Início » Aplicativos e Software » MSN Messenger finalmente vai morrer de vez

MSN Messenger finalmente vai morrer de vez

Paulo Higa Por
5 anos atrás

msn-7-5

O Windows Live Messenger, ou MSN Messenger para os mais antigos, será definitivamente descontinuado. Na verdade, para pessoas como você e eu, o mensageiro instantâneo da Microsoft bateu as botas no ano passado, mas ele continuou operando normalmente na China (e somente lá). Isso mudará no dia 31 de outubro, quando as últimas mensagens serão enviadas.

Por que o MSN Messenger ainda funcionava na China? Porque lá o serviço era operado em conjunto com a TOM, empresa chinesa de internet, e as negociações foram complicadas — em outros países, o encerramento só dependia da Microsoft. A parceria com a TOM foi feita com o objetivo de fortalecer o serviço na China, o que não deu muito certo devido à forte influência da gigante China Mobile.

A Microsoft enviou emails para todos os usuários chineses que usavam o MSN Messenger avisando do encerramento das atividades do aplicativo e informando que todos os contatos passarão a estar disponíveis no Skype. Eles ganharam um cupom de 2 dólares no Skype para fazer ligações telefônicas internacionais.

A morte atrasada do MSN Messenger na China é só mais uma das peculiaridades do país. Como sabemos, o motor de busca mais usado por lá não é o Google, mas sim o Baidu. A rede social mais conhecida não é o Facebook, mas sim o Qzone, com 623 milhões de usuários cadastrados. E, apesar de todos os esforços dos concorrentes, o QQ é o mensageiro instantâneo mais popular: em abril, o recorde foi de mais de 200 milhões de usuários conectados simultaneamente.

Com informações: ZDNet.