Lucas Braga

Sobre

Lucas Braga é mineiro de Belo Horizonte, possui 21 anos e cursa Sistemas de Informação. Sempre foi fascinado por tecnologia: sua diversão aos 4 anos de idade era digitar palavras aleatórias no Word ou brincar no Paint no 486 da família. A relação com a tecnologia mudou ao longo do tempo: o que era apenas diversão, passou a ser uma necessidade, só que bem divertida. No Tecnoblog, é autor de telecomunicações, embora escreva também sobre outros assuntos. [Envie um email]

Artigos de Lucas Braga

TIM também acaba com internet “ilimitada” nos planos pós-pagos

19/02 às 12h30 por

Há algum tempo, a TIM já havia anunciado que seus clientes de planos pré-pagos e controle teriam sua internet móvel cortada assim que a franquia de internet fosse completamente utilizada. De acordo com o comunicado oficial da operadora, a partir de 20 de março, os assinantes dos planos pós-pagos sofrerão com a mesma muda

BB, Bradesco e Itaú negociam chegada do Apple Pay ao Brasil (e isso pode ser bom para todos)

13/02 às 15h21 por

Um dos principais recursos do iPhone 6 é o Apple Pay. A solução de pagamentos por smartphone é extremamente simples e funcional, mas depende de uma parceria entre a Apple e os bancos. Uma boa notícia para os brasileiros é que três grandes instituições já estão em negociações, segundo a Época Negócios. Segundo a revista, Banco do Brasil, Bradesco e Itaú estão em conversas com a Apple para trazer o Apple Pay para o

Netflix pode ser obrigada pela Ancine a ter cota de filmes brasileiros

29/01 às 14h15 por

Depois de complicar um pouco a vida das operadoras de TV por assinatura, a Ancine (Agência Nacional do Cinema) quer empurrar uma cota de filmes brasileiros para serviços de vídeo sob demanda. A medida afetaria o Netflix e serviços exclusivos para assinantes de TV por assinatura, como HBO Go e Telecine Play. Assim como na cota obrigatória das TVs por assinatura, pelo menos 30% dos filmes nos catálogos dos serviços online devem ser brasileiros se a ideia for levada adiante. Em tese, isso beneficiaria a produção nacional audiovisual, mas considerando o que ocorreu com as empresas de

CEO da BlackBerry quer que desenvolvedores lancem seus aplicativos em todas as plataformas

22/01 às 20h23 por

Não é novidade: os smartphones da BlackBerry perdem feio quando o assunto é disponibilidade de aplicativos. Como a participação da plataforma é pequena perto do Android e do iOS, é comum desenvolvedores priorizarem estes sistemas. Em uma aparente tentativa de reverter o jogo, o CEO da BlackBerry John Chen enviou uma carta à FCC (equivalente da Anatel nos Estados Unidos) alegando que não disponibilizar um app em todas as plataformas fere a neutralidade da rede - ou o entendimento que se tem dela. Para quem não conhece, este princípio assegura que conteúdos sejam tratado

Rumor: Google deve lançar operadora de celular própria nos Estados Unidos

22/01 às 19h00 por

O Google deve lançar em breve sua própria operadora de telefonia móvel nos Estados Unidos. O periódico americano The Information reportou que o projeto, chamado internamente de Nova, já está em andamento e conta inclusive com vários funcionários participando dos testes. Mas a companhia não atuará como uma prestadora convencional. O plano é criar uma operadora móvel virtual (MVNO). Isso significa que o Google não irá montar a sua própria rede, mas sim alugar a c

Spotify adiciona Touch Preview, uma maneira mais rápida de encontrar músicas

22/01 às 16h49 por

Acontece muito comigo: escuto uma playlist de terceiros e, no meio dela, tem uma música que gostei. Um tempo depois, quando quero saber qual música era para ouvir novamente, preciso escutar faixa por faixa até encontrá-la. O Touch Preview, novo recurso do app do Spotify, promete amenizar este problema oferecendo uma rápida prévia da música sem que você tenha que ouvi-la por inteiro.

Dropbox finalmente ganha app oficial para Windows Phone

22/01 às 12h30 por

O Windows Phone sempre teve sérios problemas com disponibilidade de aplicativos, mesmo em relação a serviços populares. Felizmente, esta "negligência" diminui com o passar do tempo - ainda que tardiamente, muitas destas empresas acabam decidindo suportar a plataforma. É o caso aqui: após longos meses de espera, finalmente os usuários do Windows Phone poderão utilizar o Dropbox oficialmente em seus smartphones. O aplicativo foi lançado na noite de ontem (21) e traz as funcionalidades presentes nas versões para as plataformas concorrentes. É possível, por exemplo, ativa

TIM começa a implementar rede 4G em 1.800 MHz

20/01 às 12h07 por

Enquanto as operadoras enfrentam diversos problemas de cobertura com a frequência de 2.600 MHz para LTE, a TIM começou a implementar a tecnologia em uma faixa diferente. A operadora ativou, no último sábado (17), uma rede 4G em 1.800 MHz na cidade de Búzios, Rio de Janeiro. A informação veio de um tweet do diretor executivo da empresa, Rodrigo Abreu. Junto à mensagem, há uma captura de tela de um teste de velocidade que indica 11,49 Mb/s (megabits por segundo) de download e 3,6 Mb/s de upload, além de uma latência bem baixa para redes móveis, de apenas 48 milissegundos.

Positivo Mini Quad: um tablet barato com ótimo desempenho

12/01 às 16h08 por

Em meados de agosto, a Positivo lançou o tablet Positivo Mini Quad. Prometendo bom desempenho, o tablet apresenta processador quad-core Intel Atom de 1,8 GHz, 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento interno com preço sugerido de R$ 599. Quatro meses depois do lançamento, é possível encontrar esse produto por preços ainda mais baixos: em uma rápida pesquisa, cheguei ao valor de R$

Anatel aprova compra da GVT pela Vivo (e o que isso muda)

23/12/2014 às 16h25 por

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta segunda-feira (22) a compra da GVT pela Vivo. O negócio estava fechado desde o início de setembro, mas ainda precisava passar pela aprovação de entidades regulatórias. A Anatel era uma delas, e a caminhada da Vivo para assumir o controle da GVT está mais perto do fim. O conselheiro relator Igor Vilas Boas de Freitas concedeu anuência prévia para o controle integral da GVT pela Telefônica Brasil mediante algumas condições. O principal é que a Vivo deverá manter pelo período mínimo de 18 meses

Carregar mais posts

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha