Qual a última versão do WhatsApp para Windows Phone [Suporte]

Ainda tem Windows Phone? Já sem suporte, confira qual foi a última versão do WhatsApp para aparelhos que usam Windows Phone

Lucas Lima
Por
• Atualizado há 1 ano

O WhatsApp deixou de ter suporte no Windows Phone em 31 de dezembro de 2019. A última versão do WhatsApp disponível para o sistema da Microsoft já não pode mais nem ser baixada da loja. Os usuários que ainda usam o aplicativo após dessa data não recebem os novos recursos do mensageiro. Veja mais detalhes abaixo.

Qual a última versão do WhatsApp para Windows Phone

A última versão foi a 2.18.368.0, de acordo com o site Appx4fun.com.

O aplicativo deixou de ser disponibilizado na Microsoft Store do Windows Phone desde 1º de julho de 2019. O suporte ao WhatsApp para esse sistema, no entanto, durou até o fim do mesmo ano, 31 de dezembro.

Isso inclui todos as versões do sistema móvel da Microsoft, o Windows Phone 8.1 e Windows 10 Mobile. A recomendação do WhatsApp é que os usuários migrem para outro dispositivo para continuar recebendo atualizações, pode ser um Android ou iPhone (iOS).

compatibilidade do whatsapp com windows phone, fim do suporte

Se for mudar para algum Android ou iOS, atente-se para não trocar por uma aparelho antigo demais. Isso porque, no início de fevereiro de 2020, a versão 2.3.7 do Android e o iOS 7 também perderam o suporte do aplicativo.

O esperado é que sistemas próximos destes — o Android 4.4 ou iOS 8 — também percam o suporte em um futuro próximo. Então, se é caso de ter um Windows Phone que quer substituir, procure por algum modelo que tenha uma janela maior de versões entre estas que perderam o suporte.

Por que o suporte é importante?

O suporte garante atualizações. Mas, atualizações não servem só para adicionar recursos como novas figurinhas, novos filtros na câmera, novas opções para controle de grupos, etcetera. Atualizações são importantes para manter o aplicativo funcionando adequadamente (sem bugs, interrupções ou travamentos) e, principalmente, para corrigir brechas de segurança que o app possa ter, impedindo ataques ou invasões de usuários maliciosos.

Com informações: WhatsApp.

Colaborou: Felipe Ventura.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre Windows Phone na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Lucas Lima

Lucas Lima

Editor-assistente

Lucas Lima trabalha no Tecnoblog desde 2019 cobrindo software, hardware e serviços. Graduou-se em Jornalismo em 2018 e se formou técnico em Informática em 2014, mas respira tecnologia desde 2006, quando ganhou o primeiro computador e varava noites abrindo janelas do Windows XP. Teve experiências com comunicação no poder público e no setor de educação musical antes de atuar na estratégia de conteúdo e SEO do TB.

Relacionados