Banda larga e telecomunicações

Sobre

Posts sobre as principais operadoras de banda larga (incluindo Speedy da Telefônica, Oi Velox e GVT) e sobre telefonia fixa e móvel (Claro, Oi, TIM e Vivo). Também apresenta informações sobre televisão por assinatura.

Produtos

Ver todos

Governo planeja tributar setor de internet

29/07 às 14h06 por

Em meio a uma queda brusca de arrecadação, o governo está procurando maneiras de equilibrar as contas públicas. A internet não deverá escapar ilesa: o ministro da Fazenda Joaquim Levy afirmou estar em discussão um plano para tributar o setor. Esses impostos não se referem à mensalidade da sua conexão, e sim aos serviços online, como portais de conteúdo, hospedagem de sites e até mesmo serviços de entretenimento.

GVT lança novos planos de banda larga de até 300 Mb/s

22/07 às 15h15 por

Depois de algum tempo sem novidades nas ofertas de banda larga, a GVT atualizou seu site durante o final de semana com novos planos de até 300 Mb/s. As velocidades mais altas, a partir de 100 Mb/s, serão entregues por fibra ótica e terão taxas de upload acima da média. Estes são os preços da banda larga quando assinada junto com uma linha telefônica:

As operadoras de banda larga mais rápidas do Brasil, segundo a Netflix

13/07 às 15h30 por

A GVT voltou a ocupar a primeira posição no ranking das operadoras de banda larga mais rápidas do Brasil, de acordo com a Netflix. A empresa, agora controlada pela Telefônica, ultrapassou a Live TIM por pouco: em junho, os clientes da GVT assistiram aos filmes da Netflix a uma velocidade média de 3,32 Mb/s, contra 3,31 Mb/s da concorrente italian

Claro suspende propaganda de Facebook, Twitter e WhatsApp “grátis” por causa da TIM

26/06 às 12h13 por

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) mandou a Claro suspender a propaganda da promoção que oferece Facebook, Twitter e WhatsApp sem desconto da franquia de dados. A medida ocorreu depois de uma reclamação da TIM, que argumentou que a promoção da concorrente não é “grátis” como informado nas peças publicitárias. Segundo a TIM, a Claro não pode divulga

Com média de 3,4 Mb/s, Brasil ocupa 89º lugar em ranking de velocidade de acesso

24/06 às 19h40 por

A Akamai liberou nesta quarta-feira (24) mais uma edição do State of the Internet, estudo periódico que avalia a capacidade de acesso à internet de mais de 200 países. Em relação ao Brasil, a pesquisa aponta discretas, mas consideráveis melhorias na qualidade das conexões. O novo relatório é baseado em dados coletados no primeiro trimestre de 2015. Durante o período, o Brasil regi

Empresa do Google quer oferecer Wi-Fi grátis em grandes cidades, começando por Nova York

24/06 às 14h50 por

A Sidewalk Labs é uma companhia criada pelo Google para desenvolver projetos tecnológicos que possam melhorar a qualidade de vida nas cidades. A empresa foi anunciada há duas semanas, mas só agora a primeira iniciativa foi revelada: espalhar hubs Wi-Fi gratuitos em grandes centros urbanos, começando por Nova York. Para conduzir a empreitada, a Sidewalk Labs criou outra empresa, a Intersection, cujo foco não está meramente na instalação de roteadores sem fio em pontos específicos, mas no aproveitamento da infraestrutura pública já existente

Câmara aprova projeto que proíbe cobrança de roaming em área atendida pela operadora

23/06 às 10h29 por

Já deve ter acontecido com você: durante uma viagem para outro estado, você atendeu uma chamada e, no final do mês, ficou surpreso quando olhou a fatura e notou uma cobrança por adicional de deslocamento. Isso pode acabar em breve: a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara aprovou uma proposta que proíbe a cobrança de roaming nacional em regiões atendidas pela mesma operadora.

Procon-SP multa operadoras em R$ 22,6 milhões por cortarem internet “ilimitada”

22/06 às 13h44 por

O Procon-SP informou nesta segunda-feira (22) que multou as quatro grandes operadoras do país em R$ 22,6 milhões por cortarem a conexão de consumidores que possuíam pacotes de internet “ilimitados”. Claro, Oi, TIM e Vivo descumpriram a determinação de manter o fornecimento de dados mesmo depois que o limite da franquia for atingido. A Oi foi a empresa mais penalizada pelo Procon-SP, com multa de R$ 8 milhões. Também foram multadas as operadoras TIM (R$ 6,6 milhões), Claro (R$ 4,5 milhões) e Vivo (R$ 3,5 milhões). De acordo com o órgão, as multas foram estipuladas com base

Carregar mais posts

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha