Senacon

Artigos de Senacon

Coronavírus: varejo online recebe denúncias de preços abusivos

às 16h39 por

A pandemia de coronavírus tem levado a casos de preços abusivos de itens como álcool em gel, máscaras e luvas. Pensando nisso, a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor) e a camara-e.net (Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico) criaram uma campanha para receber denúncias de consumidores. Sky abre mais 23 canais de TV aos clientes por tempo limitado Os

Microsoft deverá explicar ao governo brasileiro falha que expôs dados de usuários

às 12h38 por

A Microsoft será obrigada a dar explicações ao governo brasileiro sobre a falha em um banco de dados da área de suporte ao cliente que expôs quase 250 milhões de registros. A Senacon (Secrataria Nacional do Consumidor) notificou a empresa e deu dez dias para receber uma resposta sobre o ocorrido. Correção da Microsoft para Internet Explorer quebra recursos do Windows Como usar o iCloud p

Governo tenta impedir venda de produtos piratas na internet

às 11h30 por

O governo quer coibir a venda de produtos falsificados ou ilegais na internet e, para isso, pediu a ajuda de plataformas em que usuários podem criar ofertas. A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, quer conhecer as regras adotadas pelas empresas para criar diretrizes que ajudem a evitar a comercialização desses itens. Leilão da Receita tem iPhone X a partir de R$ 500, Apple Watch e Xbox

TIM é investigada por vazamento de dados que afetou milhares de clientes

às 16h01 por

A TIM será investigada pela Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para apurar os detalhes sobre um vazamento que afetou milhares de clientes, incluindo dados como nome, CPF, data de nascimento e número de telefone. A operadora pode ser multada em cerca de R$ 10 milhões; ela diz que sofreu um "ataque criminoso de hackers". TIM lança plano pré-pago com 10 GB e bônus de madrugada por R$ 60

Ministério da Justiça notifica YouTube por coleta de dados de crianças

às 17h02 por

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), ligada ao Ministério da Justiça, enviou uma notificação ao Google. Por meio do Departamento de Defesa do Consumidor, o órgão quer apurar a "suposta coleta de dados de crianças e adolescentes, usuários do Youtube, sem o conhecimento dos pais". Governo brasileiro quer que Facebook explique escutas no Messenger Como melhorar as recomendaç

Governo brasileiro quer que Facebook explique escutas no Messenger

às 12h21 por

Ligada ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) notificou o Facebook na última quarta-feira (15). O órgão quer que a companhia dê explicações sobre a revelação de que funcionários ouviam mensagens de voz dos usuários no Facebook Messenger. Como impedir que Amazon, Apple e Google ouçam conversa com assist

Oi é investigada pelo Ministério da Justiça por possível violação de privacidade

às 16h41 por

A Oi está sendo investigada pela Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por supostamente coletar dados de navegação dos usuários em conjunto com a empresa britânica Barefruit. A operadora é acusada de violar direitos do consumidor, incluindo o direito à privacidade, e pode ser multada em até R$ 9,7 milhões. Oi lança plano controle de 50 GB com Netflix e YouTube ilimitados por R$ 99,90

Google é investigado pelo Ministério da Justiça por privacidade no Gmail

às 11h21 por

O Google está sendo investigado por supostamente violar a privacidade dos usuários do Gmail. A Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, abriu um processo administrativo após receber denúncia do Ministério Público Federal. A multa máxima é de R$ 9,7 milhões em caso de condenação. A empresa nega qualquer irregularidade. Google Password Checkup é uma extensão para Chrome que checa se sua senha vazou

TIM é multada em R$ 9,7 milhões por cobrar serviços que clientes não pediram

às 16h20 por

A TIM foi multada em R$ 9,7 milhões porque cobrou por serviços não-solicitados, especialmente de clientes no pré-pago. De acordo com a Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor), a operadora cometeu várias irregularidades ao vender horóscopo, música, jogos e outros SVAs (serviços de valor adicionado). No ano passado, Vivo, Oi e Claro receberam multa pelo mesmo motivo. NET e Claro pedem para Anatel liberar franquias na internet fix

Senacon quer fortalecer Consumidor.gov.br para reduzir processos judiciais

às 13h37 por

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça e Segurança Pública pretende tornar o Consumidor.gov.br mais popular. O objetivo é incentivar o uso da plataforma para evitar disputas judiciais entre consumidores e empresas. Proposta quer banir WhatsApp e Telegram se não quebrarem sigilo no Brasil Para o secretário Luciano Benetti Timm, a popularização da plataforma p

Governo aplica multa recorde de R$ 9,3 milhões à Oi, Claro e Vivo

às 18h14 por

Claro, Vivo e Oi receberam a maior multa já aplicada na história do DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor), vinculado ao Ministério da Justiça. Cada uma das operadoras foi condenada em R$ 9,3 milhões por violar o Código de Defesa do Consumidor. O motivo: serviços de valor adicionado (SVAs) como notícias por SMS, antivírus e até mesmo seguros. Elas podem recorrer da decisão. As melhores operadoras de celular do Brasil, segundo pesquisa da Anatel

Carregar mais posts