Início » Antivírus e Segurança » Yahoo admite vazamento de dados de mais de 500 milhões de usuários

Yahoo admite vazamento de dados de mais de 500 milhões de usuários

Um dos maiores vazamentos de dados da história para uma única empresa

Por
3 anos atrás

O Yahoo anunciou nesta quinta-feira (22) um dos maiores vazamentos de dados da história: informações de pelo menos 500 milhões de usuários foram roubadas, incluindo nomes, perguntas de segurança, datas de nascimento e hashes de senhas. A empresa acredita que o ataque, ocorrido no final de 2014, foi patrocinado por alguma organização estatal.

As informações vazadas podem incluir “nomes, endereços de e-mail, números de telefone, datas de nascimento, hashes de senhas (a grande maioria com bcrypt) e, em alguns casos, perguntas e respostas de segurança criptografadas ou não”. Dados mais sensíveis, como informações bancárias ou números de cartões de crédito, não eram armazenados no sistema afetado pelo vazamento.

yahoo-logo

Como medida de segurança, o Yahoo vai pedir que os usuários afetados pelo vazamento troquem suas senhas, especialmente aqueles que utilizam a mesma combinação desde 2014, quando o ataque ocorreu. Além disso, as perguntas e respostas de segurança não criptografadas serão invalidadas, para evitar que sejam utilizadas para redefinir a senha de uma conta.

Segundo o Yahoo, não há evidências de que os responsáveis pelo ataque, possivelmente patrocinados pelo governo de algum país, continuem infiltrados na rede da empresa. Sabe-se que um criminoso identificado como Peace estava vendendo credenciais de 200 milhões de usuários na dark web por aproximadamente US$ 1.800; esses dados teriam sido obtidos do Yahoo em um ataque de 2012.

Os detalhes do ataque estão se tornando públicos menos de dois meses após a operadora norte-americana Verizon anunciar a compra do Yahoo por US$ 4,8 bilhões, o que pode interferir no processo de aquisição. O comunicado também foi publicado na página de relações com investidores do Yahoo.

Mais uma senha para você trocar.

Mais sobre: