Microsoft confirma que Copilot será lançado no dia 26 de setembro

Novo assistente da Microsoft, que utiliza mesma tecnologia do ChatGPT, chega com próxima atualização do Windows 11; update trará suporte para RAR

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 2 meses
Windows Copilot será lançado para o Windows 11 (Imagem: Divulgação/Microsoft)
Windows Copilot será lançado no dia 26 para o Windows 11 (Imagem: Divulgação/Microsoft)

A Microsoft anunciou nesta quinta-feira (21) que o Copilot, seu assistente desenvolvido com tecnologia de IA generativa, será lançado no dia 26 de setembro, próxima terça-feira. A empresa revelou a informação durante um evento oficial. O Copilot chegará com a próxima atualização do Windows 11 (23H2).

No mesmo dia, a Microsoft finalmente lançará o suporte nativo para arquivos compactados, como os que usam a extensão RAR e 7-Zip. Esse recurso foi anunciado em maio, mas desde então estava restrito apenas às versões beta do Windows 11. Mais demorado que o tempo entre o anúncio e lançamento oficial, só os quase 30 anos para a Microsoft criar o suporte nativo para o arquivo.

Grande novidade do evento é data de lançamento do Copilot

No evento da Microsoft, que não foi transmitido ao vivo, mas teve cobertura por veículos presentes no local, a grande novidade sobre o Copilot foi a sua data de lançamento — 26 de setembro. Anunciado pela primeira vez em maio, o assistente virtual substituirá a Cortana e já teve uma parte dos seus testes vazados.

Outro novo recurso apresentado para o Copilot está o suporte para identificar fórmulas matemáticas escritas com as Surfaces Pen, caneta stylus da Microsoft. A ferramenta parece interessante, mas num evento fechado é fácil mostrar a eficácia — por isso a data de lançamento é o ponto alto do evento: vamos ver tudo que ele pode fazer.

O Microsoft Copilot ficará localizado no canto inferior direito do Windows 11, no mesmo espaço onde estão os recursos de data e hora; conexão e configurações de som. O Copilot integrado ao sistema operacional terá menos recursos que a versão do Microsoft 365. A empresa explicou para o Tecnoblog o funcionamento da IA:

  • Gerar respostas para perguntas específicas e criar imagens a partir de prompts de texto.
  • Pesquisar e obter informações de qualquer imagem que você carregar ou arrastar e soltar na conversa.
  • Retomar o histórico de conversa.
  • Usar entrada de voz para que o Copilot forneça assistência de IA.
  • Iniciar os aplicativos do seu computador.
  • Ajustar configurações do PC e controlar seu PC, como fazer cast na tela, alterar o papel de parede, ajustar o volume, ativar o modo não perturbe, ativar o modo escuro, entre outros.
  • Solucionar problemas em seu PC com o Copilot e a ajuda do Windows.

Microsoft 365 Copilot chegará apenas em novembro

Microsoft 365 Copilot será disponibilizado no dia 1º de novembro (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Microsoft 365 Copilot será disponibilizado no dia 1º de novembro (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Já versão do Copilot para empresas será lançado no dia 1º de novembro. O recurso não estará incluso nas assinaturas e será cobrado a parte. Confirmando o anúncio de julho, o uso do Copilot no Microsoft 365 custará US$ 30 por usuário — R$ 147,30.

Um recurso que aparenta ser exclusivo da versão corporativa do Copilot é o Copilot Lab, na qual colegas poderão compartilhar prompts para ensinar (e aprender) a usar a IA efetivamente. Se o Lab for apenas para o Microsoft 365 empresarial, sem problemas: sempre há o Bing para você buscar dicas de uso.

Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor — ou mais prático. Tem certeza que o futuro é elétrico e dobrável. Iniciou no jornalismo aos 16 anos, cobrindo MMA para o MMA Brasil. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado.

Relacionados

Relacionados