Início » Celular » Anatel homologa primeiro smartphone da Xiaomi no Brasil

Anatel homologa primeiro smartphone da Xiaomi no Brasil

Por
5 anos atrás

xiaomi-redmi-note-4g

A Xiaomi está cada vez mais próxima de entrar definitivamente no Brasil: depois de abrir um escritório em São Paulo, a chinesa teve seu primeiro smartphone homologado pela Anatel. Isso significa que a Xiaomi está autorizada a vender no país o Redmi Note 4G, um smartphone com tela de 5,5 polegadas para competir no mercado de gigantes acessíveis, hoje ocupado por Lumia 1320, Zenfone 6 e Xperia T2 Ultra.

O certificado de conformidade técnica mostra que o Redmi Note 4G é compatível com o 4G usado pelas operadoras brasileiras e deverá ser fornecido com um potente carregador de 2,0 A para encher a bateria de 3.200 mAh. O documento mostra apenas uma unidade fabril localizada na China, portanto, pelo menos no início, ele não deverá ganhar o benefício fiscal do governo para aparelhos com produção nacional.

manual-redmi-note

xiaomi-redmi-note-tb

O Redmi Note 4G tem processador quad-core Snapdragon 400 de 1,6 GHz, 2 GB de RAM, 8 GB de armazenamento interno (com entrada para microSD de até 64 GB), câmera traseira de 13 MP e frontal de 5 MP. A tela de 5,5 polegadas possui painel IPS LCD e resolução de 1280×720 pixels. Ele vem com um Android bastante modificado, com a interface MIUI, bastante inspirada no iOS.

Ainda não sabemos quando a empresa começará a vender no Brasil, mas o vice-presidente da Xiaomi, o brasileiro Hugo Barra, disse em uma entrevista ao CNET que a previsão é entrar no país na primeira metade de 2015. A Xiaomi já iniciou sua expansão global, sempre com preços agressivos — o Redmi Note 4G foi recentemente lançado na Índia por 9.999 rúpias indianas, o equivalente a apenas R$ 424.

Com informações: Gizmodo BrasilPinguins Móveis.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.