Notícias Aplicativos e Software

Android 13 é lançado com novidades em personalização e conectividade

Google libera Android 13 para Pixels e diz que sistema deve chegar para aparelhos de outras fabricantes até o fim de 2022

Giovanni Santa Rosa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Google lançou oficialmente o Android 13 nesta segunda-feira (15). O sistema foi liberado para os Pixels primeiro. Outras marcas devem liberar atualizações ainda este ano. A gigante das buscas diz que Samsung, ASUS, Nokia, Motorola, OnePlus, Oppo, Sony e Xiaomi estão nessa lista. A décima-terceira versão do sistema do robozinho verde traz novidades visuais, de privacidade e de conectividade entre aparelhos.

Robô mascote do Android 13
Android 13 (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Grande parte das características do Android 13 já era conhecida das versões de testes. O sistema estava liberado para testes de desenvolvedores desde fevereiro de 2022, e o último beta apareceu na metade de julho.

Ao longo destes meses, vimos muitos recursos que agora foram oficializados, como ícones que se adaptam ao tema da interface, um seletor de fotos para apps que não dá acesso a todos as imagens da sua galeria e um novo controle de música.

Como nota o site The Verge, muitas das atualizações parecem ser uma forma de se aproximar do ecossistema Apple em termos de conectividade entre aparelhos.

O Spatial Audio já está presente nos AirPods, por exemplo, e os recursos de mensagens e copiar/colar parecem o que a concorrente faz no iMessage (mas o Google oferece suporte a mais apps) e na Área de Transferência Universal.

O que tem de novo no Android 13?

O Google destacou 13 recursos novos do Android 13:

  • Ícones personalizáveis para aplicativos que não são do Google, como parte do Material You.
  • Escolhas de idioma independentes para cada app.
  • Tocador de música atualizado, que destaca a arte do disco e tem uma barra de progresso.
Android 13 transmite mensagens para Chromebook
Android 13 transmite mensagens para Chromebook (Imagem: Divulgação / Google)
  • Papel de parede com menor luminosidade e tema escuro na Hora de Dormir.
  • Seletor de fotos para apps que não libera o acesso a todos os arquivos da galeria.
Android 13 não libera todas as fotos para apps
Android 13 não libera todas as fotos para apps (Imagem: Divulgação / Google)
  • Limpeza automática da área de transferência após um tempo, caso o usuário copie informações sensíveis como e-mail, endereço, celular ou login.
  • Apps terão que pedir permissão para enviar notificações.
  • Spatial Audio com rastreamento de cabeça: os fones se adaptam para dar a sensação de que o som vem de uma fonte fixa no espaço.
  • Transmitir mensagens do Android para um Chromebook. Funciona com o Google Mensagens e também com Signal e WhatsApp, entre outros.
Android 13 transmite mensagens para Chromebook (
Android 13 transmite mensagens para Chromebook (Imagem: Divulgação / Google)
  • Suporte a áudio Bluetooth Low Energy (LE).
  • Barra de tarefas para tablets atualizada, que permite arrastar e soltar qualquer app usando o modo tela dividida.
  • Tablets Android reconhecem diferenças nos toques de uma caneta stylus e de cada dedo da mão, ajudando quem desenha.
  • Copiar conteúdo no celular e colar no tablet. Este recurso estará disponível até o fim do ano.
Vai ficar mais fácil copiar conteúdo em um aparelho e colar em outro
Vai ficar mais fácil copiar conteúdo em um aparelho e colar em outro (Imagem: Divulgação / Google)

Com informações: Google, The Verge.

Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque