um limite diário de visualização de tweets para os usuários.

O motivo para as duas decisões é aliviar os servidores, que estavam sobrecarregados por causa de data scrapping. Colou para você? Não? É porque talvez esse não seja o real motivo.

Os burburinhos dizem que, na verdade, as limitações foram criadas para evitar que o Twitter “caia”, já que a plataforma não está pagando as contas de hospedagem do Google.

Elon Musk Tweet Limitação de Visualização
Elon Musk divulgou motivos para decisão de limitar a visualização diária, mas não cola muito (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Porém, a razão para liberar tão rapidamente essa limitação está mais “na cara”. Na segunda-feira (3), foi revelado que o Threads, rede social da Meta que é um clone do Twitter, apareceu na Play Store — e depois na App Store.

A novidade de Mark Zuckerberg será lançado amanhã (6), informação confirmada pelo CEO do Instagram. Por ser “descentralizada”, permitindo até interação com outras redes sociais, como o Mastodon, e não ter limitação de visualização (até onde sabemos), a expectativa sobre o Threads está no alto — inclusive no alto do Trending Topics do Twitter.

E como diz o ditado: passarinho que come pedra sabe o “Threads” que tem.

Com informações: TechCrunch e Engadget

Receba mais sobre Twitter na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Relacionados